A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NORMAL E PATOLÓGICO O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE Em psicopatologia é questão de grande controvérsia Em psicopatologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NORMAL E PATOLÓGICO O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE Em psicopatologia é questão de grande controvérsia Em psicopatologia."— Transcrição da apresentação:

1 NORMAL E PATOLÓGICO O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE Em psicopatologia é questão de grande controvérsia Em psicopatologia é questão de grande controvérsia O conceito de normalidade em psicopatologia também implica a própria definição do que é saúde e doença mental. O conceito de normalidade em psicopatologia também implica a própria definição do que é saúde e doença mental. Na medicina níveis de PA, glicemia, anemia, enfim tudo que se faz em laboratorio. Na medicina níveis de PA, glicemia, anemia, enfim tudo que se faz em laboratorio. 1 – Psiquiatria legal ou forense 1 – Psiquiatria legal ou forense Implicações legais, criminais e éticas, podendo definir o destino social, institucional e legal de uma pessoa. 2 – Epidemiologia psiquiátrica 2 – Epidemiologia psiquiátrica Neste caso, a definição de normalidade é tanto um problema como um objeto de trabalho e pesquisa. MODELO INFORMATIVO – o médico fornece informações. A escolha é do paciente. O paciente pode achar que o médico é frio e descuidado. Geralmente para consultas temporárias o paciente vai ou faz atendimento com outro médico MODELO INFORMATIVO – o médico fornece informações. A escolha é do paciente. O paciente pode achar que o médico é frio e descuidado. Geralmente para consultas temporárias o paciente vai ou faz atendimento com outro médico MODELO INTERPRETATIVO – o Médico conhece bem o paciente e sabe o suficiente a respeito de sua vida e funcionamento. O médico neste modelo, não se exime da responsabilidade por tomar decisões mas é flexível. MODELO INTERPRETATIVO – o Médico conhece bem o paciente e sabe o suficiente a respeito de sua vida e funcionamento. O médico neste modelo, não se exime da responsabilidade por tomar decisões mas é flexível. MODELO DELIBERATIVO – Médico atua como um amigo ou orientador do paciente, não apenas apresentando informações mas defendendo ativamente determinada linha de ação. Quer mudar comportamento destrutivo por ex.(parar de fumar ou perder peso) MODELO DELIBERATIVO – Médico atua como um amigo ou orientador do paciente, não apenas apresentando informações mas defendendo ativamente determinada linha de ação. Quer mudar comportamento destrutivo por ex.(parar de fumar ou perder peso)

2 NORMAL E O PATOLÓGICO 3 – Psiquiatria cultural e etnopsiquiatria. contexto social X o fenômeno supostamente patológico. 4 – Planejamento em saúde mental e políticas de saúde. demandas assistenciais, as necessidades de recursos. 5 – Orientação e capacitação profissional. retardo mental X dirigir veículos, psicóticos X armas. 6 – Prática clínica. saber o que é patológico para intervir por exemplo.

3 Critérios de NORMALIDADE 1 – Normalidade como ausência de doença. saúde como ausência de sintomas, sinais ou de doenças. 2 – Normalidade ideal. certa utopia. Estabelece um sadio. 3 – Normalidade estatística. norma e freqüência. Por ex: transtornos ansiosos. 4 – Normalidade como bem estar. saúde como o completo bem estar físico, mental e social. 5 – Normalidade funcional. é disfuncional, produz sofrimento para o próprio indivíduo ou para o seu grupo social.

4 Critérios de NORMALIDADE 6 – Normalidade como processo. aspectos dinâmicos do desenvolvimento psicossocial por ex: na Psiquiatria infantil. 7 – Normalidade subjetiva. a pessoa se sente bem e pode estar por ex: em mania. 8 – Normalidade como liberdade. fenomenologia e existencialismo. 9 – Normalidade operacional. é assumidamente arbitrário, define-se a priori o que é normal e patológico.

5 QUESTÕES DE REVISÃO Que áreas da saúde mental estão relacionadas com e implicadas no conceito de normalidade em psicopatologia? Que áreas da saúde mental estão relacionadas com e implicadas no conceito de normalidade em psicopatologia? Quais são os principais critérios de normalidade interligados em psicopatologia e quais suas forças e debilidades? Quais são os principais critérios de normalidade interligados em psicopatologia e quais suas forças e debilidades?


Carregar ppt "NORMAL E PATOLÓGICO O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE O CONCEITO DE SAÚDE E DE NORMALIDADE Em psicopatologia é questão de grande controvérsia Em psicopatologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google