A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Regis Romero. Designa-se como sistema excretor qualquer conjunto de órgãos que, num organismo, é responsável pela manutenção do meio interno,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Regis Romero. Designa-se como sistema excretor qualquer conjunto de órgãos que, num organismo, é responsável pela manutenção do meio interno,"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Regis Romero

2

3 Designa-se como sistema excretor qualquer conjunto de órgãos que, num organismo, é responsável pela manutenção do meio interno, regulação do teor de água e sais minerais e eliminação de resíduos nitrogenados formados durante o metabolismo celular.organismocelular Função: Eliminar as substâncias que estão em excesso, para manter o equilíbrio, chamado de equilíbrio dinâmico, que é fundamental para o bom funcionamento da célula com o meio. Homeostase.equilíbrio célulaHomeostase

4 Os vasos sangüíneos renais região cortical região medular O Néfron ( em cada rim)

5

6

7

8

9 Dois órgãos grandes Avermelhados Forma de feijão Vascularizados Situam-se na parte dorsal do abdome (retroperitoneais), logo abaixo do diafragma, um de cada lado da coluna vertebral; Possuem uma cápsula fibrosa, que reveste o córtex (mais externo), e a medula, porção mais interna; Apresentam milhões de unidades filtradoras denominadas néfrons. No pólo superior situa-se glândula supra-renal (adrenal).

10

11

12 Unidade morfofuncional do rim Regiões: Glomérulo Renal Cápsula de Bowman Túbulo cont. proximal Alça de Henle Túbulo cont. distal Ducto coletor

13 Cápsula renal em corte, mostrando a organização do glomérulo

14 3- Arteríola aferente 4- Arteríola eferente 5-Túbulo contorcido proximal 2-glomérulo 9- vasos retos (capilares peritubulares) MEDULARMEDULAR CORTICALCORTICAL 1-Cap. de Bowman 8- Alça de Henle fina 7: ducto coletor cortical Capilares peritubulares 6-Túbulo Contorcido distal ducto coletor medular

15 Túbulos Contorcidos Distais Vasos peritubulares Túbulos Contorcidos proximais As estruturas encontradas na região cortical renal Arteríolas eferente aferente Corpúsculos renais Ductos coletores corticais Alças de Henle córtex renal medular renal

16 Ductos coletores medulares Vasos retos Alças de Henle (porções finas e espessas) medular renal As estruturas encontradas na região medular renal córtex renal

17

18 Mecanismos renais de manipulação do plasma Todo o plasma é filtrado 60 vezes por dia 180 litros de plasma são filtrados por dia Homem normal de 70 Kg: 3 litros de plasma Excreção diária (média): 1,5 litros de urina O quê acontece com os 178,5 litros filtrados por dia? Filtração Glomerular

19 Mecanismos renais de manipulação do plasma Reabsorção tubular 178,5 litros /dia Filtração Reabsorção

20 O glomérulo Arteríola aferente Arteríola eferente Características da membrana de filtração: Permeabilidade glomerular

21 Glomérulo Alça descendente GLICOSE Aminoácidos Ca ++ Tubo Coletor Reabsorção ativa (gasto de energia): glicose, aminoácidos, sais Reabsorção passiva (difusão): água Alça ascendente ORGANIZAÇÃO BÁSICA DO NÉFRON

22 Membranas de filtração do sangue que chega à cápsula glomerular (membrana endotelial-capsular) FILTRAÇÃO GLOMERULAR

23

24 * Participação do hormônio antidiurético (ADH), também conhecido como vasopressina; * Aumenta a reabsorção de água pelos túbulos coletores / Formação de urina concentrada; * A secreção de ADH é inibida pelo álcool, resultando em uma urina diluída.

25

26 com ADHsem ADH

27

28

29 Participação do hormônio aldosterona (um mineralocorticoide produzido pelo córtex das glândulas suprarrenais. 1. Ingestão de alimentos salgados; 2. Aumenta a taxa de sódio no sangue / o sangue fica mais concentrado; 3. Estimulação do centro da sede (hipotálamo); 4. Ingestão de líquidos (água), diluindo o sangue, fazendo-o restabelecer sua concentração normal; 5. Aumento do volume do sangue (aumento da pressão sanguínea); 6. Diminuição da produção de ADH (maior eliminação de água na urina / arrasta o excesso de sódio).

30 * Diminuição de sódio no sangue: 1. Detecção de baixa quantidade de sódio no sangue; 2. Aumento da secreção do hormônio ALDOSTERONA (córtex das suprarrenais); 3. Atuação da aldosterona nos túbulos contorcidos distais e tubos coletores, estimulando a reabsorção de sódio do filtrado glomerular. Pressão sanguínea Sódio no sangue Estimulação dos rins para a liberação de RENINA AngiotensionogênioAngiotensina Diminui o calibre dos vasos (aumento da pressão arterial) Secreção de aldosteronaReabsorção de sódio pelos rins

31 PEPTÍDEO NATRIURÉTICO ATRIAL (PNA) * Produzido pelas células do átrio quando um volume elevado de sangue chega ao coração (estiramento dos átrios); * Inibe a secreção de ADH, aldosterona e renina, aumentando a excreção do sódio e do fluxo de urina; * Atua como fator antagônico à vasopressina, ou seja, aumenta o calibre dos vasos.

32 Trajeto da Circulação Renal e formação da Urina Artéria Aorta Artéria Renal Arteríola Aferentes (córtex renal) Glomérulo (capilar glomerular ou glomérulo de Malphigi) Cápsula de Bowmann (filtrado glomerular ou urina inicial) Túbulo Contornado (ou contorcido) Proximal (microvilosidades) Alça de Henle Túbulo Contornado (contorcido) Distal CáliceBacinete Ureter Bexiga Túbulo Coletor Xixi Urina ou Filtrado Glomerular Sangue Alta Pressão Filtração Reabsorção Secreção Arteríola Eferente Veia Renal Veia Cava Inferior Glicose Reabsorve Na+ K+ Cortex Supra Renal (aldosterona) Reabsorção Hipófise A.D.H., hormônio anti-diurético (vasopressina) Reabsorção de H2O

33 25-30cm Função: -Conduzir a urina do rim à bexiga urinária

34 250ml Localização: -Cavidade pélvica -No homem: à frente do reto -Na mulher: entre o útero e o reto Função: - Armazenar a urina que flui continuamente dos ureteres

35 18-20cm 4cm Função: - Conduzir a urina da bexiga ao meio externo


Carregar ppt "Prof. Regis Romero. Designa-se como sistema excretor qualquer conjunto de órgãos que, num organismo, é responsável pela manutenção do meio interno,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google