A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MEEC - Qualidade de Energia1 Qualidade de Energia Regulamentação e Normalização Humberto Jorge Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MEEC - Qualidade de Energia1 Qualidade de Energia Regulamentação e Normalização Humberto Jorge Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores."— Transcrição da apresentação:

1 MEEC - Qualidade de Energia1 Qualidade de Energia Regulamentação e Normalização Humberto Jorge Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

2 MEEC - Qualidade de Energia2 Apresentação da NP EN Esta norma descreve as características principais, no ponto de entrega ao cliente, da tensão de alimentação por uma rede de distribuição pública em baixa ou média tensão, em condições de exploração normais

3 MEEC - Qualidade de Energia3 Grandezas definidas na NP EN Conceitos Tensão de alimentaçãoTensão NominalFlutuação de tensão Variação rápida da tensãoVariação da tensãoTremulação Severidade da tremulaçãoCavaInterrupção Sobretensão temporáriaSobretensão transitóriaTensão Harmónica Tensão InterharmónicaDesequilíbrio da tensão

4 MEEC - Qualidade de Energia4 Características da tensão de alimentação Frequência - Deve ser igual a 50 Hz. Em condições normais o valor médio medido em intervalos de 10 min deve estar: Entre 49,5 e 50,5 Hz durante 95% de uma semana Entre 47 e 52 Hz durante 100% de uma semana Tensão nominal – Un = 230V entre fase e neutro (BT) Variação da tensão de alimentação – Não considerando as interrupções, 95% dos valores eficazes médios de 10 min para cada período de uma semana devem situar-se na gama Un 10%

5 MEEC - Qualidade de Energia5 Características da tensão de alimentação Severidade da tremulação (flicker) Para qualquer período de uma semana, a severidade de longa duração deve ser Plt < 1 durante 95% do tempo Em que Pst é a severidade de curta duração medida num período de 10 min Desequilíbrio das tensões de alimentação – Para cada período de uma semana 95% dos valores eficazes médios de 10 min da componente inversa das tensões, não devem ultrapassar 2% da correspondente componente directa

6 MEEC - Qualidade de Energia6 Baixa Tensão (THD < 8%) Valores definidos pela EN para a distorção harmónica

7 MEEC - Qualidade de Energia7 Média Tensão (THD < 8%) Valores definidos pela EN para a distorção harmónica

8 MEEC - Qualidade de Energia8 O agrupamento em harmónicas pares e ímpares e nestas em múltiplas de 3 e não múltiplas de 3 deve-se a: –harmónicas pares - dá origem a componentes contínuas, meia onda positiva diferente de meia onda negativa (notar que os valores são mais reduzidos) –harmónicas ímpares múltiplas de 3 - em sistemas trifásicos as harmónicas das três fases somam-se no circuito de neutro. (notar que os valores são mais reduzidos) Valores definidos pela EN para a distorção harmónica

9 MEEC - Qualidade de Energia9 Enquadramento legal do relacionamento entre as partes do Sistema Eléctrico (não abrange os produtores vinculados ); Definição de Responsabilidades; Estabelecimento de Obrigações; Dá enquadramento legislativa à NP EN RQS - REGULAMENTO DA QUALIDADE DE SERVIÇO

10 MEEC - Qualidade de Energia10 O RQS engloba disposições de natureza Técnica –Continuidade de serviço número e duração das interrupções distingue interrupções previstas e acidentais –Qualidade da onda de tensão amplitude frequência forma de onda simetria do sistema trifásico Comercial –aspectos de atendimento, informação, assistência técnica e avaliação da satisfação

11 MEEC - Qualidade de Energia11 RQS - Classificação de zonas Os padrões de qualidade de serviço variam com as zonas geográficas São estabelecidas as seguintes zonas: –Zona A - capitais de distrito e localidades com mais de 25 mil clientes (25,3%) –Zona B - localidades com número de clientes entre 2500 e 25 mil (38,2%) –Zona C - restantes locais (36,5%)

12 MEEC - Qualidade de Energia12 Sistemas de registo e monitorização Plano anual de monitorização Atendimento de reclamações dos clientes Responsabilidade perante o cliente independentemente da origem do problema RQS - RESPONSABILIDADE DAS ENTIDADES DO SEP

13 MEEC - Qualidade de Energia As entidades com instalações fisicamente ligadas ao SEP são responsáveis pelas perturbações por si causadas no funcionamento das redes SEP ou nos equipamentos de outros clientes, cabendo-lhes o pagamento dos prejuízos. 2 - A entidade concessionária da RNT e os distribuidores vinculados devem manter vigilância sobre a evolução das perturbações nas respectivas redes, podendo aconselhar os produtores e os clientes sobre a melhor forma de limitar, ao nível permitido, as perturbações emitidas. (Artigo 10.º do RQS) RQS - RESPONSABILIDADE DE ENTIDADES EXTERIORES AO SEP

