A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MARIA CLARA BEZERRA. O nosso papel é importante Sem ele nossa vida seria péssima Como faríamos listas, Contas, bê-á-bá e tarefas? Como faríamos o teste.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MARIA CLARA BEZERRA. O nosso papel é importante Sem ele nossa vida seria péssima Como faríamos listas, Contas, bê-á-bá e tarefas? Como faríamos o teste."— Transcrição da apresentação:

1 MARIA CLARA BEZERRA

2 O nosso papel é importante Sem ele nossa vida seria péssima Como faríamos listas, Contas, bê-á-bá e tarefas? Como faríamos o teste E a nossa redação? Onde iríamos escrever Segredos do coração? Precisamos saber cuidar Não devemos o desperdiçar Pois um dia vai acabar E se dele eu precisar E não poder o usar Bem triste irei ficar.

3 A casa não era a maior da rua, mas sim a mais conhecida, causando inveja aos proprietários das outras grandes casas, pois tinha uma característica especial que as outras casas enormes e belas não tinham, a malicia, a casa tinha a maldição da velhinha que morreu naquela propriedade. A velha era muito maliciosa, tinha feitiços e macumbas guardados em um diário, até que um dia ela errou um feitiço muito poderoso, uma coisa inaceitável para os deuses tão venerados por ela, e todos os feitiços feitos se voltaram contra ela e a fizeram sofrer até a morte, antes de morrer, ela rogou uma maldição sobre a casa, e a casa ganhou vida própria, rogando feitiços e macumbas nas outras pessoas, prosseguindo o que a falecida moradora fazia. Depois de muitos séculos, a casa perdeu sua fama e os visitantes, com as construções tão lindas e enormes que a rodeavam ela adormeceu, parou de rogar maldições por um bom tempo... Até que um dia, uma família se mudou para frente daquela casa, um casalzinho de crianças, uma adolescente, um homem e uma mulher. As crianças estavam brincando no lindo quintal, com a grama verdinha cobrindo tudo, flores lindas e coloridas por todos os cantos e uma mini estradinha indo até a frente da bela casa, eles estavam brincando super calmos e tranquilos, quando a menina chamada Thaeme saiu pulando e correndo de olhos fechados com uma cesta de flores de todo jeito e toda cor, quando de repente sentiu uma terra grossa e com muitos espinhos em seus pezinhos muito delicados, ela se afastou bruscamente para trás, levando um susto e abrindo os olhos rapidamente: -Ahh !!! Disse ela assustada: -Esta casa é muito...Horripilante...O que será que tem lá dentro? Disse Leo convidando a irmã para entrar na casa, eles entraram e num grito do silêncio a porta se fechou.Thaeme já estava com a ideia de ir embora, mas a porta emperrou, e Thaeme chorou no colo do irmão, que aterrorizado estava com tantas bruxarias, luzes ligando sozinhas, barulhos de pegadas e os coitados aterrorizados. Eles andaram por bastante tempo e viram uma porta, será lá a saída dos pequeninos? E a chave? Onde estava? Eles procuraram a casa inteira, e, quando Thaeme olhou numa gaveta, sem mais nem menos a chave apareceu num passe de mágica, o espírito da casa ficou com pena deles, eles saíram e viveram felizes para sempre.

4 Oi, você é meu diário, sabe seu nome? É obvio que não, te ganhei hoje, seu nome vai ser Frankie, porque você é todo igualzinho ao diário de Anne Frankie, por isso te escolhi na papelaria, você é lindo!!! Te adorei na hora que lhe vi nas prateleiras, não pensei nem uma vez, gritei pro papai comprá-lo e estou super feliz. Comprei outros dois livros que estou amando ler, te adoro... Boa noite e beijos...

5 Diz a lenda que se a meia-noite a pessoa pular 7 vezes na praia em cima das dunas seu corpo será puxado pela areia, e quando a praia estiver lotada, um terrível uivo vai se ouvir e uma pisada gigante irá destruir a praia e acabará com todos. Isso porque há mais de 10 mil anos, um surfista muito famoso que tinha o pé muito grande, acima do normal, estava concorrendo o mundial e foi levado por uma onda enorme à beira mar e lançado com tanta força nas dunas que afundou, e toda vez que pulam 7 vezes à meia noite ele puxa a pessoa. Para se livrar da maldição, antes de dar o terceiro pulo, a pessoa irá jogar uma mão cheia de areia no mar e deverá rezar o pai-nosso, quando fizer isso, ouvirá um uivo horroroso, quando ouvir, relaxe, você está salvo!

6 Na reunião infantil com o sindicato esse ano foi tratado como tema a violência e o uso de drogas, isso ocorreu dia 14/07/2013 das 13:30 à 16:30. As crianças do 2º ao 6º ano apresentaram consequências negativas quando a violência e as drogas estão presentes, mais de 300 pessoas assistiram as apresentações das crianças na reunião. Foi divertido e muito educativo disse Maíra do 4º ano. As crianças se sentiram bem orgulhosas e aprenderam a sentir um bom caminho, e assim esperamos!

7 A Diofeirac 2013 foi resultado de muito esforço de todos os alunos, para o 4º ano o tema foi: Trânsito:construindo cidadania II. As apresentações educativas sobre o trânsito foram muito boas e os portfólios dos alunos mostraram fatos muito importantes sobre o trânsito. Os professores auxiliaram muito, mas os alunos fizeram a parte mais importante. Queremos continuar assim, com muito sucesso na nossa Diofeirac!!

8 A fofoca é uma coisa feia, ela não é legal, eu acho que fofocar não é coisa de gente educada, não é coisa de sapo nem de jacaré, fofoca é coisa de foca. E se a fofoca não existisse? Ah, com certeza não iria haver essas intrigas de hoje em dia, até as crianças, principalmente as que estão entrando na fase de pré-adolescência, estão cheias de intrigas por causa das fofocas, eu acho feio e não sou fofoqueira.


Carregar ppt "MARIA CLARA BEZERRA. O nosso papel é importante Sem ele nossa vida seria péssima Como faríamos listas, Contas, bê-á-bá e tarefas? Como faríamos o teste."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google