A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecnologia e sociedade: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Mariano F. Enguita.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecnologia e sociedade: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Mariano F. Enguita."— Transcrição da apresentação:

1 Tecnologia e sociedade: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Mariano F. Enguita

2 Trabalho, Educação e Prática Social (org) Tomaz Tadeu da Silva Porto Alegre: artes médicas, 1991 Trabalho, Educação e Prática Pedagógicas Minter – Disciplina: Profª. Drª. Teresa Kazuko Teruya Parte II Out/2007

3 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação

4 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução Introdução A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação

5 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Poucas coisas despertam desejos tão elevados, quanto as tecnologias

6 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Em gerações passadas todos os bens ou males eram atribuídos aos espíritos, ao destino e à vontade divina

7 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Hoje somos conduzidos ao encanto (êxtase), ficamos maravilhado diante da tecnologia

8 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação VERSÃO OTIMISTA: a ciência e a técnica nos libertarão do esforço, dos trabalhos desagradáveis e rotineiros

9 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Máquina de lavar - poupa a dona de casa (protege as mãos do desgaste) Aspirador de pó - não levanta pó que a vassoura levantaria Liquidificador - descansa os braços de ficar dando voltas

10 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Fazendo uma retrospecção, há menos de 60 anos não havia: Geladeira ferro elétrico secadora panela elétrica panela a vapor batedeira freezer cafeteira elétrica micro-ondas forno elétrico televisão circuito fechado de tv

11 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação tv com controle tv de plasma tv a cabo parabólica filmadora vídeo cassete DVDvideo-game telefone sem fio celular rádio FM rádio-relógios-despertador fita K-7 CDs fone de ouvido portão eletrônico babá eletrônica máquina de escrever elétrica/eletrônica

12 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação máquina fotográfica em preto e branco/colorida (revelação 3 dias) máquina fotográfica digital filmadora walkeman diskman mp3 toca-fitas toca - CD Vinil aparelho de som foto copiadora caixa eletrônico anticoncepcional lente de contato comidas congeladas embutidos / enlatados

13 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação raio-laserradares cartões de crédito ar-condicionadocalculadoras relógio a corda/automático/digital cirurgia plástica redução de estômago para engravidar a mulher precisava de um homem "erva" era algo que se cortava e não se fumava

14 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação café expresso McDonalds pizza Hut Giraffas Bobs os sorvetes, as passagens de ônibus e os refrigerantes tudo custava 10 centavos comprava-se coisas por 5 e 10 centavos Kibon Elma chips coca-cola Pepsi O que será que significava no passado, os itens abaixo:

15 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Acreditávamos que tanto a dona de casa como o operário Com toda tecnologia disponível, permitisse chegar à noite: limpos bem humoradosdescansados e dispostos

16 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Assim como os eletros-domésticos para a dona de casa para o operário, a pá mecânica, a cinta transportadora, a máquina ferramenta de controle numérico ou o robô são os utensílios que facilitam seu trabalho.

17 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação O problema que nem o operário tem tanto poder de decisão como a dona- de-casa na escolha de seus instrumentos Os empresários pouco se preocupa se o trabalhador ou a trabalhadora: conserva a saúde de seus pulmões;

18 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação a elegância de sua pele; que se apresente bem a sociedade; muito menos que chegue descansado em seu leito conjugal.

19 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A principal preocupação é que se torne mais barato e mais controlável

20 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação O raciocínio procede assim: a ciência, e atrás dela a tecnologia as inovações tecnológicas são inevitáveis ela libera o trabalhador das tarefas mais pesadas e rotineiras.

21 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação VERSÃO PESSIMISTA: a imagem devolvida pelo espelho (análise de consciência) a tecnologia nos trouxe e nos trará, desde a alienação do trabalho, até o esgotamento dos recursos e a destruição universal

22 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação semelhante a uma luva virada ao avesso a tecnologia continua sendo resultado da ciência em uma sociedade que visa o lucro empresarial é inevitável sua aplicação em função dos mercado competitivos

23 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação 1. destrói lugares de trabalho; 2. condena os trabalhadores a empregos: Efeitos negativos desqualificados, monótonos e rotineiros;

24 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação 3. induz ao consumismo; 4. desumaniza as relações sociais Efeitos negativos 5. conduz ao holocausto universal