14 MEEC - Qualidade de Energia14 As instalações dos clientes não devem produzir perturbações na rede do SEP que excedam os padrões estabelecidos para os indicadores de qualidade de serviço definidos no RQS ou que excedam o estabelecido nos contratos de fornecimento de energia eléctrica. A entidade do SEP responsável … pode interromper o serviço prestado quando a gravidade da situação o justifique ou quando o cliente não elimine, nos prazos... as causas das perturbações emitidas … RQS - OBRIGAÇÕES DOS CLIENTES

15 MEEC - Qualidade de Energia15 RQS - Continuidade de serviço O fornecimento de energia pode ser interrompido por: –Casos fortuitos ou de força maior –Razões de interesse público –Razões de serviço –Razões de segurança –Acordo com o cliente –Facto imputável ao cliente

16 MEEC - Qualidade de Energia16 RQS - Indicadores gerais (RNT) Energia não fornecida (ENF), em MWh; Tempo de interrupção equivalente (TIE), em minutos; Frequência média de interrupções do sistema (SAIFI); Duração média de interrupções do sistema (SAIDI), em minutos; Tempo médio de reposição de serviço do sistema (SAIRI), em minutos.

17 MEEC - Qualidade de Energia17 RQS - Indicadores gerais (DIS) Média tensão –Tempo de interrupção equivalente da potência instalada (TIEPI), em horas ano; –Frequência média de interrupções do sistema (SAIFI); –Duração média das interrupções do sistema (SAIDI), em minutos; –Energia não distribuída (END), em MWh. Baixa tensão –Frequência média de interrupções do sistema (SAIFI); –Duração média das interrupções do sistema (SAIDI), em minutos;

18 MEEC - Qualidade de Energia18 RQS - Padrões para redes MT

19 MEEC - Qualidade de Energia19 RQS - Padrões para redes BT

20 MEEC - Qualidade de Energia20 RQS - Padrões para Indicadores Individuais Número de interrupções por ano Duração total das interrupções (horas por ano)

21 MEEC - Qualidade de Energia21 RQS - Qualidade da onda de tensão Características da tensão em BT e MT, o disposto na Norma NP EN em AT e MAT, o disposto em Norma Complementar a aprovar nos termos do artigo 59º

22 MEEC - Qualidade de Energia22 RQS - Disposições de natureza comercial (Capítulo V) Atendimento Informação a clientes Clientes com necessidades especiais indicadores gerais e avaliação da satisfação dos clientes Qualidade individual

23 MEEC - Qualidade de Energia23 RQS - Relatórios da qualidade de serviço (Capítulo VI) A entidade concessionária da RNT e os distribuidores vinculados devem elaborar anualmente o respectivo relatório da qualidade de serviço A elaboração dos relatórios deve ocorrer até ao final do mês de Abril do ano seguinte a que se referem Publicar até ao final do mês de Maio e enviar à DGE e à ERSE e do público em geral

24 MEEC - Qualidade de Energia24 RQS - Compensações Ultrapassar o número de interrupções C N = [(NI - NI P )] x FC C N = valor da compensação, em euros NI = número de interrupções longas NI P = valor padrão do número de interrupções longas FC = factor de compensação com os seguintes valores 1 euro BT <= 20,7 kVA 5 euros BT > 20,7 kVA 20 euros MT 100 euros AT

25 MEEC - Qualidade de Energia25 RQS - Compensações Ultrapassar a duração das interrupções C D = [(DI - DI P )] x P C x FC C D = valor da compensação, em Euros DI = duração total das interrupções longas reportada ao último ano civil DI P = valor padrão da duração das interrupções longas Pc = valor médio da potência contratada durante o último ano civil em kW FC = factor de compensação com os seguintes valores 0,35 Euros BTN 0,30 Euros BTE 0,28 Euros MT 0,16 Euros AT e MAT

26 MEEC - Qualidade de Energia26 RQS - Pagamento das Compensações Sempre que houver lugar a pagamento de uma compensação,o distribuidor deve proceder ao crédito de modo automático do valor da compensação. Devem ser efectuados na facturação d primeiro trimestre seguinte ao do ano civil a que a compensação se reporta. Sempre que o montante for inferior a €2,50 para BT ou a €5,00 para restantes consumidores, reverte para um fundo de reforço dos investimentos para melhoria de qualidade.

27 MEEC - Qualidade de Energia27 Alterações introduzidas pelo RQS 2003 Alargamento das zonas onde os padrões de qualidade de serviço são mais exigentes; Aumento da exigência dos padrões de qualidade de serviço técnico e comercial; Adopção da filosofia de pagamento automático de compensações devidas por incumprimento do RQS; Compensações aos clientes a pagar em média mais elevadas; Constituição de Fundo para investimento na melhoria da qualidade de serviço.


Carregar ppt "MEEC - Qualidade de Energia1 Qualidade de Energia Regulamentação e Normalização Humberto Jorge Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google