A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NOÇÕES SOBRE O EMPREGO DE ANTIBIÓTICOS RESISTÊNCIA MICROBIANA A DROGAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NOÇÕES SOBRE O EMPREGO DE ANTIBIÓTICOS RESISTÊNCIA MICROBIANA A DROGAS."— Transcrição da apresentação:

1 NOÇÕES SOBRE O EMPREGO DE ANTIBIÓTICOS RESISTÊNCIA MICROBIANA A DROGAS

2 Antibióticos, quando usar? Tratamento de infecções instaladas Prevenção da instalação de infecções em pacientes susceptíveis

3 Dois antibióticos são melhores do que um? SULFAS: PABA Precursor Sulfonilamida Sinergismo de Ácido drogas - diidropteróico sulfametoxazol + trimetoprim Síntese de Ácido fólico nucleosídeos (Bactrim®) e alguns aminoácidos Trimetoprim

4 Dois antibióticos são melhores do que um? Antagonismo - depende do mecanismos de ação Bactericida X Bacteriostático Ex.:inibição do metabolismo Ex.:ação na síntese e crescimento da parede celular

5 Profilaxia de infecções sistêmicas Procedimento passível de lesar mucosa recoberta por grande número de bactérias: BACTEREMIA TRANSITÓRIA Uso profilático de antimicrobianos para prevenir infecção em situações de risco - Reduzir o risco de infecções - Controle da infecção pós-cirúrgica

6 Aplicações da profilaxia antibiótica Prevenção de doenças sistêmicas: - Endocarditeproteses valvares, defeitos cardíacos congênitos, história de febre reumática, cardiomiopatia hipertrófica - Infecção de próteses articulares - Imunossupressão

7 Eficácia da drogas antimicrobianas Fatores do antimicrobiano escolhido Drogas bacteriostáticas: - dependem do crescimento contínuo das bactérias -inibição reversível - resistência -Interrupção da produção de toxinas por uma bacteriostático inibidor de síntese protéica -Drogas bactericidas: - Morte irreversível das células bacterianas - Mais eficazes que os bacteriostáticos.

8 RESISTÊNCIA

9 Resistência microbiana a drogas Resistência natural Resistência adquirida - seleção por antibioticoterapia Alterações genéticas estáveis - transferência para novas gerações

10 Como ocorre a resistência? Pressão seletiva Antibioticoterapia R R R R Morte das sensíveis R R Proliferação das resistentes R R R

11 Processos de aquisição de resistência Alterações genéticas: Mutação (freqüência de 10 5 a 10 9 divisões) Transferência de material Fator R genético: Conjugação (plasmídeo de Resistência - fator R) Transformação (DNA livre) Transdução (infecção por Cromossomo fagos)

12 Mecanismos de resistência

13 Drogas e mecanismos de resistência Penicilinas e Cefalosporinas produção de beta-lactamase e afinidade com proteínas de ligação Tetraciclinas da captação e eliminação ativa Aminoglicosideos alteração da molécula, captação e da afinidade dos ribossomas Sulfonamidas produção de PABA, inativação da droga

14 Drogas e mecanismos de resistência Cloranfenicol modificação enzimática, redução da afinidade dos ribossomas e redução da captação Macrolídeos afinidade de ligação dos ribossomas, redução da captação, hidrólise Fluoroquinolonas redução da captação, diminuição da afinidade de ligação da DNA-girase.

15 Resistência cruzada Resistência a todas as drogas de um mesmo grupo Resistente a S. aureus produtor de Penicilina G penicilinase (beta- lactamases) Resistência cruzada a todos os derivados de Penicilina, susceptíveis a ação das penicilinases!!!

16 Seleção da droga antimicrobiana a ser empregada

17

18

19 Qual a real necessidade do Antibiograma?

20

21 E-

22 Método de diluição em caldo

23

24 Uso Racional de antibioticoterapia Necessidade bem estabelecida de tratamento Administração sistêmica ao invés de tópica Dose e período de tratamento adequados Tratamento múltiplo (tuberculose) Testes de susceptibilidade bacteriana aos antibióticos

25

26

27 Questões 1) Explique o que é resistência natural e resistência adquirida. 2) Quais os meios pelos quais um microrganismo adquire resistência a um ou mais antibióticos? 3) Explique os principais mecanismos de resistência aos antibióticos citando exemplos de drogas que se enquadram em cada um deles.

28 Eficácia da drogas antimicrobianas Farmacocinética - local da infecçãopenetração e concentração da droga - tempo de meia-vidaeliminação Fatores do hospedeiro - efeitos colateraisdose tóxica / dose eficaz = índice terapêutico - condições clínicas do paciente e gravidade da infecção - alergias Fatores do microrganismo - susceptibilidade do alvo


Carregar ppt "NOÇÕES SOBRE O EMPREGO DE ANTIBIÓTICOS RESISTÊNCIA MICROBIANA A DROGAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google