A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MARCA - DISCERNIMENTO MATEUS 4.18-22. Introdução Neste caso específico, discernimento da Missão Pessoal e da Condição Pessoal. Essa é um das marcas que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MARCA - DISCERNIMENTO MATEUS 4.18-22. Introdução Neste caso específico, discernimento da Missão Pessoal e da Condição Pessoal. Essa é um das marcas que."— Transcrição da apresentação:

1 MARCA - DISCERNIMENTO MATEUS

2 Introdução Neste caso específico, discernimento da Missão Pessoal e da Condição Pessoal. Essa é um das marcas que só o tempo pode trazer. Trata-se de sensibilidade e de sabedoria.

3 Entendendo o texto Jesus jejuou 40 dias antes de escolher seus discípulos. Quando João Batista morreu Jesus foi para Cafarnaum, cidade à beira mar. Começou a pregar e, andando junto ao mar, encontrou seus primeiros discípulos. André e Pedro, depois, Tiago e João.

4 Entendendo o texto O que eles tinham em comum? O que estavam fazendo ?

5 Que lições podemos aprender? A vida lhes deu um aprendizado pessoal que foi aproveitado na sua missão pessoal. Eram pescadores e continuaram com atitude de pescador Foram chamados para serem pescadores de homens Por que Jesus não os chamou para ser profeta, pregador, mestre? Toda experiência anterior seria aproveitada O produto era novo, mas o processo mental seria o mesmo. Os problemas e fases da vida deveriam ser tratados como na pesca. As maiores experiências espirituais foram no mar.

6 APLICAÇÃO Deus não desperdiça nossa experiência de vida no chamado para nossa missão.

7 SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS (v18, 21) Atividades iguais, momentos diferentes Qual a semelhança entre as duas duplas de irmãos?  Eram pescadores extremamente experientes.  A pesca não era uma atividade de esporte ou lazer, era seu meio de vida, sua profissão. Qual a diferença entre as duas duplas de irmãos?  Pedro e André estavam com suas redes em condições por isso pescavam.  Tiago e João precisavam consertar suas redes antes de irem para o mar para não perder tempo, energia e peixes.

8 Descobertas da maturidade: Semelhanças de ministérios ou estilo de vida não garantem a mesma dinâmica na vida. Somos seres emocional e espiritualmente independentes. Deus nos permite levar nossas experiências de vida para agir com sabedoria na nossa maturidade.

9 A sabedoria do pescador define o momento de pescar e o momento de parar. Pedro e André estavam com suas redes em condições por isso pescavam. Tiago e João precisavam consertar suas redes antes de irem para o mar para não perder tempo, energia e peixes. Um pescador sábio tem consciência que ainda que seus companheiros saiam para pescar, ele precisa ficar e colocar seu equipamento em dia.

10 Conclusão Como ser humano maduro, preciso ter: 1.Atitude de pescador. Cada um que seja meu próximo, enquanto não tiver um encontro com Jesus, é como um peixe que eu preciso tirar do mar do pecado, da perdição e da desesperança. 2. Sensibilidade de pescador. Preciso discernir o momento que eu estou vivendo, independente do grupo. 3. Sabedoria de pescador. Discernimento para saber a hora de parar e consertar minhas redes antes de iniciar a pescaria para que os peixes não se percam.

11 A maturidade me permite distinguir meu momento na vida. Hora de agir, hora de recolher para consertos pessoais. Eu não preciso agir igual aos outros se meu momento é diferente. Eu não posso fazer aquilo que não seja possível fazer sem consertos pessoais. Deus não vai me cobrar o que está além das minhas forças físicas ou emocionais só porque o outro está fazendo.

12 A minha vida precisa estar em ordem para que a luz de Cristo brilhe mais intensamente e eu possa ser um reflexo do trabalhar de Deus nas minhas emoções e na minha espiritualidade


Carregar ppt "MARCA - DISCERNIMENTO MATEUS 4.18-22. Introdução Neste caso específico, discernimento da Missão Pessoal e da Condição Pessoal. Essa é um das marcas que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google