A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

J ATOS T URBULENTOS I NCIDENTES T URBULENT J ET I MPINGING Alunos: Bruno Resende Rodrigues RA:090576 Mauricio Zangari RA:141265 Matéria: EM974 - A Professor:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "J ATOS T URBULENTOS I NCIDENTES T URBULENT J ET I MPINGING Alunos: Bruno Resende Rodrigues RA:090576 Mauricio Zangari RA:141265 Matéria: EM974 - A Professor:"— Transcrição da apresentação:

1 J ATOS T URBULENTOS I NCIDENTES T URBULENT J ET I MPINGING Alunos: Bruno Resende Rodrigues RA: Mauricio Zangari RA: Matéria: EM974 - A Professor: Eugênio Spanó Rosa

2 A PLICAÇÕES Resfriamento e aquecimento de superfícies Secagem de superfícies Tratamentos térmicos Decolagem vertical de aviões

3 R EGIÕES CARACTERÍSTICAS DO JATO Região 1 Núcleo potencial Região 2 Fluxo estabelecido Região 3 Região de estagnação Região 4 Jato de parede (Wall Jet)

4 R ESULTADOS EXPERIMENTAIS PARA COMPARAÇÃO Perfis de velocidade dos wall jets Behnia et al (1998) Loureiro e Freire (2009)

5 D OMÍNIO COMPUTACIONAL Domínio axissimétrico Geometria semelhante nas duas simulações Modelo de turbulência KEMODL – YAP (k- Yap)

6 M ALHA NUMÉRICA – D ISCRETIZAÇÃO DO DOMÍNIO Refinamento nas regiões críticas: Núcleo e bordas do jato Região de estagnação Região do wall jet Estratégias: Power Law Divisão do domínio – Objeto Null

7 R ESULTADOS - G ERAL Qualitativamente bons, mas deve-se verificar quantitativamente

8 D OMÍNIO – S IMULAÇÃO 1 Dimensões iguais ao experimento de Loureiro e Freire (2009)

9 R ESULTADOS – S IMULAÇÃO 1 Perfis apresentam a forma característica, mas deve-se verificar os valores de velocidade. Picos aparentam estar deslocados

10 R ESULTADOS – S IMULAÇÃO 1 r=75 mm r=100 mm Eixo vertical: velocidade radial (m/s) Eixo horizontal: posição axial (mm)

11 R ESULTADOS – S IMULAÇÃO 1 r=125 mm r=150 mm Eixo vertical: velocidade radial (m/s) Eixo horizontal: posição axial (mm)

12 D OMÍNIO – S IMULAÇÃO 2 Parâmetros fornecidos em formas adimensionais no experimento de Behnia et all (1998) Foram usadas as mesmas proporções na simulação.

13 R ESULTADOS – S IMULAÇÃO 2 r: posição radial (distância da linha de centro) z: posição axial (distância da parede) U out : Velocidade de saída do jato (35,5 m/s) U: velocidade axial

14 R ESULTADOS – S IMULAÇÃO 2 r: posição radial (distância da linha de centro) z: posição axial (distância da parede) U out : Velocidade de saída do jato (35,5 m/s) U: velocidade axial

15 C ONCLUSÃO Resultados qualitativamente bons, mas não quantitativamente. Valores numéricos bons próximos à parede e à linha do centro do jato. Longe dessas regiões os erros podem ser elevados – superiores a 50%. Erros atribuídos à utilização de modelos de turbulência.

16 C ONCLUSÃO PHOENICS separa os modelos em baixo Reynolds e alto Reynolds, mas há regiões de ambos os casos na simulação.


Carregar ppt "J ATOS T URBULENTOS I NCIDENTES T URBULENT J ET I MPINGING Alunos: Bruno Resende Rodrigues RA:090576 Mauricio Zangari RA:141265 Matéria: EM974 - A Professor:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google