A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Na Grécia antiga: busca teórica e prática da idéia do Bem ou da idéia de felicidade; No cristianismo: o homem vivia para amar e servir a Deus, diretamente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Na Grécia antiga: busca teórica e prática da idéia do Bem ou da idéia de felicidade; No cristianismo: o homem vivia para amar e servir a Deus, diretamente."— Transcrição da apresentação:

1

2 Na Grécia antiga: busca teórica e prática da idéia do Bem ou da idéia de felicidade; No cristianismo: o homem vivia para amar e servir a Deus, diretamente e em seus irmãos; Renascimento e Iluminismo: o ideal seria viver de acordo com a própria liberdade pessoal. liberdade, igualdade, fraternidade;

3 Racionalista: : homem racional, autônomo, autodeterminado, que age segundo a razão e a liberdade. Ex: Kant; Política: aborda o ideal da vida livre dentro de um Estado livre, um Estado de direito, que preservasse o direito dos homens e lhes cobrasse seus deveres. Ex: Hegel

4 Existencialista: liberdade como ideal ético, em termos que privilegiam o aspecto pessoal da ética (autenticidade, opção). Ex: Heiddegger Social dialético: vida social mais justa, com a superação das injustiças econômicas. A ética se volta para as relações sociais, deixando de lado as preocupações com o divino;

5 A ética vigente na maioria dos países ricos relembra a busca grega pelo prazer; O prazer se reduz na maior parte das vezes a acumulação capitalista; Reflexões ético-morais contemporâneas: A questão da massificação o homem não se comporta mais eticamente, pois não vive imoral, mas amoralmente

6 Em ética, para podermos falar de norma ou responsabilidade precisamos anteriormente supor que o homem é de fato livre; Ética x determinismo: se o determinismo é total não há espaço para a ética; Formas mais comuns de determinismo: Fatalismo: tudo o que acontece, tinha que acontecer. Ex: tragédias gregas Doutrina de um Deus dominador: tudo que fazemos é decidido por ele;

7 Doutrina do materialismo estrito: a natureza ou a lei natural rege todos os nossos atos. Os condicionamentos materiais tais como econômicos, decidem por nós O extremo oposto do determinismo nega igualmente a ética: não é possível uma liberdade total e incondicionada; Idealismo: acentua o poder da vontade acima de todos condicionamentos materiais, naturais, econômicos e psicológicos

8 O homem é um espírito puro, ou um ser afinal de contas corporal e condicionado, um ser cultural? Hegel: A liberdade aumenta com a consciência que se tem dela, embora a simples consciência de liberdade não seja a liberdade efetiva, real. O homem e a humanidade se constroem, buscando uma liberdade sempre mais real; Na perspectiva de Hegel esta liberdade deve ser concedida pelo Estado de direito, que garanta as liberdades individuais e o bem comum;

9 Marx: crítica à teoria de Estado de Hegel – o estado seria um instrumento a mais de poder para uma das classes em conflito na sociedade burguesa; Kantianos: a ética de Hegel é baseada na heteronomia e não na autonomia, já que o homem não mais se guia por sua própria consciência, mas sim pelas razões de estado;

10 Existencialistas: Hegel teria se esquecido da dimensão propriamente humana e individual da liberdade – quando um processo supera o individual, esvazia-se a dimensão ética; A ética se movimenta entre o determinismo absoluto e o libertalismo absoluto; A ética se preocupa com as formas humanas de resolver contradições entre possibilidade e necessidade, entre o tempo e a eternidade, entre o individual e o social, entre o econômico e o moral, entre o corporal e o psíquico, entre o natural e o cultural e entre a inteligência e a vontade;

11 A síntese de todas estas contradições que constituem o homem é o que de fato permite ao mesmo tornar-se homem; A liberdade desta forma, deve consistir na opção voluntária pelo bem, consciente da possibilidade de preferir o mal;

12 Na Grécia antiga, o homem mau seria apenas um homem ignorante que poderia ser curado pela filosofia;


Carregar ppt "Na Grécia antiga: busca teórica e prática da idéia do Bem ou da idéia de felicidade; No cristianismo: o homem vivia para amar e servir a Deus, diretamente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google