A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. CONSTITUINTES DA FRASE Grupo nominal Unidade linguística cujo constituinte principal é um nome ou pronome. Pode ser constituído: apenas pelo núcleo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. CONSTITUINTES DA FRASE Grupo nominal Unidade linguística cujo constituinte principal é um nome ou pronome. Pode ser constituído: apenas pelo núcleo."— Transcrição da apresentação:

1 1. CONSTITUINTES DA FRASE Grupo nominal Unidade linguística cujo constituinte principal é um nome ou pronome. Pode ser constituído: apenas pelo núcleo Ex.: Coimbra é uma cidade portuguesa. pelo núcleo especificado por determinantes e/ou quantificadores Ex.: Todos os homens procuram a felicidade. pelo núcleo com os seus complementos e/ou modificadores Ex.:O carro do meu pai é azul. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

2 Grupo adjetival Unidade linguística que tem como núcleo um adjetivo. Pode ser constituído: apenas pelo adjetivo Ex.: Gosto de música suave. pelo adjetivo com os seus modificadores e complementos (grupos preposicionais, orações subordinadas substantivas completivas, adverbiais comparativas ou consecutivas) Ex.: Estamos felizes com os últimos acontecimentos. O dia foi tão agitado que preciso de algum silêncio. pelo adjetivo e por advérbios Ex.: Esta obra está a tornar-se muito empolgante. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

3 Grupo verbal Unidade linguística que tem como constituinte principal um verbo (ou complexo verbal – sequência de dois ou mais verbos em que apenas um é o principal). Pode ser constituído: apenas pelo verbo ou complexo verbal Ex.: Neva na serra da Estrela. Já tudo tinha acabado. pelo verbo ou complexo verbal e seus complementos, modificadores ou predicativo do sujeito Ex.: O Francisco comeu uma maçã. Na dúvida, ofereceu-lhe um disco. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

4 Grupo preposicional Unidade linguística cujo constituinte principal é uma preposição ou locução prepositiva. Pode ser constituído pela preposição/locução prepositiva e: um grupo nominal Ex.: Não gosto de música barulhenta. um advérbio Ex.: Estou à espera de novas tuas desde ontem. uma oração Ex.: Até terminar o trabalho não saio de casa. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

5 Grupo adverbial Unidade linguística cujo constituinte principal é um advérbio ou uma locução adverbial. Pode ser constituído: exclusivamente por um advérbio Ex.: O autocarro chegou cedo. por um advérbio e pelo seu complemento Ex.: Independentemente da tua decisão, vou amanhã para Lisboa. por um advérbio e outro(s) advérbio(s) Ex.: O autocarro chegou muito cedo. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

6 2. FUNÇÕES SINTÁTICAS A. Funções sintáticas ao nível da frase SUJEITO SUJEITO SIMPLES Constituído por um grupo nominal simples ou por uma oração. Ex.: O João encontrou uma carteira. Quem vai ao mar perde o lugar. (Ele perde o lugar.) É verdade que existem alguns mistérios. (Isto é verdade.) SUJEITO COMPOSTO Constituído por uma coordenação de grupos nominais, pronomes ou de orações ou de combinações destas categorias. Ex.: O António e o Carlos são atores. Quem deseja muito e se esforça consegue o que quer. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

7 SUJEITO NULO Sujeito sem representação lexical. a. Sujeito nulo SUBENTENDIDO Não tem realização lexical, mas o referente é recuperável contextualmente ou pela pessoa verbal. Ex.: [-] Vamos ao cinema hoje à noite. b. Sujeito nulo INDETERMINADO Não tem realização lexical, não tem referência definida e pode ser substituído por perífrases como alguém, há pessoas que ou há quem. Ex.: [-] Diz-se que este inverno vai ser muito frio. [-] Há pessoas que não conseguem fazer isso. c. Sujeito nulo EXPLETIVO Surge em frases com verbos impessoais e não tem qualquer interpretação. Ex.: [-] Amanheceu muito cedo. [-] Chove a cântaros. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

8 PREDICADO É a função sintática do constituinte da frase que seleciona os restantes constituintes que nela ocorrem e é desempenhada pelo grupo verbal. Ex.:A Maria ofereceu um anel à mãe. Estou muito contente com o teu trabalho. Aparentemente, todos gostaram do filme. Agrada-me que consideres dessa forma. A. Funções sintáticas ao nível da frase Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

9 MODIFICADOR Função sintática desempenhada por constituintes não selecionados por nenhum elemento do grupo sintático de que fazem parte. O modificador é um elemento opcional e a sua omissão não afeta a gramaticalidade da frase. Pode assumir a forma de grupo preposicional ou adverbial. Ex.: Felizmente, ninguém se magoou. Tudo está analisado, estatisticamente. De facto, ninguém estava à espera disto. A. Funções sintáticas ao nível da frase Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

10 VOCATIVO Função sintática utilizada em contextos de chamamento ou interpelação do interlocutor. Ocorre frequentemente em frases imperativas, interrogativas e exclamativas. Ex.:Maria, podes passar-me esse livro? Não repito o que disse, meus senhores! Ó António, traz esse saco para dentro! A. Funções sintáticas ao nível da frase Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

11 B. Funções sintáticas internas ao grupo verbal COMPLEMENTO Função sintática de um constituinte obrigatório que é parte integrante do predicado. O complemento pode ser: direto; indireto; oblíquo; agente da passiva. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

