A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Uma história de sucesso e o novo desafio Estação de esgoto da Vila Baiana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Uma história de sucesso e o novo desafio Estação de esgoto da Vila Baiana."— Transcrição da apresentação:

1 Uma história de sucesso e o novo desafio Estação de esgoto da Vila Baiana

2 Por que a SABS fez a atual estação? Dados oficiais da CETESB mostram que desde 1994, a praia do Sahy vinha apresentando problemas de poluição. Embora nesta época nem imaginássemos que isto pudesse estar ocorrendo, pode observar-se no gráfico da CETESB que as condições de balneabilidade de nossa praia eram apenas regulares, o que denota grau moderado de poluição, embora não atingindo níveis para impedir seu uso. Contudo, a situação foi piorando e em 1998, tivemos uma bandeira vermelha da CETESB em nossa praia! Depois do pânico inicial, a SABS desenvolveu intensa luta para recuperar nosso pequeno paraíso.

3 Por que a SABS fez a atual estação? Na ocasião, levantamento detalhado das fontes poluidoras do rio Sahy mostrou que o principal componente provinha da Vila Baiana, pois cerca de 1000 moradores despejavam, permanentemente, esgoto in natura num córrego que deságua no rio Sahy. Depois de uma campanha bem sucedida, com amplo apoio da comunidade, foi feito um sistema completo de coleta e tratamento do esgoto para a Vila. Esta campanha arrecadou R$ ,00, quantia suficiente para fazer a rede coletora e a estação de tratamento. O resultado foi maravilhoso! Analisando novamente o gráfico da CETESB, vemos que a partir da instalação da Estação, em meados de 2000, a praia do Sahy passou, depois de muitos anos com qualidade regular, para ótima ou boa.

4 Qual é a situação atual da estação de tratamento da SABESP? A avaliação atual é de que a solução definitiva para a poluição da praia do Sahy deverá demorar cerca de 2 a 3 anos! A obra da rede coletora de Barra do Sahy, que está sendo feita através de PCM (Plano Comunitário de Melhorias) envolvendo Prefeitura e proprietários do Sahy, está paralisada temporariamente, mas deverá estar terminada em Contudo, a Estação de Tratamento de Esgoto Sahy-Baleia, cuja construção é responsabilidade da SABESP, embora definida como prioridade, deverá passar por nova licitação e está prometida somente para o final de 2009 ou início de 2010.

5 Qual é a situação atual da estação de tratamento da SABESP? Há porém um detalhe importantíssimo: A Vila Baiana/Mosquito e Baleia Verde não estão incluídas neste projeto, por se tratarem de áreas de invasão. Portanto, teríamos que esperar primeiro a legalização completa destas áreas, depois convencer o poder público de responsabilizar-se por implementar a coleta e tratamento de esgotos destas áreas. A SABESP, por ser uma empresa, com acionistas privados, não pode investir recursos em obras que não possibilitem retorno financeiro. O que conseguimos da SABESP, depois de muita luta e com apoio da Prefeitura, foi o compromisso de que eles vão aceitar o esgoto coletado pela SABS/Prefeitura nestas áreas.

6 Quanto tempo podemos esperar? A poluição do Rio Sahy está crescendo assustadoramente! De acordo com informe da SABESP, em resultado da coleta realizada em 26/04/2006, o Rio Sahy apresenta: Antes da ponte: 12 milhões de coliformes, Sob a ponte: 17 milhões, Na foz do rio: 13 milhões. Os coliformes termo-tolerantes são 168 mil, 332 mil e 160 mil, respectivamente, nos mesmos locais. Dá para perceber que a situação está crítica.

7 Nossa praia já baixou de classificação de balneabilidade de ótima, em 2001/2002 (quando a nossa Estação de Tratamento da vila Baiana começou a operar), para boa em 2003 e 2004, e regular em 2005 (mesma condição antes da nossa ETE começar a funcionar). A perda da balneabilidade do Sahy já aconteceu. Tivemos a nossa praia interditada no início de Junho/07, como pode ser comprovado no gráfico de evolução anual da qualidade das praias do litoral norte da CETESB. Quanto tempo podemos esperar?

8 Balneabilidade Sahy Baleia Preta ótimaboaregularmá Fonte: Instalação da Estação de Tratamento Vila Baiana 0607

9 No ano passado tivemos várias ocorrências de qualidade da água com mais de 100 enterococos (UFC/100 ml ), como mostra o gráfico abaixo: Sahy 2006 (Enterococos - UFC/100ml) Jan 08-Jan 15/Jan 22/Jan 29-Jan 01-Feb 12-Feb19-Feb26-Feb 05-Mar 12-Mar19-Mar26-Mar 02-Apr09-Apr16-Apr23-Apr30-Apr 07-May 14-May21-May28-May

10 No corrente ano o pior aconteceu: em 7 de junho de 2007, nossa praia foi considerada imprópria e interditada pela CETESB É também importante salientar que para uma praia ser considerada excelente, não pode haver nenhuma contagem acima de 25 UFC/100 ml, o que infelizmente não é o nosso caso. O critério da CETESB para classificar uma praia como imprópria é a ocorrência de duas amostras com mais de 100 UFC/100ml dentro de um conjunto de 5 amostragens

11 Como poderemos controlar a poluição de nossa praia? No dia 1º de junho de 2006 tivemos uma reunião com o Prefeito de São Sebastião, e seus secretários de Meio Ambiente, Finanças e Obras para discutir a situação terrível em que estamos: 1. A Estação de Tratamento que construímos na Vila Baiana está superada em termos de capacidade : Foi planejada para atender cerca de 800 pessoas e hoje já são 1780 moradores (Vila Baiana + Vila Mosquito).

