A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relação entre uso de preservativo e conhecimento de formas de evitar a AIDS. Uma análise em dois períodos do tempo para a população nascida no período.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relação entre uso de preservativo e conhecimento de formas de evitar a AIDS. Uma análise em dois períodos do tempo para a população nascida no período."— Transcrição da apresentação:

1 Relação entre uso de preservativo e conhecimento de formas de evitar a AIDS. Uma análise em dois períodos do tempo para a população nascida no período 1963 – 1982 em Moçambique. Mario E. Piscoya Díaz Helder dos Santos Augusto CEDEPLAR - UFMG

2 Introdução A epidemia de AIDS em Moçambique passa por um momento critico. A epidemia de AIDS em Moçambique passa por um momento critico. Segundo Nações Unidas, tem se observado um aumento nos níveis de prevalência de 11% no ano 2000, para 16% no ano 2004 entre as mulheres grávidas nas idades anos (UNAIDS, 2006). Segundo Nações Unidas, tem se observado um aumento nos níveis de prevalência de 11% no ano 2000, para 16% no ano 2004 entre as mulheres grávidas nas idades anos (UNAIDS, 2006).

3 Introdução O governo de Moçambique conjuntamente com instituições internacionais, e ONG´s tem desenvolvido programas educacionais e campanhas na mídia. O objetivo é informar aos cidadãos sobre as formas de contagio e prevenção do HIV/AIDS com a finalidade que esse conhecimento traga mais argumentos que possam favorecer a mudança de comportamento sexual de risco, o qual contribuirá no controle da disseminação da epidemia. O governo de Moçambique conjuntamente com instituições internacionais, e ONG´s tem desenvolvido programas educacionais e campanhas na mídia. O objetivo é informar aos cidadãos sobre as formas de contagio e prevenção do HIV/AIDS com a finalidade que esse conhecimento traga mais argumentos que possam favorecer a mudança de comportamento sexual de risco, o qual contribuirá no controle da disseminação da epidemia.

4 Introdução As vias principais de transmissão do vírus em Moçambique são as relações heterossexuais e de mãe para filho (UNAIDS 2006), pelo que um conhecimento maior sobre a doença, formas de transmissão e como ela pode ser evitada, são importantes na auto-avaliação do risco de ser infectado e, portanto, aumentar a probabilidade de uso de preservativo. As vias principais de transmissão do vírus em Moçambique são as relações heterossexuais e de mãe para filho (UNAIDS 2006), pelo que um conhecimento maior sobre a doença, formas de transmissão e como ela pode ser evitada, são importantes na auto-avaliação do risco de ser infectado e, portanto, aumentar a probabilidade de uso de preservativo.

5 Introdução Na literatura referente a conhecimento de HIV/AIDS e uso de preservativo, existe uma divergencia nos resultados. Por exemplo, Leonard et al (2000) encontro uma associação positiva entre conhecimento e uso de preservativo no Senegal. No entanto, Zellner (2003) não encontro aquela associação na Costa do Marfim. Na literatura referente a conhecimento de HIV/AIDS e uso de preservativo, existe uma divergencia nos resultados. Por exemplo, Leonard et al (2000) encontro uma associação positiva entre conhecimento e uso de preservativo no Senegal. No entanto, Zellner (2003) não encontro aquela associação na Costa do Marfim. Independente desta divergencia, ressalta-se que não há como mudar o comportamento ou adotar um novo comportamento sem que se tenha informação. O conhecimento não é um preditor da mudança, mas é condição necessária para que esta ocorra. Independente desta divergencia, ressalta-se que não há como mudar o comportamento ou adotar um novo comportamento sem que se tenha informação. O conhecimento não é um preditor da mudança, mas é condição necessária para que esta ocorra.

6 Objetivo O objetivo deste estudo é verificar a relação existente entre o conhecimento das principais formas de evitar a HIV/AIDS e a conduta sexual de risco dos homens e mulheres sexualmente ativos nascidos entre 1963 – 1982 em Moçambique em dois períodos de tempo diferentes. O objetivo deste estudo é verificar a relação existente entre o conhecimento das principais formas de evitar a HIV/AIDS e a conduta sexual de risco dos homens e mulheres sexualmente ativos nascidos entre 1963 – 1982 em Moçambique em dois períodos de tempo diferentes.

7 Dados e Métodos Dados da DHS 1997 e da DHS 2003 realizadas em Moçambique. Especificamente a seção de informação sobre AIDS (Formas de evitar a AIDS) Dados da DHS 1997 e da DHS 2003 realizadas em Moçambique. Especificamente a seção de informação sobre AIDS (Formas de evitar a AIDS) Indivíduos considerados: Indivíduos considerados: Homens e mulheres nascidos entre 1963 – 1982 sexualmente ativos que escutaram falar de AIDS. Homens e mulheres nascidos entre 1963 – 1982 sexualmente ativos que escutaram falar de AIDS. DHSIdade Homens N = Mulheres N =

8 Dados e Métodos: Variáveis Consideradas Demográficas: Demográficas: Local de Residência. (Rural/Urbana) Local de Residência. (Rural/Urbana) Educação (em anos) Educação (em anos) Situação conjugal. Situação conjugal. Comportamento sexual: Comportamento sexual: Uso de preservativo no último intercurso sexual. Uso de preservativo no último intercurso sexual. Número de parceiros sexuais (incluindo o atual parceiro) nos 12 meses anteriores ao inquérito. Número de parceiros sexuais (incluindo o atual parceiro) nos 12 meses anteriores ao inquérito. Associadas ao AIDS. Associadas ao AIDS. Risco a contrair AIDS (auto declarada). Risco a contrair AIDS (auto declarada). Indicador de conhecimento de formas de evitar o AIDS. Indicador de conhecimento de formas de evitar o AIDS.

