A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Recursos Florestais. O que é? Enquanto ecossistema, uma floresta constitui um conjunto complexo, reunindo seres vivos animais e vegetais de todos os tamanhos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Recursos Florestais. O que é? Enquanto ecossistema, uma floresta constitui um conjunto complexo, reunindo seres vivos animais e vegetais de todos os tamanhos."— Transcrição da apresentação:

1 Recursos Florestais

2 O que é? Enquanto ecossistema, uma floresta constitui um conjunto complexo, reunindo seres vivos animais e vegetais de todos os tamanhos que se mantêm em relação entre eles e o seu meio. As florestas, ocupam cerca de 30% da superfície terrestre. As florestas podem ser de formação natural ou artificial: Uma floresta de formação natural é o habitat de muitas espécies de animais e plantas, e a sua biomassa por unidade de área é muito superior se comparado com outros biomas; As florestas plantadas ou artificiais são aquelas implantadas com objectivos específicos, e tanto podem ser formadas por espécies nativas como exóticas.

3 A entidade nacional responsável pelas questões florestais em Portugal é a Afn - Autoridade Florestal Nacional, que visa: Promover o desenvolvimento sustentável dos recursos florestais e dos espaços associados, dos recursos cinegéticos, apícolas e aquícolas das águas interiores e outros directamente associados à floresta e às actividades silvícolas, através do conhecimento da sua evolução e fruição, garantindo a sua protecção, conservação e gestão. Promover os equilíbrios intersectoriais, a responsabilização dos diferentes agentes e uma adequada organização dos espaços florestais. Promover a melhoria da competitividade das indústrias que integram as várias fileiras florestais, bem como a prevenção estrutural, actuando de forma concertada no planeamento e na procura de estratégias conjuntas no domínio da defesa da floresta. A entidade regional responsável pelas questões florestais no concelho da Chamusca é Direcção Regional de Florestas de Lisboa e Vale do Tejo.

4 Em conjunto com outras associações vegetais, a Floresta encerra uma grande biodiversidade e garante o necessário equilíbrio ecológico. Além da indispensável função fotossintética, as florestas desempenham papéis extremamente relevantes, quer a nível ecológico, quer económico e mesmo social. Entre inúmeras funções, elas: São fonte de bens como madeiras, combustíveis, alimentos e matérias-primas (ex. resina, celulose, cortiça, frutos, bagas) Têm funções de protecção do solo contra e erosão, e de controlo do ciclo e da qualidade da água; Concentram a maior parte da biodiversidade terrestre, nomeadamente, de espécies vegetais e animais; Têm um elevado valor paisagístico e recreativo.

5 Conjunto bem delimitado de plantas arbóreas plantadas numa determinada área. Acto de povoar uma determinada área com espécies florestais.

6 Consistem simplesmente no corte de todas as árvores chegadas à maturidade, existentes no terreno ou parcela destinada a exploração. Existem algumas modalidades de utilização, em que estes cortes podem ser realizados por faixas (alternadas ou seguidas), manchas ou deixando sementões.

7 Povoamento - 434,1 Áreas ardidas de povoamento - 15,5 Áreas de corte raso - 7,8 Outras áreas arborizadas - 3

8 Pinheiromanso - 24,7 Azinheira - 0,7 Resinosas diversas - 0,3

9 Eucalipto: Descrição: árvore de folha persistente e de grande porte atingindo os 60m a 80m em idades avançadas; Distribuição: originário do Sul da Austrália e da Tasmânia, foi introduzido em Portugal em meados do século passado; Meio: é intolerante ao ensombramento e prefere os climas temperados e húmidos, nem muito frios no Inverno, nem excessivamente secos no Verão; Propagação: geralmente, propaga-se por semente, em viveiros, mas a propagação é por estaca.

10 Sobreiro: Descrição: árvore de folha persistente e porte geralmente modesto, menos de 20m de altura; Meio: Muito intolerante ao ensombramento, prefere os climas suaves e luminosos, com humidade atmosférica elevada. Propagação: propaga-se geralmente por semente, que não conserva a faculdade germinativa durante muito tempo; Distribuição: espécie do Sul da Europa e do Norte de África, ocorre espontaneamente ou é cultivada em todo o país, mas sobretudo no Alentejo litoral; os povoamentos, tal como na azinheira, são pouco densos e recebem o nome de montados.

11 Castanheiro: Descrição: é uma árvore longeva, de folha caduca que pode atingir os 45 metros de altura e a sua copa pode chegar aos 30 a 40 metros de diâmetro; Distribuição: em Portugal continental, o castanheiro está espalhado um pouco por todo o país, mas verifica-se mais espalhada na região a norte do Tejo; Meio: distribui-se, essencialmente em zonas com altitudes superiores a 500 metros e com baixas temperaturas. Propagação: a enxertia, pode ser efectuada tanto no viveiro como depois da plantação. Também é utilizada a multiplicação vegetativa com estacaria de árvores; Utilização: o seu fruto, a castanha, é utilizada na gastronomia, sendo confeccionada de várias maneiras.

12 Acácia: Propagação e Meio: Apresentam-se como lianas (trepadeiras lenhosas) nas áreas húmidas, como por exemplo na Mata Atlântica e Amazónia. Já nas áreas mais secas como no Cerrado e Catinga, ocorrem sob a forma de arbustos ou árvores. Descrição: A acácia é originária da Austrália e é uma das árvores ornamentais preferidas da Europa do Sul. Em condições favoráveis pode atingir os 20 m de altura. As suas flores fazem lembrar um cacho, com pequenos globos amarelos lustroso, muito aromáticos. É uma árvore que tolera bem a secura e que por vezes aparece a ladear as estradas ou a ornamentar jardins.


Carregar ppt "Recursos Florestais. O que é? Enquanto ecossistema, uma floresta constitui um conjunto complexo, reunindo seres vivos animais e vegetais de todos os tamanhos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google