25 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação O trabalho nunca será sinônimo de liberdade, torna-se necessário começar a discutir uma cultura do ócio e do tempo livre

26 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO e NEGATIVO Tecnológico tem suas idéias sobre educação

27 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO para que a inovação tecnológica possa prosseguir em prol do bem de todos, é necessária uma força de trabalho cada vez mais qualificada:

28 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO 1) devem orientar-se, para as ciências experimentais; 2) os jovens, especializar-se com as demandas do mercado de trabalho;

29 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO 3) escolas selecionar os melhores talentos; 4) sociedade oferecer lugar que merecem para poder beneficiar-se das capacidades;

30 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO 5) todos devem ter certos conhecimentos da panacéia do amanhã, a informática, se não quiser ser uma espécie de analfabetos funcionais;

31 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO 6) novas Tecnólogias de Informação e Comunicação (TICs) são desafios da sociedade e, portanto, de nossa escola;

32 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação POSITIVO 7) tudo isso é visto por meio de elevação das exigências dos títulos escolares para obtenção dos empregos;

33 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação NEGATIVO 1) ao contrário dos pensadores otimistas os trabalhos exigem cada vez menos qualificações reais;

34 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação NEGATIVO 2) escolas cada vez mais desempenha o papel de grande creche, mantendo as crianças e jovens reclusas e ocupadas;

35 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação NEGATIVO 3) a forma de socialização substitui a transmissão de conhecimentos;

36 Introdução TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação NEGATIVO 4) a escola condena ao ócio e/ou ao trabalho precário, quando poderia e deveria educar de maneira criativa e satisfatória, seu tempo livre.

37 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução A evolução do trabalho A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação

38 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Como descrição da realidade a versão pessimista é mais realista que a otimista evolução do Trabalho

39 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Progressivamente trabalhadores vem se desqualificando e perdendo o controle sobre suas tarefas ou a autonomia no processo do trabalho. evolução do Trabalho

40 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Qualificação do trabalho entende-se Conjunto de capacidades e conhecimentos aplicados em um emprego evolução do Trabalho

41 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Para simplificar desqualificação do trabalho é: processo de perda controle e autonomia por parte dos trabalhadores evolução do Trabalho

42 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Tendência geral é sempre em direção a uma maior divisão do trabalho portanto uma maior desqualificação evolução do Trabalho

43 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação a medida que uma máquina além de executar as ordens do operário, incorpora em si mesma a informação, o trabalho desqualifica-se evolução do Trabalho

44 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação na fase de automatização a máquina já carrega incorporadas... as capacidades, conhecimentos e habilidades que antes eram exigidas do trabalhador evolução do Trabalho

45 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação na fase de automatização a máquina carrega incorporadas as capacidades, conhecimentos e habilidades O que antes eram exigidas do trabalhador, agora a máquina já manipula sozinha a informação evolução do Trabalho

46 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação segundo o autor: a maioria da população dos países industrializados trabalha para os outros Trabalhar para os outros significa o ínicio da desqualificação. evolução do Trabalho

47 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação mesmo os profissionais liberais vêem seu trabalho desqualificado Estudos mostram que maior parte dos trabalhos não são mais difíceis de aprender, do que aprender a dirigir um carro. evolução do Trabalho

48 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação a maioria deles pode ser aprendidos no próprio local de trabalho em questão de horas, ou dias ou poucas semanas. Exige uma qualificação real, menor do que cozinhar ou lavrar a terra evolução do Trabalho

49 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? A quem interessa a desqualificação do trabalho? Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação

50 1° lugar: empresários e os técnicos, e 2° lugar: investigadores e o Estado TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho Entre aqueles que sofrem estão a maioria dos trabalhadores

51 Dinheiro e Controle Com a desqualificação, os empresários ganham duas coisas: Dinheiro e Controle TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho

52 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho Quanto mais as tarefas se subdividem e se simplificam, ou quanto mais se reduz o tempo necessário para aprender a desempenhá-las, mais decrescerá o valor da força de trabalho empregada

53 uma força de trabalho desqualificada torna-se mais facilmente manipulável TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho

54 Trabalhadores que realizam tão somente tarefas parciais, rotineiras e de rápida aprendizagem, TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho

55 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho podem ser substituídos a qualquer momento por outros e podem ser manipulados nos cálculos empresariais quase com a mesma frieza que as matérias-primas ou as máquinas.

