A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clique para passagem de slides Ligue o som Clique para passagem de slides Ligue o som BRECHAS DO ESPÍRITO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clique para passagem de slides Ligue o som Clique para passagem de slides Ligue o som BRECHAS DO ESPÍRITO."— Transcrição da apresentação:

1

2 Clique para passagem de slides Ligue o som Clique para passagem de slides Ligue o som BRECHAS DO ESPÍRITO

3 Conta-se, a título de ilustração, que um beduíno, numa de suas viagens, armou sua tenda à beira da estrada e sentou-se em uma confortável almofada, para descansar e refugiar-se do sol escaldante, deixando seu camelo do lado de fora.

4 À certa altura, o camelo colocou a cabeça numa brecha da tenda, procurando um pouco de sombra. O beduíno viu e nada fez. Afinal, aquilo não o incomodava. E o camelo, pouco a pouco, foi colocando seu corpo para dentro da tenda, para escapar do sol.

5 O beduíno continuava sem nada fazer, até que, num determinado momento, o camelo encontrava-se deitado na confortável almofada, enquanto o beduíno estava do lado de fora da tenda, exposto ao sol.

6 Conosco acontece a mesma coisa. As pessoas, quer no âmbito da família, do trabalho, da comunidade ou da igreja, vão absorvendo, lentamente, práticas, costumes e conceitos trazidos do mundo, que vão se insinuando sorrateiramente em nossas vidas.

7 A televisão tem, de certo modo, colaborado de modo negativo para a subversão de valores morais, através de novelas e de programas pouco recomendáveis. E, via de regra, quase todos, principalmente os jovens, vão entrando na onda dos modismos, levando-os para os lares, para seu cotidiano e mesmo para as igrejas.

8 Essas inovações vão desde as roupas até a banalização e relativização de valores espirituais e morais, passando pelo linguajar, costumes, irreverência, sensualidade, supervalorização do corpo, etc.

9 Paulo foi um apóstolo extremamente preocupado com o comportamento dos cristãos. Em sua carta aos romanos ele recomenda: Não vos conformeis com este século, ou seja, não se amoldem aos costumes do mundo.

10 O cristão tem uma identidade. Jesus, falando aos seus discípulos, disse: Vocês estão no mundo, mas não são do mundo e, Vocês são luz do mundo e sal da terra. O cristão, através de seu testemunho de vida, deve transformar a sociedade, que dia a dia se afasta mais de Deus e é envolvida pelo materialismo.

11 Todos nós temos nossas brechas espirituais; não somos perfeitos. Sabedores dessa deficiência, devemos vigiar essas brechas, evitando que o virus do mundanismo e das inovações pós- modernistas comecem a invadir nossas vidas passando pelas brechas, e façam um estrago maior do que já têm feito. Não podemos ser como o beduíno da ilustração, que terminou sendo expulso de sua tenda por seu camelo.

12 Não devemos viver como os eremitas, que se escondem nas cavernas, longe do mundo, buscando manter-se imunes às tentações. Mas, enquanto estivermos neste mundo, devemos zelar por nossa identidade cristã, cuidando para que nossas brechas espirituais não sejam invadidas.

13 Nosso papel no mundo é o de transformar vidas, e não o de sermos transformados pelo mundo. Se não for assim, para que serve o sal, se não salgar?

14 Infelizmente, há pessoas que, para não parecerem antiquadas, terminam por fazer concessões, como o beduíno, e, deste modo, contribuem para o envenenamento mental da sociedade. Claro que há novidades sadias. Mas é preciso ter discernimento para separar o joio do trigo. Há muitas novidades danosas travestidas sob a forma de cordeirinho.

15 Nestes tempos de luta em defesa do meio- ambiente, devemos nos esforçar, também, pela defesa de nossa ecologia espiritual, que está bastante poluída. Vivemos a época de malhação e do culto ao corpo, mas devemos procurar, também, malhar o espírito e cultuar a Deus. Há muitos corpos esbeltos circulando por aí, mas com almas anêmicas, que necessitam ser fortalecidas.

16 Da mesma forma que cuidamos da segurança de nossos lares, usando circuito interno de TV, porteiro eletrônico, cercas eletrificadas, alarmes, etc., vigiemos, também, nossas brechas espirituais, evitando a invasão da privacidade de nossas almas.

17 O preço de nossa liberdade é a vigilância constante. Vigiai e orai, disse Jesus. E, se Deus não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.

18 Créditos: texto e formatação: Nerivaldo imagem: recebida via net música: Dreaming (E.Cortazar) data: não retire nem modifique os créditos -


Carregar ppt "Clique para passagem de slides Ligue o som Clique para passagem de slides Ligue o som BRECHAS DO ESPÍRITO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google