9 Dados e Métodos O indicador de conhecimento de formas de evitar AIDS foi construído usando quesitos comuns a ambos inquéritos. Os quesitos utilizados foram: O indicador de conhecimento de formas de evitar AIDS foi construído usando quesitos comuns a ambos inquéritos. Os quesitos utilizados foram: Abstinência Sexual. Abstinência Sexual. Uso de Preservativo. Uso de Preservativo. Ter somente um parceiro sexual. Ter somente um parceiro sexual. Evitar relações sexuais com trabalhadoras do sexo Evitar relações sexuais com trabalhadoras do sexo Evitar transfusões de sangue. Evitar transfusões de sangue.

10 Dados e Métodos Se o individuo tinha conhecimento era atribuído o valor 1, caso contrário o valor 0. O escore final para cada indivíduo foi calculado como a soma dos pontos em cada questão considerada. Se o individuo tinha conhecimento era atribuído o valor 1, caso contrário o valor 0. O escore final para cada indivíduo foi calculado como a soma dos pontos em cada questão considerada. Entre 0 – 2 pontos: Nenhum/Baixo Entre 0 – 2 pontos: Nenhum/Baixo Entre 3 – 5 pontos: Moderado/Alto Entre 3 – 5 pontos: Moderado/Alto Variável situação conjugal: Variável situação conjugal: Nunca em união. Nunca em união. Alguma vez em união (casados, divorciados, separados morando ou não no mesmo domicilio, viúvos). Alguma vez em união (casados, divorciados, separados morando ou não no mesmo domicilio, viúvos).

11 Análise Estatísticas descritivas da população em estudo, tanto para o período 1997 como para Estatísticas descritivas da população em estudo, tanto para o período 1997 como para Análise bivariada entre o uso de preservativo no último intercurso sexual e cada uma das variáveis consideradas.(odds ratio) Análise bivariada entre o uso de preservativo no último intercurso sexual e cada uma das variáveis consideradas.(odds ratio) Regressão Logística multivariada para verificar a relação entre o uso de preservativo no último intercurso sexual e o indicador de conhecimento de formas de evitar a AIDS controlando por variáveis sócio demográficas. Regressão Logística multivariada para verificar a relação entre o uso de preservativo no último intercurso sexual e o indicador de conhecimento de formas de evitar a AIDS controlando por variáveis sócio demográficas.

12 Resultados: Nascidos 1973 – 1982 Características Demográficas

13

14

15 Resultados: Nascidos 1973 – 1982 Comportamento Sexual.

16 Resultados: Nascidos 1973 – 1982 Características relacionadas à HIV/AIDS

17

18 Resultados: Nascidos 1963 – 1972 Comportamento Sexual

19 Resultados: Nascidos 1963 – 1972 Características relacionadas à HIV/AIDS

20

21 Análise Bivariada: Odds Ratio para uso de preservativo no último intercurso sexual segundo características demográficas. Nascidos entre 1973 – 1982

22 Análise Bivariada: Odds Ratio para uso de preservativo no último intercurso sexual segundo características de Comportamento Sexual. Nascidos entre 1973 – 1982

23 Análise Bivariada: Odds Ratio para uso de preservativo no último intercurso sexual segundo características Relacionadas à AIDS. Nascidos entre 1973 – 1982

24 Análise Bivariada: Odds Ratio para uso de preservativo no último intercurso sexual segundo características demográficas. Nascidos entre 1963 – 1972

25 Análise Bivariada: Odds Ratio para uso de preservativo no último intercurso sexual segundo características de Comportamento Sexual. Nascidos entre 1963 – 1972

26 Análise Bivariada: Odds Ratio para uso de preservativo no último intercurso sexual segundo características Relacionadas à AIDS. Nascidos entre 1963 – 1972

27 Odds Ratio estimados para o uso de preservativo no último intercurso sexual, controlando por características selecionadas. Nascidos:

28 Odds Ratio estimados para o uso de preservativo no último intercurso sexual, controlando por características selecionadas. N ascidos: 1973 – 1982 (continuação)

29 Odds Ratio estimados para o uso de preservativo no último intercurso sexual, controlando por características selecionadas. Nascidos:

30 Odds Ratio estimados para o uso de preservativo no último intercurso sexual, controlando por características selecionadas. Nascidos: (cont.)

31 Conclusões Controlando por características sociais e demográficas, foi verificada a relação entre o conhecimento das formas de evitar o AIDS e o uso de preservativo no último intercurso sexual nos homens sexualmente ativos nascidos entre 1963 – 1972 na amostra DHS Controlando por características sociais e demográficas, foi verificada a relação entre o conhecimento das formas de evitar o AIDS e o uso de preservativo no último intercurso sexual nos homens sexualmente ativos nascidos entre 1963 – 1972 na amostra DHS A população da área urbana teve uma maior chance a usar preservativos que a população da área rural. A população da área urbana teve uma maior chance a usar preservativos que a população da área rural. Existe uma associação positiva entre a educação e o uso de preservativo. Existe uma associação positiva entre a educação e o uso de preservativo. O percentual de pessoas com conhecimento nenhum/baixo (em nosso indicador) foi elevado em ambas amostras. O percentual de pessoas com conhecimento nenhum/baixo (em nosso indicador) foi elevado em ambas amostras.


Carregar ppt "Relação entre uso de preservativo e conhecimento de formas de evitar a AIDS. Uma análise em dois períodos do tempo para a população nascida no período."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google