A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Colégio militar de fortaleza 8º ano Disciplina: CIÊNCIAS SISTEMA EXCRETOR Descrever os mecanismos da excreção através da respiração, urina e suor; Comparar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Colégio militar de fortaleza 8º ano Disciplina: CIÊNCIAS SISTEMA EXCRETOR Descrever os mecanismos da excreção através da respiração, urina e suor; Comparar."— Transcrição da apresentação:

1 Colégio militar de fortaleza 8º ano Disciplina: CIÊNCIAS SISTEMA EXCRETOR Descrever os mecanismos da excreção através da respiração, urina e suor; Comparar a composição química da urina e do suor; Caracterizar o suor como meio de equilíbrio térmico do corpo; Identificar os órgãos componentes do sistema urinário e suas funções; Identificar o néfron como unidade funcional do rim.

2 EXCREÇÃO Saída de gás carbônico e de vapor d'água pelos pulmões (respiração), Descarte da ureia e do excesso de água e sais minerais por meio do suor e, principalmente, da urina. A excreção ajuda a manter constante a composição química do organismo. NÃO CONFUNDA ELIMINAÇÃO (EVACUAÇÃO) COM EXCREÇÃO!!!

3 SUOR= água+sais minerais+ureia+ácido úrico+cloreto de sódio. Glândulas sudoríparas: abundantes nas palmas das mãos, plantas dos pés e axilas; situam-se na derme abrindo à superfície da epiderme através de um poro.

4 PELE

5 Formação do suor As glândulas sudoríparas são envolvidas por vasos capilares; Capilares depositam nas glândulas sudoríparas parte da água com produtos residuais, que formam o suor. O suor é armazenado e sai para o exterior pelos poros da pele.

6 O suor e o equilíbrio da temperatura O homem é um animal HOMEOTÉRMICO, isto é, mantém a temperatura do corpo praticamente constante, ao redor de 36,5°C. Ao praticar algum exercício físico (futebol, corrida etc.), a grande atividade muscular produz muito calor e a temperatura do corpo tende a aumentar. Então eliminamos suor - a água contida no suor se evapora na pele, provocando uma redução na temperatura do ar que a circunda. Isso favorece as perdas de calor do corpo para o ambiente, fato que contribui para a manutenção da temperatura corporal.

7 SISTEMA URINÁRIO Principal sistema encarregado de realizar a EXCREÇÃO; URINA é o principal excreta produzido pelo nosso organismo; O termo EXCRETA é utilizado para denominar substâncias que passam pelo interior das células antes de serem eliminadas do corpo.

8 PRINCIPAIS EXCRETAS EXCRETA: substância inútil e potencialmente tóxica que o organismo produz e precisa eliminar. Termo aplicado às substâncias que contêm nitrogênio. PROTEÍNAS: principal fonte de excretas nitrogenados. A degradação dos aminoácidos produz amina, que é bastante tóxica. FÍGADO: transforma amina em ureia, que é bem menos tóxica. Amônia + gás carbônico = ureia + água

9 FUNÇÕES DA EXCREÇÃO RENAL Regulação do volume de água do organismo; Controle do balanço de íons (sódio, hidrogênio, potássio, cálcio, fósforo, magnésio etc) no organismo; Conservação de nutrientes (glicose, aminoácidos e proteínas) no organismo; Excreção de resíduos metabólicos (ureia, ácido úrico); Regulação do cálcio e fósforo no metabolismo ósseo.

10 Os órgãos do sistema urinário

11 Rins + vias urinárias = sistema urinário

12 RIM Órgãos pares, medindo 12cm; Filtram o sangue, extraindo resíduos tóxicos; Reabsorvem para o sangue as substâncias aproveitáveis.

13 RIM Artéria renal: leva sangue arterial para o rim; Veia renal: sai do rim, retirando sangue venoso desse órgão; Partes do rim: córtex renal (onde se encontram os NÉFRONS), medula renal (contém TUBOS COLETORES DE URINA), pelve renal (leva a urina aos ureteres).

14 Vias urinárias Ureteres (7), tubos medindo cerca de 28cm, conduzem urina dos rins à bexiga; Bexiga urinária (8), bolsa muscular que armazena urina até ser expelida; Uretra (9), canal que leva a urina ao exterior. No homem, 18cm, na mulher, 6cm.

15 Formação da urina Néfron: unidade funcional do rim, Há mais de um milhão de néfrons no córtex renal, O néfron filtra o sangue de todo o corpo aproximadamente 300 vezes por dia! FILTRAÇÃO GLOMERULAR e REABSORÇÃO RENAL

16 Formação da urina FILTRAÇÃO: Diversas substâncias (água, sais minerais, glicose, aminoácidos, ureia) saem do sangue (glomérulo renal) e caem na cápsula glomerular, O líquido que foi filtrado do sangue passa para o túbulo renal. REABSORÇÃO: As substâncias úteis são reabsorvidas (voltam para o sangue) ao longo dos túbulos renais.

17 Formação da urina Substâncias tóxicas ou residuais (ureia, ácido úrico, excesso de sais minerais, um pouco de água) permanecem no interior dos túbulos renais, formado a urina; A urina formada é lançada nos cálices renais, que se fundem numa cavidade maior, a pelve renal; Da pelve renal a urina segue para os ureteres e estes conduzem a urina até a bexiga, local de armazenamento até a eliminação para o meio externo pela uretra.

18 Formação da urina

19 Composição da urina A urina é o produto da filtração do sangue e é composta de várias substâncias: água, sais minerais, ureia e ácido úrico; O principal resíduo nitrogenado da urina é a ureia. A urina é um líquido amarelado, transparente, claro e ligeiramente ácido; O homem elimina diariamente cerca de 1 litro a 1,5 litros de urina.


Carregar ppt "Colégio militar de fortaleza 8º ano Disciplina: CIÊNCIAS SISTEMA EXCRETOR Descrever os mecanismos da excreção através da respiração, urina e suor; Comparar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google