A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Serviço de Atendimento a Rede de Escolarização Hospitalar 2010 – 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Serviço de Atendimento a Rede de Escolarização Hospitalar 2010 – 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Serviço de Atendimento a Rede de Escolarização Hospitalar 2010 – 2012

2 Procedimentos e documentação para Processo de Profº de Atendimento Domiciliar (critérios de abertura de suprimento) Ofício do (a) diretor (a) da escola de origem endereçado a Diretora do DEEIN – (Departamento de Educação Especial e Inclusão Educacional) Walquíria Onete Gomes, requerendo o professor de atendimento pedagógico domiciliar – SAREH. Atestado ou laudo médico contendo o período de afastamento (mínimo 90 dias) e a necessidade de contratação de professor para o Atendimento Pedagógico Domiciliar.

3 Procedimentos e documentação para Processo de Atendimento Domiciliar (critérios de abertura de suprimento) Relatório Pedagógico da escola com a descrição dos encaminhamentos já realizados com o (a) aluno (a) (registros que foram enviados os exercícios domiciliares); Cópia da Ata da Reunião. Análise e parecer do responsável pelo SAREH/NRE sobre a necessidade do atendimento após visita in loco;

4 Procedimentos e documentação para Processo de Atendimento Domiciliar Informar os códigos do município e da escola para abertura de demanda. seleção pelo NRE para provimento de vaga de professores para o atendimento domiciliar, conforme critérios específicos.* NRE anexa a documentação pessoal (cópia do RG e contracheque) e graduação do (s) professor (s) selecionado (s).

5 Critérios para seleção do professor(a) Ser professor(a) do QPM com demanda em aberto para aulas extraordinárias. Ser professor(a) PSS com demanda em aberto. Ter experiência prioritária como docente em ambiente hospitalar. Ter especialização na área de Educação e/ou Educação Especial.

6 Critérios para seleção do professor(a) Aspectos a se considerar: a) Para os alunos de 6º ano poderá ser somente um professor, para 7º, 8º, 9º ano e Ensino Médio deverá ser contratado 3 professores de acordo com os eixos: 4h/a + 1h/atividade: Área de Exatas (Matemática, Ciências, Biologia, Química ou Física); 4h/a + 1h/atividade: Área de Linguagens (Língua Portuguesa, Inglês (LEM), Arte ou Educação Física); 4h/a + 1h/atividade: Área de Humanas (História, Geografia, Filosofia, Sociologia ou Ensino Religioso.

7 Critérios para seleção do professor(a) b) Para os alunos de 1º ao 3º ano do Esnino Médio deverá ser contratado 3 professores de acordo com os eixos: 5h/a + 1h/atividade: Área de Exatas (Matemática, Ciências, Biologia, Química ou Física); 5h/a + 1h/atividade: Área de Linguagens (Língua Portuguesa, Inglês (LEM), Arte ou Educação Física); 5h/a + 1h/atividade: Área de Humanas (História, Geografia, Filosofia, Sociologia ou Ensino Religioso.

8 c) Para os alunos de 1º ao 3º ano do Ensino Médio por Bloco deverá ser contratado 3 professores de acordo com os eixos: Bloco I 2horas/aula: Área de Exatas (Matemática, Ciências, Biologia, Química ou Física); 10h/a + 2h/atividade: Área de Linguagens (Língua Portuguesa, Inglês (LEM), Arte ou Educação Física); 4h/a + 1h/atividade: Área de Humanas (História, Geografia, Filosofia, Sociologia ou Ensino Religioso. Bloco II 10h/a + 2h/atividade: Área de Exatas (Matemática, Ciências, Biologia, Química ou Física); 2horas/a: Área de Linguagens (Língua Portuguula:Língua Portuguesa, Inglês (LEM), Arte ou Educação Física); 4h/a + 1h/atividade: Área de Humanas (História, Geografia, Filosofia, Sociologia ou Ensino Religioso.

9 d)Educação Especial: 1 (um) professor da Educação Especial – 16 horas para alunos matriculados nas Escolas de Educação Básica na Modalidade da Educação Especial: responder por todas as disciplinas da série, organizando e acompanhando os conteúdos e elaborando as atividades complementares referentes as áreas, por meio de projetos específicos levando em consideração a especificidade do aluno com deficiência. Em caso de alunos com deficiências, transtornos, altas habilidades/superdotação será ofertado o serviço de apoio especializado quando necessário. A solicitação deste profissional será feita ao Departamento de Educação Especial e Inclusão Educacional - DEEIN. e) Educação Profissional: havendo necessidade de Atendimento Domiciliar à alunos da Educação Profissional a solicitação será analisada conjuntamente com o Departamento de Educação e Trabalho – DET.

10 f) Aluno Indígena: havendo necessidade de suporte técnico ao professor de Atendimento Domiciliar (Atendimento Educacional Especializado) a solicitação do profissional que fará esse suporte será feita ao DEDI – Departamento da Diversidade, nos casos de alunos pertencentes à comunidades indígenas. g) face as necessidades e características pessoais dos alunos em atendimento, orienta-se por selecionar professores do sexo masculino, no caso de alunos, e do sexo feminino para atendimento de alunas;

11 Atribuições de um professor(a) de Atendimento Pedagógico Domiciliar Participar do planejamento junto aos professores de sala de aula, orientando-os quanto às necessidades do aluno. Ter conhecimento prévio dos conteúdos das matérias a serem trabalhadas com o aluno. Participar das atividades pedagógicas que envolvem o coletivo da Escola. Realizar hora atividade/diferenciada junto a escola de origem da criança quanto ao encaminhamento das disciplinas.

12 Local para o atendimento Faz-se necessário: o estabelecimento de interação entre professor(a), escola, família e instituição hospitalar a fim de definir o ambiente mais adequado para o atendimento.

13 Local para o atendimento Três espaços podem ser usados: Ambiente Escolar Ambiente Domiciliar Ambiente Hospitalar

14 Atribuições de um professor(a) de Atendimento Pedagógico Domiciliar Viabilizar a participação efetiva do aluno nas diferentes situações de aprendizagens e interação no contexto escolar e em atividades extra-classe.

15 Atribuições de um professor(a) de Atendimento Pedagógico Domiciliar Assinar folha ponto fornecida pela escola com visto do responsável pelo aluno. Cumprir e registrar as horas atividade juntamente com a pedagoga da escola de lotação. Elaborar relatório semestral sobre os conteúdos e atividades realizadas pelo(a) aluno(a).

16 Relatório Atendimento Preencher um livro de registro de classe com o acompanhamento dos atendimentos domiciliares. Acompanhamento do Pedagogo na escola de origem do(a) aluno(a). Acompanhamento do Responsável NRE Sareh.


Carregar ppt "Serviço de Atendimento a Rede de Escolarização Hospitalar 2010 – 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google