A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VIII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO) Culturas agricolas perenes no ecótono cerrado / Floresta Amazônica: iniciativas endógenas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VIII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO) Culturas agricolas perenes no ecótono cerrado / Floresta Amazônica: iniciativas endógenas."— Transcrição da apresentação:

1 VIII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO) Culturas agricolas perenes no ecótono cerrado / Floresta Amazônica: iniciativas endógenas na ausência de políticas públicas Cuiabá Mt., 05 a 07 de agosto de 2009 Autores: Alexandro Rodrigues Ribeiro Ivana A. Ferrer Silva

2 Localização da área de estudo

3 Hevea Do pioneirismo a limitação comercial - Banco genético da Hevea brasiliensis; - oligopsônio, com poucas empresas dominando o mercado e anulando os produtores nacionais; - resgatar um mercado novo, buscar novas formas de incentivos, para obter um novo desempenho econômico.

4 Políticas adotadas Desenvolvimento comercial da borracha, lei de 31 de outubro de 1884, quando Floriano Peixoto deixa livre os direitos municipais e provinciais; Em 1953 é criada a Superintendência de Valorização Econômica da Amazônia - SPVEA. Goodyear e Pirelli investiram conjuntamente US$ 9,5 milhões na produção de borracha sintética, entre 1958 e 1960.

5 Políticas adotadas Em 1967 é criada a Superintendência Nacional da Borracha – SUDHEVEA – órgão executor; órgão normatizador do setor, o Conselho Nacional da Borracha – CNB; PROBOR em visava a auto- suficiência nacional do suprimento de borracha natural / finalizado…

6 A modernização da agricultura Descaracterização do tradicional e do desenvolvimento endógeno.... oculta ou minimiza outras variáveis não menos relevantes, como o marco ecológico, o funcionamento dos mercados locais, a organização da produção, a estrutura social e o contexto cultural. Viola (2000, p. 48)

7 Análise empírica Visita aos seringais do programa PROBOR; Assentamentos rurais - Projeto de Assentamento - PA Campinas e Projeto de Assentamento - PA Santana da Água Limpa, na associação Dracena;

8 Resultados PA Campinas - áreas com novos plantios da Hevea, tratava-se de algumas iniciativas individuais; Movimento em prol de iniciativas para o replantio da Hevea; ex-produtores do programa PROBOR; Clones antigos e de pouca produtividade;

9 Resultados 2005/ hectares de Hevea no projeto da Associação dos Pequenos Produtores Rurais Dracena, chamado de projeto Seringal; Novos Clones: 3156, 873 e os recentes PB 314 e ICA 111;

10 Resultados Clone antigo : 50 gramas por árvore; Clones mais recentes : 300 gramas por árvore; Adaptação: - mais efetiva devido as doenças anteriores que prejudicavam o desenvolvimento das plantações.

11 Resultados 2008 – hectares plantados; Produção estimada: a Kg – por hectare ao ano; IAN 873 – de 800 a Kg – por hectare ao ano;

12 Considerações converte-se a lógica do modelo agroindustrial para um processo produtivo artesanal e com características ecossistêmicas; tripé fundamental de todo agroecossistema saudável: vegetação arbórea, solo permeável e água residente (PRIMAVESI e PRIMEVESI, 2003).

13 Seringal com 40 anos de produtividade

14 Seringal com 40 anos

15 Substituição por pastos

16 Substituição pela soja

17 Convencional

18 Iniciativas endógenas

19 Seringa, café, abacaxi e reserva florestal

20 Bibliografia RIBEIRO, A. R. A exploração da seringueira no Brasil e Mato Grosso: um resgate dos aspectos econômicos, das políticas nacionais, das relações de trabalho e dos processos tecnológicos. Monografia apresentada ao departamento de Economia da Universidade Federal de Mato Grosso, BARQUERO, A. V. (2002). Desenvolvimento Endógeno em Tempos de Globalização / Antonio Vásquez Barquero, tradução de Ricardo Brinco. – Porto Alegre: Fundação de Economia e Estatística, p. MORIN, E. Por um pensamento ecologizado. In Faces do Trópico úmido : conceitos e novas questões sobre o desenvolvimento e meio ambiente / Edna Castro, Florence Pinton – org. – Belém : Cejup : UFPA – NAEA, VIOLA, A. La crisis do desarrollismo y el surgiemento de la antropologia del dessarrollo. In: ______. (Org.). Antropologia del desarrollo. Barcelona: Paidós, p PRIMAVESI, O.; PRIMAVESI, A.C. Fundamentos Ecológicos para o Manejo Efetivo do Ambiente Rural nos Trópicos: educação ambiental e produtividade com qualidade ambiental. Documentos, 33. São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste, SANTOS, B. S. Para uma Sociologia das Ausências e uma Sociologia das emergências. Revista Crítica de Ciências Sociais, 63, Outubro 2002 – p LEFF, E. Ecologia, capital e cultura: racionalidade ambiental, democracia participativa e desenvolvimento sustentável. Tradução de Jorge Esteves da Silva. Blumenau: FURB, Revista: O observador Econômico e Financeiro - Ano viii Junho de 1943 n.89


Carregar ppt "VIII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO) Culturas agricolas perenes no ecótono cerrado / Floresta Amazônica: iniciativas endógenas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google