A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Prof. Dr. Corlett, F.M.F Pomar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Prof. Dr. Corlett, F.M.F Pomar."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Prof. Dr. Corlett, F.M.F Pomar

2 É o conjunto de árvores conduzidas racionalmente com objetivo de se obter o melhor rendimento possível de uma ou mais espécies de fruteiras.

3 Pomar Tem por objetivo a produção de frutas em seu estado natural para consumo fresco bem como fornecimento de matéria prima para a indústria (FACHINELLO et al., 2008).

4 Classificação geral dos pomares Pomares domésticos: são aqueles pomares próximos às residências, para atender às necessidades familiares, sem interesse de lucro. –Possuem ampla variedade de espécies, apresentando produção o ano todo, e também com finalidade ornamental e terapêutica.

5 Classificação geral dos pomares Pomares didáticos: são aqueles que encontram-se em estabelecimentos de ensino, com objetivo de gerar conhecimento prático aos alunos. –Deve possuir ampla gama de espécies e variedades, para comparações de produção e técnicas de condução. –Possui tanto aspectos positivos como negativos de um pomar, para fins didáticos. –Também não possui fins lucrativos. Ex: CAVG

6 Classificação geral dos pomares Pomares experimentais ou de pesquisa: são aqueles que encontram-se em órgãos de pesquisa responsáveis pelas novas variedades, práticas sanitárias e pesquisas genéticas. –Geralmente possuem custos bastante onerosos. Ex: Embrapa, UFPel.

7 Classificação geral dos pomares Pomares comerciais: são aqueles que possuem grandes extensões, sendo a sua produção explorada diretamente pelo produtor. –São considerados os fatores de apresentação e qualidade do fruto final. –Ex: Feiras Livres e Mercados

8 Classificação geral dos pomares Pomares Industriais: são aqueles que além de possuírem grandes extensões visam lucro e tem por finalidade fornecer matéria prima para a indústria, sendo, portanto, os aspectos de qualidade e apresentação, não tão valorizados, sendo a quantidade o fator de maior interesse.

9 Classificação quanto a constituição dos pomares Pomares Extremes: quando formados por uma única espécie de fruteiras.

10 Classificação quanto a constituição dos pomares Pomares Consorciados: quando formado de duas ou mais espécies de fruteiras. –E podem ser absolutos, quando as espécies possuem mesma duração econômica, ou temporário, quando a duração econômica das espécies é diferente.

11 Classificação quanto a constituição dos pomares Pomares Mistos: são aqueles em que se exploram outras atividades agrícolas como apicultura, avicultura ou olericultura.

12 Classificação quanto ao Sistemas de Exploração dos pomares Sistema Intensivo: nesse sistema, o produtor explora intensivamente uma área, utilizando: –tecnologia, trabalhos, técnicas e capital em grande quantidade; –visando maior produção com qualidade e padronização. –é encontrada principalmente em pomares pequenos.

13 Classificação quanto ao Sistemas de Exploração dos pomares Sistema Extensivo: nessa sistema ocorre o uso de tecnologia, técnicas e trabalhos, se torna minorizado em função da grande área utilizada, sendo principalmente visada à quantidade em detrimento da qualidade e padronização. – A sua produção é utilizada principalmente para doces e sucos.

14 Por hoje é só!!!


Carregar ppt "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IF – SUL – RIO - GRANDENSE CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA Prof. Dr. Corlett, F.M.F Pomar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google