A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PIB TRIMESTRAL Bahia – 4º Trimestre de 2009 Bahia – 4º Trimestre de 2009 EMPREGO FORMAL NA BAHIA PRINCIPAIS RESULTADOS DA RAIS 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PIB TRIMESTRAL Bahia – 4º Trimestre de 2009 Bahia – 4º Trimestre de 2009 EMPREGO FORMAL NA BAHIA PRINCIPAIS RESULTADOS DA RAIS 2009."— Transcrição da apresentação:

1 PIB TRIMESTRAL Bahia – 4º Trimestre de 2009 Bahia – 4º Trimestre de 2009 EMPREGO FORMAL NA BAHIA PRINCIPAIS RESULTADOS DA RAIS 2009

2 Em 31/12/2009, foi registrado um estoque de cerca de 2 milhões de empregos formais ( ); Em 2008, a Bahia ocupava o sexto lugar em termos da maior variação absoluta do estoque de empregos do país. Já em 2009, passou para a quarta posição; Entre 2006 e 2009, a Bahia criou 318 mil empregos, o equivalente a um aumento de 19% em relação ao estoque de dezembro do início do período. Principais resultados: Bahia

3 Evolução do estoque de empregos em 31/12 Brasil e Grandes Regiões – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

4 Variação percentual do estoque de empregos em 31/12 Brasil e Grandes Regiões – , e Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

5 Evolução do estoque de empregos em 31/12 Brasil, Nordeste e Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

6 Variação percentual do estoque de empregos em 31/12 Brasil, Nordeste e Bahia – , e Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

7 Evolução do estoque de empregos em 31/12 Estados nordestinos – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

8 Variação percentual do estoque de empregos em 31/12 Estados nordestinos – , e Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

9 Evolução do estoque de empregos em 31/12 Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

10 Participação relativa do estoque de empregos em 31/12, segundo o setor de atividade Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

11 Variação percentual do estoque de empregos em 31/12, segundo o setor de atividade Brasil, Nordeste e Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

12 Variação percentual do estoque de empregos em 31/12, segundo o setor de atividade Ceará, Pernambuco e Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

13 Participação relativa do estoque de empregos em 31/12, segundo o sexo Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

14 Participação relativa do estoque de empregos em 31/12, segundo a faixa etária Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

15 Participação relativa do estoque de empregos em 31/12, segundo o grau de instrução Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

16 Variação percentual do estoque de empregos em 31/12, segundo o grau de instrução Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

17 Participação relativa do estoque de empregos em 31/12, por grau de instrução, segundo o sexo Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes.

18 Participação relativa do estoque de empregos em 31/12, segundo o tipo de vínculo Estados nordestinos – 2009 Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes BrasilNordesteMaranhãoPiauíCearáRio Grande do Norte ParaíbaPernambucoAlagoasSergipeBahia Celetista (%) 79,869,361,061,874,865,454,974,368,567,571,5 Estatutário (%) 20,230,739,038,225,234,645,125,731,532,528,5

19 Evolução do rendimento médio em dezembro Bahia, Nordeste e Brasil – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes. Nota: Valores corrigidos a preços reais de dezembro de 2009, com base no INPC.

20 Evolução do rendimento médio em dezembro Estados nordestinos – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes. Nota: Valores corrigidos a preços reais de dezembro de 2009, com base no INPC.

21 Evolução do rendimento médio em dezembro, segundo o sexo Bahia – Fonte: MTE-RAIS. Dados sistematizados pela SEI/Dipeq/Copes. Nota: Valores corrigidos a preços reais de dezembro de 2009, com base no INPC.

22 Remuneração média em dezembro, em reais, a preços de dez. 2009, segundo os subsetores de atividade (1) Bahia – 2008 e 2009 Fonte: RAIS - Dec /75. Elaboração: CGET/DES/SPPE/MTE. (1) Deflator: INPC. Obs.: as informações de ignorado estão incorporados no Total.

23 Remuneração média de dezembro, em reais, a preços de dez. 2009, segundo o tamanho do estabelecimento (1) Bahia – 2008 e 2009 Tamanho do estabelecimento Var. Rel. (%) Até 4 vínculos ativos619,53656,125,91 De 5 a 9 vínculos ativos719,89764,406,18 De 10 a 19 vínculos ativos832,83879,135,56 De 20 a 49 vínculos ativos995, ,672,79 De 50 a 99 vínculos ativos1.156, ,203,01 De 100 a 249 vínculos ativos1.372, ,527,29 De 250 a 499 vínculos ativos1.305, ,486,46 De 500 a 999 vínculos ativos1.312, ,989, ou mais vínculos ativos1.781, ,75-2,34 Total1.259, ,943,47 Fonte: RAIS - Dec /75. Elaboração: CGET/DES/SPPE/MTE. (1) Deflator: INPC.

24 Elaboração Coordenação de Pesquisas Sociais (Copes) Diretoria de Pesquisas (Dipeq) Equipe técnica: Flávia Rodrigues Lucas Lima Carlos Marlon Costa (estagiário)


Carregar ppt "PIB TRIMESTRAL Bahia – 4º Trimestre de 2009 Bahia – 4º Trimestre de 2009 EMPREGO FORMAL NA BAHIA PRINCIPAIS RESULTADOS DA RAIS 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google