A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Surgimento do Alfabeto O desenvolvimento da linguagem Com o desenvolvimento natural de sua capacidade cognitiva, e na busca pela sobrevivência, o homem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Surgimento do Alfabeto O desenvolvimento da linguagem Com o desenvolvimento natural de sua capacidade cognitiva, e na busca pela sobrevivência, o homem."— Transcrição da apresentação:

1 O Surgimento do Alfabeto O desenvolvimento da linguagem Com o desenvolvimento natural de sua capacidade cognitiva, e na busca pela sobrevivência, o homem viu-se obrigado a unir-se a outros da mesma espécie, criando pequenas comunidades nômades que, por necessidade, estabeleciam uma interação, uma comunicação, entre eles. No início, todos os recursos imaginativos e criativos eram usados, a fim de se fazer entender pelos outros. Os fatos de interesse – o resultado da caça ou da pesca, a aproximação de inimigos; eram transmitidos e interpretados com regularidade e frequência.

2 O Surgimento do Alfabeto O desenvolvimento da linguagem Os gestos e as atitudes predominavam no princípio da comunicação; a linguagem oral pouco ajudava no entendimento das mensagens entre os indivíduos. Mas, com o passar do tempo, foi-se estabelecendo um código de sons e seus significados comuns a determinado grupo, facilmente interpretados pelos demais. Importante é entender que, com esses informes, a comunidade tomava essa ou aquela providência – uma mudança de comportamento advinda da comunicação.

3 O Surgimento do Alfabeto O desenvolvimento da linguagem Cena do filme 2001: Uma Odisséia no Espaço (2001: A Space Odyssey | Diretor: Stanley Kubrick)

4 O Surgimento do Alfabeto A revolução da linguagem O desenvolvimento dos primeiros desenhos e da pintura deu início a um outro processo de comunicação, no qual o homem não seria mais diretamente vinculado à mensagem. Utilizando-se do meio: barro, pedras, cascas de árvores; o homem passou a registrar os fatos, que ali ficavam, para serem depois interpretados, sem que houvesse a necessidade da presença do autor. Isso ampliou a possibilidade de comunicação, não só entre os componentes dos grupos humanos primitivos, mas entre eles e os outros grupos, e entre esses e as futuras gerações.

5 A linguagem escrita Os primeiros registros feitos pelo homem para expressar suas idéias vieram através de figuras rudimentares. A esta forma de escrita dá-se o nome de Pictografia, ou descrição pintada. Era uma escrita figurada, fixada nas paredes das cavernas, que registrava fatos e coisas materiais com o máximo de realidade possível. O Surgimento do Alfabeto

6 A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto

7 A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto

8 A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto Os primeiros desenhos foram descobertos na Caverna de Altamira, na Espanha. Mas os desenhos mais antigos estão localizados na Caverna de Chauvet, na França.

9 Com o tempo, os desenhos passaram a ser expressos através de símbolos, mais simples de serem criados, dando a outras pessoas a possibilidade de registrarem suas informações. A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto

10 Com o tempo, os desenhos passaram a ser expressos através de símbolos, mais simples de serem criados, dando a outras pessoas a possibilidade de registrarem suas informações. A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto

11 Os desenhos, as vezes, funcionavam como signos convencionais, correspondentes a determinadas expressões, sugerindo outras ideias, que não aquilo que o próprio desenho significava. Cada desenho passou a ter um significado, por onde também o abstrato poderia ser representado. A linguagem escrita = bisão = caça O Surgimento do Alfabeto

12 Os desenhos, as vezes, funcionavam como signos convencionais, correspondentes a determinadas expressões, sugerindo outras ideias, que não aquilo que o próprio desenho significava. Cada desenho passou a ter um significado, por onde também o abstrato poderia ser representado. A linguagem escrita = SOL = tempo de luz entre duas luas, significando dia. O Surgimento do Alfabeto

13 Foi o surgimento da Ideografia – uma forma de escrita onde o desenho passa a ser um ícone, e deixa de ser representativo daquilo que existe para adotar um significado próprio, muitas vezes diferente daquilo que representava. Ao lado, um hieróglifo Egípcio – a escrita sagrada dos antigos egípcios. A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto

14 A linguagem escrita Os signos do sistema de escrita egípcio. O Surgimento do Alfabeto

15 Mais tarde, os egípcios adotaram outro tipo de sinal, a partir dos ideogramas: os fonogramas. Eles representavam sons, geralmente advindos do primitivo sentido do signo. A linguagem escrita O Surgimento do Alfabeto

16 Como funcionavam os fonogramas: A linguagem escrita = SOL: sentido primitivo da representação = DIA: ideia representada pelo desenho = TRANSLITERAÇÃO: O O Surgimento do Alfabeto

17 Como funcionavam os fonogramas: A linguagem escrita Na representação fonética, recebe o som de sol O Na representação dos ideogramas indicava sol ou dia O Surgimento do Alfabeto

18 Como funcionavam os fonogramas: A linguagem escrita = DADO: sentido primitivo da representação = JOGO: ideia representada pelo desenho = TRANSLITERAÇÃO: [ ] O Surgimento do Alfabeto

19 Como funcionavam os fonogramas: A linguagem escrita Na representação fonética, recebe o som de dado [ ] Na representação dos ideogramas indicava dado ou jogo O Surgimento do Alfabeto

20 Como funcionavam os fonogramas: A linguagem escrita O [ ] = O Surgimento do Alfabeto

21 As figuras então passaram a reproduzir não só o seu sentido visual, mas também a sua expressão sonora – esse é o aparecimento do Fonetismo. Fonetismo que, muito depois, sugeriu a decomposição da palavra em sílabas, ou seja, um conjunto de sons. É o surgimento do sistema Silábico da expressão escrita. A linguagem escrita O (sol) [ (da) ] (do) O[ (solda) O Surgimento do Alfabeto