56 os empresários substituem força de trabalho por capital fixo TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho ou seja, por maquinaria, com o único critério da rentabilidade

57 os empresários buscam tão somente vender mais e produzir ao menor custo TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho

58 os empresários constituem um grupo que necessitam de uma visão distorcida da realidade para viverem em paz consigo mesmos e necessitam também difundi-la TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho

59 necessitam pensar e fazer os demais pensarem que eles: TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho geram o progresso produzem a riqueza de todos criam empregos dão de comer a milhares de famintos assumem sozinhos os riscos inovam para o bem geral

60 As máquinas são para eles, como a planta crescida para os camponeses TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho O símbolo de sua obra

61 Já os operários, pelo contrário são o problema: gente que TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho pede mais salários fazem greve cometem erros lembrando que o erro humano é visto pelo trabalhador, nunca pelo empresário contraem gripe

62 Um sonho, delírio ou pesadelo TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho É a fábrica inteiramente automatizada

63 técnicos Segundo grupo interessado na desqualificação, são os técnicos TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho O objetivo primeiro e final do taylorismo não era outro senão este: concentrar nas mãos da direção todo o conhecimento e know-how que estava nas mãos dos trabalhadores

64 Do ponto de vista dos técnicos TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho grupo no qual ocupamos agora Considerando os trabalhadores coletivamente também como grupo A divisão de competência entre uns e outros é um jogo de soma-zero

65 Do ponto de vista do cientista TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho Se o trabalhador comete erros, é porque toma decisões tentando amenizar esses erros os cientistas procuram reduzir ao máximo as possibilidades de erros

66 Pesquisadores, os ciêntistas e técnicos TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho concebem, projetam e fazem funcionar as máquinas nos laboratórios aceitam sem questionar dirigir seu esforço de pesquisa para fins fixados pelos empresários

67 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho Estado diretamente ou por meio de influência sobre o Estado tudo isso, claro, em nome da suposta neutralidade da ciência e da técnica ou, mais prosaicamente, porque quem paga, manda

68 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho maior parte da pesquisa básica que se traduz em aplicações produtivas é realizada com fundos públicos, em estabelecimentos públicos ou privados com subvenções estatais

69 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A quem interessa a desqualificação do trabalho? Sonho de todo estado-maior, é o funcionamento como um relógio automático

70 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação

71 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A organização do trabalho como objeto de luta política O que determina o emprego da tecnologia de aplicações potenciais distintas é a força relativa dos grupos que vêm trabalhar com ela

72 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A organização do trabalho como objeto de luta política A produção, seja de bens ou de serviços, é o resultado da conjunção dos recursos materiais, da tecnologia e do trabalho

73 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A organização do trabalho como objeto de luta política Um empresário pode optar por um ou outro tipo de maquinaria por um trabalho mais ou menos qualificado e por uma ou outra tecnologia na organização de um processo produtivo.

74 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A organização do trabalho como objeto de luta política As decisões que tomará dependerão, em parte, da viabilidade econômica das diferentes opções dependerão, também, como vimos, de suas próprias preferências e preconceitos, das tecnologias desenvolvidas disponíveis e

75 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A organização do trabalho como objeto de luta política políticos dos critérios políticos, ou seja, relativos a como manter o poder na empresa mas dependerão, também, por certo, da capacidade de negociação ou

76 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação A organização do trabalho como objeto de luta política os trabalhadores resistência dos outros atores do proceso produtivo: os trabalhadores

77 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? M Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação

78 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Em 1° lugar, a produção em grande escala, cenário privilegiado da desqualificação do trabalho Motivos e resultados da requalificação do trabalho

79 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação exige mercados estáveis, e estes deixam de sê-lo quando a crise econômica afeta a demanda efetiva ou quando, Motivos e resultados da requalificação do trabalho

80 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação satisfeitas suas necessidades básicas, os consumidores mostram menos dispostos a adquirir produtos padronizados e buscam certa variedade e individualização Motivos e resultados da requalificação do trabalho

81 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Em 2° lugar, exige também custos estáveis, e esta estabilidade vê-se questionada pelas variações nos preços das matérias-primas, Motivos e resultados da requalificação do trabalho