12 COMPLEMENTO DIRETO Complemento selecionado por um verbo transitivo direto. Pode ser: um grupo nominal (substituível pelo pronome pessoal o, a, os, as) Ex.: O João encontrou uma carteira. [encontrou-a] uma oração subordinada substantiva (substituível pelo pronome demonstrativo átono o). Ex.: Disse-me que queria falar comigo. [disse-mo] A Rita entregou-me o disco que lhe emprestei. [entregou-mo] Procuramos muitas vezes quem nos ajude. [procuramo-lo] Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

13 COMPLEMENTO INDIRETO Complemento selecionado pelo verbo, que tem a forma de grupo preposicional e pode ser substituído pelos pronomes pessoais lhe/lhes. Esta função sintática é também desempenhada pelo pronome pessoal (me/te/lhe/nos/vos/lhes). Ex.: O senhor Joaquim telefonou ao meu pai. [telefonou-lhe] A Rita entregou-me o disco. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

14 COMPLEMENTO OBLÍQUO Complemento selecionado pelo verbo, é um constituinte obrigatório e pode apresentar a forma de grupo preposicional ou de grupo adverbial. Ex.: A semana passada fui ao Porto. É preciso lembrarmo-nos de que isto é importante. À saída do cinema, parecia que todos tinham gostado do filme. Há muito tempo que moramos aqui. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

15 COMPLEMENTO AGENTE DA PASSIVA Função desempenhada por um grupo preposicional, introduzido pela preposição por numa frase passiva. Ex.: Estas obras foram lidas por toda a turma. Esta manhã, a sala foi limpa por mim. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

16 PREDICATIVO Função sintática desempenhada por um constituinte selecionado por um verbo que predica algo acerca do: sujeito (com verbo copulativo); complemento direto (com verbo transitivo-predicativo). B. Funções sintáticas internas ao grupo verbal Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

17 PREDICATIVO DO SUJEITO Função sintática desempenhada pelo constituinte que ocorre em frases com verbos copulativos, que predica algo acerca do sujeito. Pode ser: um grupo nominal Ex.: O Matias é meu primo. um grupo adjetival Ex.: Este livro é fantástico. um grupo preposicional Ex.: A aceitação das condições seria do interesse de toda a gente. um grupo adverbial Ex.: Não te preocupes, ela está bem. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

18 PREDICATIVO DO COMPLEMENTO DIRETO Função sintática desempenhada pelo constituinte selecionado por um verbo transitivo-predicativo (como achar, chamar, considerar, julgar, tratar, eleger, nomear…) que predica algo acerca do complemento direto. Pode ser: um grupo nominal Ex.: Todos consideram o Filipe um amigo extraordinário. um grupo adjetival Ex.: O Lucas acha a Rita muito bonita. um grupo preposicional Ex.: Aquela senhora considerou o filme sem qualquer interesse. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

19 MODIFICADOR Função sintática desempenhada por constituintes não selecionados pelo verbo. O modificador é um elemento opcional e a sua omissão não afeta a gramaticalidade da frase. Pode assumir a forma de: grupo preposicional Ex.: A multidão acatou a decisão do orador com serenidade. grupo adverbial Ex.: Vou agora levar os livros. oração Ex.: Quando chegou, beijou a Maria. B. Funções sintáticas internas ao grupo verbal Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

20 C. Funções sintáticas internas ao grupo nominal COMPLEMENTO DO NOME Complemento opcional selecionado por um nome (um nome pode selecionar mais do que um complemento). Esta função sintática pode assumir a forma de: um grupo preposicional (oracional ou não oracional) Ex.: A oferta de livros às crianças é muito importante. A ideia de que o trabalho se faz sozinho é completamente impensável. um grupo adjetival Ex.: A pesca baleeira tem aumentado de forma preocupante. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

21 MODIFICADOR Função sintática desempenhada por constituintes não selecionados pelo nome. O modificador é um elemento opcional e a sua omissão não afeta a gramaticalidade da frase. Pode assumir a forma de grupo adjetival, preposicional ou de oração. C. Funções sintáticas internas ao grupo nominal Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

22 Modificador restritivo Função sintática de um constituinte que limita ou restringe a referência do nome que modifica. Como modificadores restritivos podem funcionar: grupos adjetivais Ex.: Aprecio amigos sinceros e leais. grupos preposicionais Ex.: Aquele casaco de flanela é meu. orações subordinadas adjetivas relativas restritivas Ex.: Os livros que estão em cima daquela mesa são da biblioteca. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

23 Modificador apositivo Função sintática de um constituinte que não restringe a referência do nome que modifica. Na escrita, estes modificadores são separados dos nomes a que se referem por vírgulas. Como modificadores apositivos funcionam, tipicamente: grupos nominais Ex.: A pintura, arte da cor, fascina-me. orações relativas explicativas Ex.: A Lua, que é o astro dos sonhos, inspira muitos poetas. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões

24 D. Funções sintáticas internas ao grupo adjetival COMPLEMENTO DO ADJETIVO Complemento selecionado pelo adjetivo. Pode ser um grupo preposicional (oracional ou não). Trata-se de um complemento de preenchimento, muitas vezes, opcional. Ex.: Ninguém ficou satisfeito com o acontecimento. A Carla ficou felicíssima por ter sido a escolhida. Sintaxe I – constituintes da frase e funções sintáticas Expressões


Carregar ppt "1. CONSTITUINTES DA FRASE Grupo nominal Unidade linguística cujo constituinte principal é um nome ou pronome. Pode ser constituído: apenas pelo núcleo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google