A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1ºano do 2ºciclo em Educação Física do Ensino Básico e Secundário 14 de Novembro de 2011 Docente: Nuno Corte-Real Discentes: Carlos Pinto Diana Relvas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1ºano do 2ºciclo em Educação Física do Ensino Básico e Secundário 14 de Novembro de 2011 Docente: Nuno Corte-Real Discentes: Carlos Pinto Diana Relvas."— Transcrição da apresentação:

1 1ºano do 2ºciclo em Educação Física do Ensino Básico e Secundário 14 de Novembro de 2011 Docente: Nuno Corte-Real Discentes: Carlos Pinto Diana Relvas João Andrade Tiago Violas Tiago Ferraz Rui Romão Psicologia da Educação

2 3400 A.C: A escrita pictográfica, sistema de escrita dos sumérios em uso no sul da mesopotâmia A.C: Ensino para kaghemni. É o mais antigo texto educacional de que se tem notícia na história da humanidade A.C: Primeira civilização urbana de que se tem notícia na china A.C: População mundial estimada em 28 milhões de seres humanos A.C: Data dos mais antigos caracteres ideográficos chineses de que se tem notícia, gravados em ossos e cascos de tartaruga A.C: Akhenaton desencadeia a reforma religiosa egípcia A.C: População mundial estimada em 70 milhões de seres humanos. 900 A.C: Licurgo organiza o estado e a educação em Esparta(Grécia).

3 EDUCAÇÃO EGÍPCIA A prática educacional egípcia organizou-se em duas linhas fundamentais: o A formação intelectual, incluindo matemática, ciências esotéricas e astronomia; o A formação profissional, incluindo escolas para artesãos, escribas e outros. Contudo, quase a totalidade das provas históricas recolhidas até hoje, dizem respeito ao processo de ensino para as classes dominantes. Consistiam na aprendizagem política, exercício do poder, ensinamentos morais e comportamentais.

4 EDUCAÇÃO CHINESA As culturas orientais tinham um sistema de escrita complexo. Utilizavam o método da imitação. Nas escolas, além de aprender a dominar a linguagem, os alunos decoravam textos sagrados e procuravam desenvolver estilística semelhante

5 EDUCAÇÃO HINDU Alguns pesquisadores afirmam que a educação hindu tem origem chinesa e outros afirmam justamente o contrário. O que diferencia os dois processos educacionais é basicamente o sectarismo hindu promovido por seu sistema de castas (base da cultura hindu) com carácter organizador e segregado.

6 A psicologia foi abordada pelos seguintes autores: ConfúcioSócratesPlatãoAristótelesEpicuro

7

8 Confúcio Viveu entre 551 e 479 A.CNasceu em Shantung Mestre, Filósofo e Teórico Político

9 Esta doutrina proclamava a criação de uma sociedade capaz, culturalmente instruída e disposta a um bem-estar comum. Confúcio não procurou uma distinção aprofundada sobre a natureza humana, mas parece ter acreditado sempre no valor da educação para condicioná-la. A sua escola foi sistematizada nos seguintes princípios: - Humanidade - Cortesia ritual - Conhecimento ou sabedoria moral - Integridade - Fidelidade - Justiça, Honra

10 Após a sua morte, Confúcio recebeu o título de Lorde Propagador da Cultura Sábio Supremo e Grande Realizador, nome que se encontra registado em seu túmulo. Este pensador via a educação como método provocador da evolução saudável da sociedade, preservador do que esta tinha de melhor e ratificador da conduta social vigente.

11 A Centralidade e a Virtude: Refere-se ao ponto comum existente entre todos nós, sendo este o de que se remete para o alcance da excelência em tudo aquilo que preserva a vida humana. A Propensão: Indica que cada pessoa tem o seu próprio potencial específico, logo, dever-se-ia trabalhar e desenvolver este potencial para que o educando encontrasse sentido na realização das suas capacidades e habilidades, fazendo bom uso social destas mesmas.

12 As seis Artes Educativas: Para que o potencial do educando fosse desenvolvido, Confúcio propunha a prática de seis artes: A Arte Ritual (estudo das regras de etiqueta), a Arte Musical (uso de instrumentos e construcção poética), a Caligrafia, a Matemática, a Arqueria e a Cavalaria. A Sinceridade Moral: O educador deveria desperter no aluno a importância do estudo, deveria tentar aflorar à consciîncia do educando o valor do investimento em si. O Conhecimento Transmitido e a Experiência: O estudante deveria adquirir dois tipos de conhecimento. O transmitido pelos seus antepassados e o que resultaria das experiências por si vivenciadas.

13

14 Sócrates Viveu entre 470/469 e 399 A.CNasceu em Atenas Não deixou nada escrito. Tudo o que se sabe foi a través dos seus discípulos

15 Sócrates restabelece-lhe a possibilidade, determinando o verdadeiro objeto da ciência. O objeto da ciência não é o sensível, o particular, o indivíduo que passa; é o inteligível, o conceito que se exprime pela definição

16 Um método por ele chamado indução. Sócrates adotava sempre o diálogo, que revestia uma dupla forma: A ironiasocrática A maiêutica

17 Sócrates procurava responder à questão: "O que é a natureza ou a realidade última do homem? A resposta a que Sócrates chegou é a de que o homem é a sua alma – psyché. Então á pergunta: O que é o homem?, Sócrates responde : "aquilo que se serve do corpo", que é a psyché, a alma.