12 2. Não estamos conseguindo manter seu funcionamento: as bombas trabalham o tempo todo, queimando seguidamente, há suspeita de infiltração nas caixas de recepção do esgoto, além de despejo indevido de água pluvial na rede. Quando chove, a estação entra em colapso. São frequentes os entupimentos do sistema. 3. Os voluntários que estão trabalhando na manutenção da rede e da ETE há 6 anos, sem descanso, não estão mais agüentando. Como poderemos controlar a poluição de nossa praia?

13 O Prefeito fez a seguinte proposta: 1. A Prefeitura executaria todo o projeto de coleta de esgoto feito em 2004 pela SABESP para a Vila Baiana, que inclui a rua Zero, ainda sem esgoto ligado a nossa rede, e a Vila Mosquito, que também não está ligada ao nosso sistema. Este projeto, orçado em R$ ,00, já foi iniciado e sua conclusão está prevista para outubro de Como contrapartida, a SABS compraria uma nova estação, completa, com sistema de cloração, e todos os complementos, com capacidade para tratar o esgoto de pessoas. Este sistema está orçado em R$ ,00 (em negociação). Como poderemos controlar a poluição de nossa praia?

14 3. A SABS doaria a Estação para a Prefeitura que passaria a responsabilizar-se pelo seu funcionamento, incluindo o monitoramento dos efluentes. Em 2003, quando fizemos uma consulta com a FLIPPER, que fabricou nossa ETE, o orçamento foi de mais de R$ 2.000,00 por mês. 4. A SABS doaria a antiga ETE. Pretendemos que a mesma seja re-alocada na Baleia Verde, que hoje joga esgoto in natura no rio Sahy, responsabilizando-se pela citada poluição antes da ponte, comentada acima. Como poderemos controlar a poluição de nossa praia?

15 5. As redes coletoras das Vilas Baiana, Mosquito e Baleia Verde serão futuramente ligadas à Estação de tratamento da SABESP. Quando isso ocorrer a Prefeitura levará as antigas ETEs para outras praias ainda sem tratamento de esgoto. Como poderemos controlar a poluição de nossa praia?

16 A Diretoria da SABS, em reunião extraordinária, considerou bastante vantajosa a proposta da Prefeitura, tendo em vista que existem 41 núcleos congelados no município e a Prefeitura dificilmente poderá executar rede coletora de esgotos em todos eles a curto ou médio prazo. A projeção da Prefeitura é que serão necessários muitos anos para resolver todos estes problemas, e a situação do Sahy é emergencial. Com o Termo de Parceria, além de resolvermos o problema imediato de poluição de nossa praia e de nosso rio, teríamos a infra-estrutura de esgoto definitiva já pronta quando a ETE da SABESP entrar em funcionamento.

17 A proposta foi submetida aos associados numa reunião, na Barra do Sahy, quando todos os presentes optaram pela aprovação do Termo de Parceria Prefeitura de São Sebastião – SABS. O termo foi assinado em 15 de junho de Foi também aprovado o lançamento de uma Nova Campanha de arrecadação de fundos para a concretização dessa proposta.

18 Como contribuir? Foi decidido constituir uma Comissão Financeira para a arrecadação de fundos, coordenada pelo Tomás Guidotti e com participação do Pedro Mascarenhas Focas. Foi aberta uma conta bancária exclusiva para receber as contribuições, não sendo permitida a utilização destes recursos para outra finalidade que não seja a compra da ETE. Para efetuar as doações favor contatar Tomás Guidotti: cel: (12) hotel Aldeia do Sahy: (12) NOTA IMPORTANTE : Com a aprovação da Lei das ZEIS, a Vila Baiana e a Vila Mosquito foram totalmente delimitada, estando proibidas novas construções. A Prefeitura mantém vigilância diária nas Vilas, e já demoliu algumas construções que tentaram burlar o congelamento. Novas casas só com projeto aprovado pela Prefeitura. Portanto, estamos próximos de uma solução definitiva para o Sahy

19 Como contribuir? Foi constituída uma Comissão Financeira para a arrecadação de fundos, coordenada pelo Tomás Guidotti e com participação do Pedro Mascarenhas Focas, tendo sido aberta uma conta bancária exclusiva para receber as contribuições. Contato com Tomás Guidotti: cel: (12) hotel Aldeia do Sahy: (12)

20 Como contribuir? Obs.: A Associação Amigos do Sahy (SABS) é hoje uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), com registro regular no Ministério da Justiça. Existe um projeto estruturado denominado Adequação da rede de coleta e tratamento do esgoto da Vila do Sahy, que pode receber apoio de empresas e pessoas jurídicas que apresentem lucro real interessadas em ajudar poderão ter abatimento do imposto de renda e vincular seu nome ao projeto. Para maiores detalhes acerca desta modalidade de contribuição contatar Atílio Viviani Neto, advogado e vice-presidente da SABS: fone: (11)

21 Termo de parceria Vamos resguardar nossa saúde e patrimônio. PARTICIPE! Orçamento FLIPPER Planta da estação


Carregar ppt "Uma história de sucesso e o novo desafio Estação de esgoto da Vila Baiana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google