A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Necessidades Básicas dos Seres Vivos Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Necessidades Básicas dos Seres Vivos Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal."— Transcrição da apresentação:

1 Necessidades Básicas dos Seres Vivos Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal de Campina Grande Centro de Tecnologia e Recursos Naturais Área de Engenharia de Recursos Hídricos Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental

2 Ciclo Clássico da Vida NasceCresce ReproduzMorre NasceCresce ReproduzMorre Nasce...

3 O que é necessário para viver? Seres irracionais: – Necessidades Energéticas – Necessidades Fisiológicas Manter-se vivo e propagação da espécie. Ser racional: – Necessidades Energéticas – Necessidades Fisiológicas – Necessidades Afins Manter-se vivo sob uma idéia maior.

4 A Biosfera

5 Meios Nutrição – Mantimento do ser Adaptação – Luta pela vida Reprodução – Continuidade da espécie

6 Meios Nutrição Adaptação Reprodução

7 Nutrição - Os Seres Autótrofos Seres capazes de sintetizar seu próprio alimento. – Proveram efetivamente a possibilidade de evolução dos seres. Liberação de oxigênio, em especial. 1.Capazes de transformação da energia solar para próprio mantimento da vida. – Seres fotossintetizantes 2.Capazes de prover oxidação de compostos inorgânicos. – Seres quimiossintetizantes

8 Biossíntese Fotossíntese CO 2 + H 2 O Alimento + O 2 Glicose

9 Quimiossíntese Energia química convertida da energia de ligação de compostos inorgânicos oxidados. Comp. Inorg. Reduzido + O 2 Comp. Inorg. Oxidado CO 2 + H 2 O Alimento + O 2 Energia Química

10 Nutrição – Os Seres Heterótrofos Não são capazes de sintetizar seu próprio alimento Herbívoros – Obtém energia dos seres autótrofos Carnívoros – Obtém energia de outros seres heterótrofos Onívoros Decompositores – Absorção de matéria orgânica morta

11 Fermentação Obtenção de energia, por meio de oxidação incompleta da glicose, sem usar oxigênio. – Pode ocorrer fora do corpo celular Vários tipos: – Alcoólica – Láctica – Acética – Butírica

12 ATP Adenosina Tri-Fosfato – Sistema natural de troca de energia, que é armazenada entre as moléculas de fosfato

13 Fermentação Alcoólica Processo químico de transformação de açúcares em álcool, liberando CO 2 e provendo energia. – Realizada pelas Leveduras. – C 6 H 12 O 6 + 2ATP --> 2CO 2 + 2C 2 H 5 OH + energia (4ATP) Álcool Etílico

14 Fermentação Alcoólica

15 Fermentação Láctica Oxidação parcial de carboidratos liberando, entre outros compostos, ácido láctico. – Ocorre nos músculos quando muito forçados (cãibra) – C 6 H 12 O 6 +2ATP --> + energia(4ATP)

16 Fermentação Láctica

17 A Ação do Homem Extenso critério de alimentação – Sócio-Cultural – Econômico – Ser altamente adaptado Aquisição de alimentos: – Extrativismos Animal (caça e pesca) – Extrativismos Vegetal – Criação de vegetais (agricultura) – Criação de animais (mamíferos, aves, peixes, crustáceos...)

18 Meios Nutrição Adaptação Reprodução

19 Adaptação - Autótrofos Adequação ao Clima e Predadores. Clima: – Perda das folhas em estação seca (vegetação de folhas caducas) – Transformação de folhas em espinhos (cactos e floresta conífera) Retenção de água Reprodução: – Flores chamativas Cores e cheiro Predadores: – Espinhos e desenvolvimentos de outros meios

20 Adaptação - Autótrofos Desenvolvimento de substâncias urticantes. Crescimento de espinhos Perda de folhas

21 Adaptação - Heterótrofos Seres irracionais – Seleção do mais bem adaptado nos mais diversos fatores intervenientes: Desenvolvimento de camuflagem; Desenvolvimento de abrigo; Aprimoramento físico... Seres racionais: – Aplicação de ferramentas e estruturas

22

23 Borboletas de Biston Situação Inicial - Natural Captura por predadores naturais da borboleta marrom Situação Seqüencial- Ação do Homem Captura por predadores naturais da borboleta branca Mimetismo

24 Meios Nutrição Adaptação Reprodução

25 Reprodução – Autótrofos Sexuada – envolvimento de dois seres – Troca de gametas Assexuada – direta pelo próprio indivíduo – Auto-fecundação – Partição de raízes ou outras partes

26 Reprodução – Heterótrofo Sexuada – Grande maioria Fecundação interna ou externa

27 Curiosidades Mimetismo https://sites.levelupgames.com.br/FORUM/RAG NAROK/forums/p/295420/ aspx


Carregar ppt "Necessidades Básicas dos Seres Vivos Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google