18 "Conhece-te a ti mesmo" - o lema em que Sócrates cifra toda a sua vida de sábio. Em psicologia, Sócrates professa a espiritualidade e imortalidade da alma, distingue as duas ordens de conhecimento, sensitivo e intelectual, mas não define o livre arbítrio, identificando a vontade com a inteligência. Psicologia na antiguidade ganha consistência: Limite que separa o homem dos animais, a razão. Esta teoria postulava que, a razão permitia ao homem sobrepor-se aos instintos que seria a base da irracionalidade (aprofundada posteriormente por Platão).

19 É a parte culminante da sua filosofia. Sócrates ensina a bem pensar para bem viver. Esta doutrina, uma das mais características da moral socrática, é consequência natural do erro psicológico de não distinguir a vontade da inteligência. Conclusão: grandeza moral e penetração especulativa, virtude e ciência, ignorância e vício são sinónimos. "Se músico é o que sabe música, pedreiro o que sabe edificar, justo será o que sabe a justiça".

20 Com tudo isto mencionado atrás, concluímos que muitos dos ensinamentos ocorridos há mais de 2000 anos, continuam a poder aplicar- se. Os métodos de dialogo de Sócrates contem características que posteriormente são associadas à LIDERANÇA, fundamentais ainda nos dias de hoje.

21 Senão vejamos, segundo Chelladurai (1984), liderança significa a capacidade de influenciar pessoas para trabalharem juntas no alcance de metas e objectivos. A capacidade de influenciar pessoas está presente em todas as ações de Sócrates, daí a comparação com a Liderança, e a forma como o faz que quando aplicada é ainda eficaz.

22

23 Platão Viveu entre 428 a 347 A.CNasceu em Atenas Discípulo e principal sucessor de Sócrates

24 Platão deu resposta as indagações iniciadas por Sócrates…. …O que é, como é, por que é, e para quê é este intelecto que nos diferencia dos demais animais, e traz direcção e sentido para nossas vida? Capacidade humana de perceber, pensar e raciocinar. A origem do Intelecto está na alma. O que é? Verdade construída através de informação sensorial/memoria/razão/memoria inata). Como é? O verdadeiro conhecimento obtido graças às habilidade de dedução racional das formas. O por quê?

25 Relação alma e corpo: Esquema tripartido da conduta humana ( 1 ). Uma boa saúde mental estava no raciocínio, nas reflexões, no convívio com as artes, no equilíbrio da realização dos desejos, etc. ( 2 ) Diferenças individuais: posição inatista. Para que é?

26 A origem do Intelecto está na alma A alma é: é princípio do movimento; exerce operações psíquicas, como conhecer e querer; é de natureza espiritual, simples, imortal; é substância completa, apenas residindo no corpo, diversificando-se no curso das transmigrações. A alma como princípio vital, causador do movimento do corpo, bem como portadora da consciência. O corpo é apresentado como prisão da alma.

27 A psicologia de Platão trouxe um conjunto de preocupações e indicações que foram retomadas por teorias psicológicas posteriores. O entendimento de uma alma organizada em diferentes níveis antecipa a organização das áreas básicas da psicologia contemporânea, ou seja: sensação, percepção, memória, emoção e cognição. Mostra as dificuldades das relações entre motivação e emoção, apresenta um breve esboço de saúde mental e ainda levanta o problema das diferenças individuais.

28 A alma aparece em seu lado mortal e é constituída pelas paixões, apetições e sensações irracionais Motivação (*) Foi sugerido, por alguns autores, que a adopção de comportamentos positivos perante a actividade física facilitava o desenvolvimento dos indivíduos, não só no domínio desportivo mas também no domínio cognitivo (Biddle e Armstrong, 1992; Mortimor et ai., 1988; Trew et ai., 1999). O conhecimento de como funciona a motivação no contexto desportivo é importante, nao só para os psicólogos do desporto, mas também para os treinadores, professores e pais (Fonseca,1993, p.9)

29 Uma boa saúde mental estava no raciocínio, nas reflexões, no convívio com as artes, no equilíbrio da realização dos desejos, etc A Organização Mundial de Saúde reconhece a grande importância da actividade física para a saúde física, mental e social, capacidade funcional e bem-estar de indivíduos e comunidades. Aponta para a necessidade de políticas e programas que levem em conta as necessidades e possibilidades das diferentes populações e sociedades, com o objectivo de integrar a actividade física ao dia-a-dia de todas as faixas de etarias, em todos os sectores sociais, especialmente na escola, no local de trabalho e nas comunidades.

30 Diferenças individuais Diversidade A diversidade refere-se à presença de diferenças entre os membros de uma unidade social, unidade social essa que faz com que se aperceba das diferenças, que resultam consequentemente num impacto exterior (Cunningham, 2007, p. 6). Numa aula de educação física, isso significa diferenças entre os alunos e a percepção dessas diferenças pode afetar os resultados da aprendizagem.

