A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Auditorias em SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. CONCEITO BÁSICO DE RISCO RISCO = PROBABILIDADE, GRAVIDADE DANO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Auditorias em SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. CONCEITO BÁSICO DE RISCO RISCO = PROBABILIDADE, GRAVIDADE DANO."— Transcrição da apresentação:

1 Auditorias em SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

2

3

4 CONCEITO BÁSICO DE RISCO RISCO = PROBABILIDADE, GRAVIDADE DANO

5 HAZARD - RISK CONTROL - MANAGEMENT PERIGO OU FATOR DE RISCO RISCO (lesão possível)

6 HAZARD - RISK CONTROLE – GESTÃO ELIMINAÇÃO DO PERIGO E DO RISCO SUBSTITUIÇÃO DO PERIGO E DO RISCO

7 HAZARD - RISK CONTROL - MANAGEMENT SOLUÇÕES DE ENGENHARIA SINALIZAÇÃO E SOLUÇÕES ADMINISTRATIVAS PROTEÇÃO INDIVIDUAL

8 O Processo de Gerência de Risco. IDENTIFICAÇÃO AVALIAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ELIMINAR PREVENIRABSORVERTRANSFERIR TÉCNICAS DE PREVENÇÃO VOLUNTÁRIA OU INVOLUNTÁRIA SEGURO OU OUTRAS MODALIDADES ANTECIPAÇÃO TÉCNICAS DE PREVENÇÃO

9 Avaliação dos riscos presentes Avaliação estática não funciona –(organização, tempo e espaço) Mutações constantes necessidade de revisões periódicas: –novas tecnologias –Desgaste - falta de manutenção –gambiarras –Terceirização –redução de efetivos

10 Avaliação dos riscos presentes Trabalho prescrito –Regras das gerências, procedimentos, manuais Trabalho em situações reais –Necessária a participação dos trabalhadores –análises irreais –especialistas e gerências apresentam aos fiscais ou auditores situações diferentes dos riscos reais

11

12

13 Ciclo de Deming (CICLO PDCA) Planejar (PLAN) Fazer (DO) Verificar (CHECK) Atuar Corretivamente (ACT)

14

15 A C D P P D C A

16 TEMPO Melhoria contínua NOVO PADRÃO

17 O PLANO E AS AÇÕES: –WHAT - O QUE ? –WHY - POR QUE ? –WHEN - QUANDO ? –WHO - QUEM ? –WHERE - ONDE ? –HOW - COMO ? HOW MUCH ? $$$ SHOW ME !!!

18

19 Estágios da Gestão de SST I II IIIIV Enfoque: Evitar Conformidade Gerenciar Criar Problemas com a Lei com eficiência vantagens Ação: Crises Programas Sistemas Sistemas legais de gestão integrados Todos / Profissionais Gerentes Diretoria Ninguém de SST Supervisores Envol- vidos:

20 Gestão de S S T (Estágios x Atitudes) Visão dominante das causas de acidentes I - Atos inseguros ou fatalidades. Riscos inerentes ao processo de trabalho. II – Busca-se as causas objetivas, mas ainda ênfase em atos e condições inseguras (comportamento dos indivíduos). III –Abordagem de fatores humanos e organização do trabalho (falhas gerenciais). IV – Compreensão da falta de políticas consistentes.

21

22 Relação com a legislação de SST I – Desconhece, ignora ou atende parcialmente. A lei atrapalha. II – A legislação é o paradigma. Atende estritamente o que a lei manda. Lobby para evitar novas regulamentações. III – Busca padrões que estão além da legislação IV – Colaboração com governos para elevar padrões Gestão de S S T (Estágios x Atitudes)

23

24 Avaliação de riscos I – Não há avaliação sistematizada. II – Avaliação de riscos baseada nos padrões legais (periciais), (especialistas sem participação trabalhadores e gerentes). III – Abordagem abrangente, participativa, conduzidas por quem é responsável pelo processo. Profissionais de SST assessoram. IV – Avaliação antecipada dos processos, além dos riscos, incluindo impactos econômicos e sociais. Gestão de S S T (Estágios x Atitudes)

25 Medidas de controle dos riscos I – Ausência de medidas de controle ou controle de riscos centrado no trabalhador: EPI e treinamento. II – Controle de riscos a cargo de profissionais de SST (alguma proteção coletiva) sem mudar materiais e processos III – Controle de riscos inerentes ao processo. Ênfase em evitar e eliminar riscos. IV – Ênfase em Tecnologias limpas e qualidade de vida. Gestão de S S T (Estágios x Atitudes)

26

27 Medição de desempenho I– Não há. II – Reativa – Ex. índices de freqüência e gravidade. III – Monitorização pró-ativa – verificação do cumprimento de planos, registros e análise dos quase-acidentes. IV – Monitorização pró-ativa usando indicadores de desempenho econômico, de qualidade de vida e equidade social. Gestão de S S T (Estágios x Atitudes)

28 Auditorias da SST, se existentes I – Identificar problemas. II – Verificar conformidade com a legislação e outros padrões. III - Confirmar a eficácia do processo de gerenciamento. IV – Confirmar a eficiência econômica (vantagens para o negócio) e papel social da organização. Gestão de S S T (Estágios x Atitudes)


Carregar ppt "Auditorias em SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. CONCEITO BÁSICO DE RISCO RISCO = PROBABILIDADE, GRAVIDADE DANO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google