82 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação pelo encarecimento dos produtos semitransformados e pela força sindical do movimento operário. Motivos e resultados da requalificação do trabalho

83 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Nos anos sessenta, 25% do tempo dos trabalhadores da industria automobilística norte-americana eram perdidos em desequilíbrio das tarefas. Motivos e resultados da requalificação do trabalho

84 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Os sistemas de produção flexível, adaptam-se melhor e estão em ascenção Motivos e resultados da requalificação do trabalho

85 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Introdução A evolução do trabalho A quem interessa a desqualificação do trabalho? Motivos e resultados da requalificação do trabalho A organização do trabalho como objeto da luta política Um antigo e novo desafio para a educação Um antigo e novo desafio para a educação

86 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação humanistasocialista Existe uma velha reivindicação humanista e socialista por um lado, formação integral por outro está a formação integral

87 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Tradicionalmente a escola tem acompanhado os diferentes aspectos do desenvolvimento humano

88 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação A triste realidade social, sobretudo, produtiva, na qual uns decidem e outros executam

89 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação A idéia de formação integral trata de reunir pólos separados, combinar trabalho e estudo, saber prático e teórico, abstrato e concreto

90 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação A socialização é uma boa opção uma vez que não terão emprego, e quando tiverem,

91 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação será um trabalho desqualificado, basta ensinar-lhes para isso a ler e a escrever, as quatro operações e um punhado de destrezas básicas

92 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Trata de saber que tipo de trabalho e que tipo de educação queremos.

93 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Embora professores e trabalhadores lutem separadamente, mas em busca constante da melhoria de suas condições. A transformação da escola contribui indiretamente para a transformação do local de trabalho.

94 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Ninguém pede o que não conhece, mas a escola ampliando os horizontes pessoais e sociais dos jovens,

95 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação lança a semente para que estes exijam o enriquecimento do processo de trabalho e resistam à sua degradação.

96 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Todos temos ouvido falar da supereducação ou excesso de educação, ou seja, as pessoas recebem muito mais educação, em média, do que a realmente necessária no emprego.

97 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Em um contexto de rotatividade de empregos, mudança constante nas técnicas de produção, sistemas flexíveis, etc...

98 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Expressões: formação integral formação polivalente Idéias distintas, embora não opostas

99 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Polivalente: formação que capacita a pessoa a diferentes postos de trabalho.

100 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Alta qualificação quer dizer polivalência, ou seja, habilidade prática e capacidade de raciocínio abstrato, domínio de algumas funções determinadas e também conhecimento das funções conexas.

101 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Integral: desenvolvimento de todas as faculdades da pessoa, que vão além daquilo.

102 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Parafernália tecnológica das escolas costumam ser pobres e antiquadas em relação à das empresas

103 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Cabe a escola disciplinar e fornecer os conhecimentos básicos para passar pelos processos de aprendizagem no local de trabalho.

104 TECNOLOGIA E SOCIEDADE: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Um antigo e novo desafio para a educação Em outras palavras: entreguem-nos com algumas capacidades básicas, que nós prepararemos para os postos de trabalhos especificos.

105 Adalgisa Silva Rodrigues Maria Ângela Garcia de Almeida Luís Cláudio da Silva Este artigo foi traduzido da revista espanhola PAPERS: REVISTA DE SOCIOLOGIA Tradução de Rovílio Costa e Tomaz Tadeu da Silva apresentação

106 Obrigado Bom dia Maringá, out 2007

107 A sociedade contemporânea, chamada sociedade do conhecimento e da comunicação está criando, contraditoriamente, cada vez mais incomunicação e solidão entre as pessoas. A internet pode conectar-nos com milhões de pessoas sem precisarmos encontrar alguém. Pode se comprar, pagar as contas, trabalhar, pedir comida, assistir a um filme sem falar com ninguém.

108 Para viajar, conhecer paises, visitar pinacotecas não precisamos sair de casa. Tudo vem a nossa casa via on-line. Boff, Leonardo - Saber cuidar: ética do humano – compaixão para servir. Editora Vozes 2001 – 6ª edição.


Carregar ppt "Tecnologia e sociedade: A ideologia da racionalidade técnica, a organização do trabalho e a educação Mariano F. Enguita."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google