22 A linguagem escrita Informações que detalham o tratamento da asma no antigo Egito O Surgimento do Alfabeto

23 A linguagem escrita Assim surgiram alguns dos primeiros sistemas de escrita – na Babilônia, usava- se a escrita cuneiforme, e no Egito, a escrita hieroglífica. O Surgimento do Alfabeto

24 A linguagem escrita Mas coube aos fenícios a tarefa de substituir os complicados signos gráficos por letras. O Surgimento do Alfabeto

25 A criação do Alfabeto Na escrita hieroglífica egípcia, o mesmo som era utilizado em várias palavras, o que por inúmeras vezes tornava-se uma tarefa difícil interpretar o que se escrevia e que era passado pelos sacerdotes. Grandes navegadores que eram, os fenícios recolheram vários elementos culturais de outros lugares, inclusive o sistema de escrita dos egípcios. A partir dos signos egípcios então, eles desenvolveram outros signos, que correspondessem às articulações fundamentais de sua própria língua. O Surgimento do Alfabeto

26 A criação do Alfabeto A partir dos fonogramas egípcios, por exemplo, eles encontraram: Desenho que representava o mesmo som utilizado pelos fenícios para o fonema a O Surgimento do Alfabeto

27 A criação do Alfabeto A partir dos fonogramas egípcios, por exemplo, eles encontraram: Substituido por O Surgimento do Alfabeto

28 A criação do Alfabeto A partir dos fonogramas egípcios, por exemplo, eles encontraram: Desenho que representava o mesmo som utilizado pelos fenícios para o fonema b O Surgimento do Alfabeto

29 A criação do Alfabeto A partir dos fonogramas egípcios, por exemplo, eles encontraram: Substituído por O Surgimento do Alfabeto

30 A criação do Alfabeto Assim, os fenícios substituiram os complicados signos gráficos egípcios por letras – sinais gráficos que representavam os fonemas da língua fenícia; um sistema de 22 letras em que o mesmo símbolo representava sempre o som idêntico em qualquer palavra. O Surgimento do Alfabeto

31 O Alfabeto Fenício O Surgimento do Alfabeto

32 Foi também através da navegação que os fenícios introduziram este sistema em outras regiões do Mediterrâneo, e entre eles, a Grécia. O Alfabeto Fenício Fenícia Grécia O Surgimento do Alfabeto

33 Por sua vez, os gregos, muito respeitadores da ordem e do equilíbrio, viram-se na obrigação de dar qualidade arquitetônica à esta nova escrita. Apropriaram-se de 16 desses símbolos fenícios, de acordo com seus respectivos fonemas. O Alfabeto Grego transformaram em A = alpha O Surgimento do Alfabeto

34 Por sua vez, os gregos, muito respeitadores da ordem e do equilíbrio, viram-se na obrigação de dar qualidade arquitetônica à esta nova escrita. Apropriaram-se de 16 desses símbolos fenícios, de acordo com seus respectivos fonemas. O Alfabeto Grego transformaram em B = beta O Surgimento do Alfabeto

35 Ao contrário do que aconteceu no Egito, este sistema logo passou ao domínio público, e os poetas e filósofos não pararam de tentar melhorar a forma das letras existentes, e acrescentar outras para conseguir as representações sonoras de sua própria língua – num total de 24. Devido ao trabalho de cinzelamento na pedra, por exemplo (não havia papel naquela época), eles tornaram a letra triangular, de aparência nobre. O Alfabeto Grego A O Surgimento do Alfabeto

36 Ao contrário do que aconteceu no Egito, este sistema logo passou ao domínio público, e os poetas e filósofos não pararam de tentar melhorar a forma das letras existentes, e acrescentar outras para conseguir as representações sonoras de sua própria língua. Devido ao trabalho de cinzelamento na pedra, por exemplo (não havia papel naquela época), eles tornaram a letra triangular, de aparência nobre. Foram os gregos também que instituíram as letras minúsculas e o uso da serifa, para o bom alinhamento dos textos. O Surgimento do Alfabeto O Alfabeto Grego

37 O Surgimento do Alfabeto

38 Alfabeto: palavra de origem grega ( alphabetos ), constituída pelas duas primeiras letras do alfabeto grego, que significa um conjunto de letras usadas para escrever. O Surgimento do Alfabeto

39 Influência da ordem cultural grega, o alfabeto foi então difundido pelo Império Romano. O Alfabeto Romano Fenícia Grécia Império Romano O Surgimento do Alfabeto

40 Os romanos tiveram muita influência cultural advinda de outros povos, por conta da expansão de seu império, e a escrita grega foi um desses elementos. Porém, os romanos não eram tão ligados aos fatores estéticos característicos dos gregos, e assim a sua escrita diferenciou-se um tanto de seu original. Era uma escrita de característica nervosa e extravagante, com letras esguias e angulosas, que não usava separação de palavras ou pontuação. O Alfabeto Romano O Surgimento do Alfabeto

41 O Alfabeto Romano O Surgimento do Alfabeto

42 Só depois de 500 anos, o alfabeto romano começou a se transformar e evoluir, com separação entre palavras e letras acentuadamente quadradas. Ao final deste processo, defini-se o alfabeto latino, o mais usado em todo o mundo até hoje. O Alfabeto Romano O Surgimento do Alfabeto

43 // prof. andrelobo O Surgimento do Alfabeto


Carregar ppt "O Surgimento do Alfabeto O desenvolvimento da linguagem Com o desenvolvimento natural de sua capacidade cognitiva, e na busca pela sobrevivência, o homem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google