31

32 Aristóteles Viveu entre 384 e 322 A.CNasceu em Estagira (Trácia) Filósofo Grego, fundou o Liceu. Aluno de Platão

33 1.Lógica 2.Física 3.Psicologia 4.Biologia 5.Metafísica 6.Ética 7.Retórica 8.Poética 9.Astronomia

34 Teoria da ALMA Diferencia do mundo inorgânico Alma Vegetativa ( Nutrição e Reprodução ) Alma Sensitiva ( Sensibilidade e Locomoção ) Alma Racional (Pensamento) Aristóteles Platão O Corpo não é obstáculo da alma, mas sim um instrumento da alma racional, que é a forma do corpo

35 O Homem não consegue viver nem desenvolver-se sozinho, ele é um ser social.

36 1.Lógica 2.Física 3.Psicologia 4.Biologia 5.Metafísica 6.Ética 7.Retórica 8.Poética 9.Astronomia

37 Todos nós queremos ser felizes no sentido mais pleno dessa palavra. Para obter a felicidade, devemos desenvolver e exercer nossas capacidades no interior do convívio social. A auto-indulgência e a autoconfiança exageradas criam conflitos com os outros e prejudicam nosso carácter. Contudo, inibir esses sentimentos também seria prejudicial. Justo Meio (Meio Termo) A ética aristotélica é uma ética do comedimento, da moderação, do afastamento de todo e qualquer excesso.

38

39 Epicuro Filosofo Grego Período helenístico (323 a 146 a.c)

40 Propósitos da Filosofia…. A busca do prazer – o mais alto prazer é o que chamamos de saúde. Atingir a Felicidade Ausência de dor (físico) Ataraxia

41 Desejos Naturais - Necessários - Simplesmente naturais Desejos Frívolos - Artificiais - Irrealizáveis

42 Desporto como componente lúdica Procura de prazer no desporto Busca constante de um corpo firme Desporto como meio de atingir a felicidade Desporto como meio comunicativo (amizade)

43 Psicologia A.C Ser Social/ Justo Meio Procura do prazer (saúde) Motivação/ Saúde mental/ Diversidade Liderança Princípios da Educação

44 É uma época em que há uma continuidade de trabalho (teorias) entre discípulo e mestre, aprofundada ao longo do tempo (Sócrates/Platão/Aristóteles). A Psicologia está profundamente relacionada com a Filosofia, ao que podemos chamar de Psicologia Filosófica. Há efectivamente nos dias de hoje uma aplicabilidade prática de teorias iniciadas na época de A.C.

45 Historia do Mundo. Consultado a 05 de Novembro de Disponível em: pt.wikipedia.org/wiki/História_do_mundo Uma introdução à Cronologia do Mundo Bíblico. Consultado a 10 de Novembro de Disponível em: Platão Evaldo Pauli (1997). Enciclopedia Simpozio: O Divino Platão: Psicologia de platonica. Consultado a 07 de Dezembro de Disponivel em: file:///C:/Users/Drelvas/Downloads/Enc.%20Simpozio%20%20Divino%20Plat%C3%A3o.htm file:///C:/Users/Drelvas/Downloads/Enc.%20Simpozio%20%20Divino%20Plat%C3%A3o.htm Francisco Lisi (2005). A alma do mundo e a alma humana no timeu: apontamentos para uma reinterpretação da psicologia platônica. Ano 10 / nº 14 – 1º sem – São Paulo / p Disponível em: William B. Gomes. História da Psicologia: A Psicologia de Platão e Aristóteles. História da Psicologia – UFMG/FAFICH/D Psi. Disponível em: Monica Aiub. Filosofia Clínica: o que é isto? Revista Cadernos do Centro Universitário São Camilo. São Paulo. V. 11 n. 1 p Jan-mar2005. Consultado a 07 de Novembro de Disponivel em Google Academico.

46 Objectivos de Realização, Percepção de Competência, Motivação Intrínseca face à Educação Física e Intenção para Praticar Desporto. Maia, João (2003). Dissertação de Mestrado da FADEUP. Physical Education Teachers and Teacher Candidates Attitudes Toward Cultural Pluralism. Columna,.L; Foley, J; Lytle, R. Journal of Teaching in Physical Education, 2010, 29, Confucio Confucio. Wikipédia. Consultado a 4 de Novembro de Disponivel em: Influências teológicas nas teorias psicanalíticas (1999). S, Gilberto. Temas em Psicologia,1999, Vol. 7 nº2, Consultado a 2 de Novembro de 2011.Disponivel em: Psicologia da Educação. Colsultado a 4 de Novembro de Disponivel em:

47 Epicuro Socrates Sócrates. Consultado a 15 de Novembro de Disponivel em: Resenha da Psicologia. Joziane Miranda França. Contultado a 10 de Novembro de Disponivel em:


Carregar ppt "1ºano do 2ºciclo em Educação Física do Ensino Básico e Secundário 14 de Novembro de 2011 Docente: Nuno Corte-Real Discentes: Carlos Pinto Diana Relvas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google