A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Ferramentas da Qualidade Profa. Nadir Radoll Cordeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Ferramentas da Qualidade Profa. Nadir Radoll Cordeiro."— Transcrição da apresentação:

1 1 Ferramentas da Qualidade Profa. Nadir Radoll Cordeiro

2 2 MASP como PDCA da Melhoria

3 3 Folha de Verificação O que é? Planilha para coleta e registro de dados Para que serve? Para facilitar a coleta, compilação e a análise dos dados relacionados a um processo (problema) em investigação. Equip. 2 Oper. A B C D 2º3º4º MTTTMM 1 II IIII II II III II I I I IEstratificação O que é? Separação dos dados sobre um problema em estratos (grupos) Para que serve? A coleta de dados estratificada possibilita uma melhor avaliação da situação, permitindo na análise identificar um problema principal ou uma causa fundamental por Local por Tipo por Tempo por Máquina por Operador

4 4 Folha de Verificação- Exemplo Erros de Digitação

5 5 Folha de Verificação- Exemplo

6 6 Folha de Verificação Erros de impressão na Gráfica

7 7 Gráfico de Pareto 80/20

8 8 80/20

9 9 Priorização dos Problemas do Processo Matriz GUT- Ponderação PRIORIDADE 1 PRIORIDADE 2 PRIORIDADE 3 GravidadeUrgênciaTendência Conseqüências se nada for feito Prazo para tomada de ação Proporção de problema no futuro

10 10 Priorização dos Problemas do Processo Matriz GUT- Ponderação

11 11 Inspeção Condições Locais Instrumento Deterioração Manutenção Fornecedores Fornecimento próprio Oficina Clima Físico Mental Informação Instrução Procedimento MÉTODO MÃO-DE-OBRA MEIO AMBIENTE MEIO AMBIENTE MATÉRIA-PRIMA MÁQUINA MEDIDA CAUSAS Fatores da Qualidade (Itens de Verificação) Características da Qualidade (Itens de Controle) PROCESSO AUTORIDADE RESPONSABILIDADE EFEITO Fonte: CAMPOS, V. F. TQC - Controle da Qualidade Total (no estilo japonês), FCO/UFMG (1992). Identifique aqui todas as possíveis causas do efeito indesejável Escreva o efeito a ser estudado

12 12 Brainstorming Tempestade de idéias Técnica para obtenção de idéias em reuniões com vários participantes. O que vale é a quantidade de idéias, independentemente de sua qualidade ou possibilidade de realização prática. O objetivo é ampliar o volume de idéias para discutir e resolver um problema. Regra básicas: Nunca criticar qualquer idéia

13 13

14 14

15 15 Representação gráfica da relação entre duas variáveis. O QUE É : Representação gráfica da relação entre duas variáveis. Para comprovar a existência ou não de relação entre duas variáveis (entre uma hipótese de causa fundamental e o efeito indesejável, por exemplo). PARA QUE SERVE: Para comprovar a existência ou não de relação entre duas variáveis (entre uma hipótese de causa fundamental e o efeito indesejável, por exemplo). Diagrama de Dispersão Pressão Temperatura

16 16 Histograma O que é ? è Digrama de barras que representa a distribuição da freqüência de uma população. Para que serve ? è Para verificar o comportamento de um processo em relação à especificação.

17 17

18 18 Histograma- Estratificado

19 19 Quando havia um trabalho importante para ser feito na empresa, TODO MUNDO estava certo que ALGUÉM faria. QUALQUER UM poderia ter feito, mas NINGUÉM fez. Quando NINGUÉM fez, ALGUÉM ficou nervoso porque isso era obrigação de TODO MUNDO. No final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito.

20 20 OBJETIVORESPPRAZOLOCALJUSTIF.PROCED.CUSTO Nestas colunas serão informadas: quando se pretende realizar a tarefa; onde será realizada; por que será realizada, como será feita e quanto custará. Nesta coluna deverá ser informado o nome de quem irá fazer a tarefa Nesta coluna deverá ser Informado o que se pretende fazer WHATWHOWHENWHEREWHYHOW HOW MUCH O Que?Quem ?Quando?Onde?Por Que ? Como ? Quanto custa? 5W2H

21 21 MEDIDA (WHAT) 3 - Treinar / Reciclar Leituristas e Eletricistas PLANO DE AÇÃO PROJETO: Reduzir o nº de contas refaturadas por grupo de consumidores META: Reduzir o NCR para 8,0 até DEZEMBRO/05 RESPONS: (WHO) 2 - Controlar a quantidade de canhotos do formulário ESTIVEMOS AQUI devolvidos PRAZO (WHEN) LOCAL ( WHERE) RAZÃO (WHY) PROCEDIMENTO (HOW) CUSTO (HOW MUCH) 1 - Definir quantidade de códigos impedimento de leitura por leiturista NILZA ATÉ 31/12/07 No ESCRITÓRIO Reduzir o nº de cancela-mentos de contas por consumo estimado Negociando (catch-ball) com a equipe e estabelecendo metas para cumprimento por cada leiturista R$ 2000,00 ROGÉRIO E CARLOS DIARIAMENTE NO ESCRITÓRIO Certificar que o leiturista esteve no endereço do consumidor Confrontando a quantidade de códigos de impedimento de leitura lançados no microcoletor com a quantidade de canhotos do formulário ESTIVEMOS AQUI R$1800,00 JOSÉ MARIA ATÉ 30/11/07 NA SALA DE TREINA- MENTOS Para evitar erro de leitura Ministrando curso para os Leituristas / eletricistas que apresentarem dificuldades na execução de leitura em medidores de energia elétrica. R$1200,00 5W2H

22 22 SIMBOLOGIA UTILIZADA Inicio/Fim Sentido de Execução Decisão Recebimento / Encaminhamento Processamento (Atividade) ConectorFluxograma

23 23 REALIZAÇÃO DE UMA TAREFA Inicio Recebe Insumos Realizar Tarefa Processo OK ? Solucionar Problema Verificar Problema não sim 1 1 Encaminhar Serviço Fim

24 24 PARA CADA META MONTE UM PLANO DE AÇÃO Mudança cultural: De agora em diante, não permita que NADA seja feito em sua área de trabalho, se não tiver um PLANO DE AÇÃO baseado em ANÁLISE FEITA pela equipe.

25 25 Gráficos de acompanhamento de processo Devem conter: Denominação do indicador; Unidade de medida; Escala do item e outra do tempo; Resultados de anos anteriores; Meta a ser atingida (valor e data); Valor do benchmark; Seta indicado o melhor * *2005 Gastos com combustível


Carregar ppt "1 Ferramentas da Qualidade Profa. Nadir Radoll Cordeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google