A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo Psico-Educar Alda Portugal Eneida Cardoso Milena Lopes Rafaela Lima Tânia Marques.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo Psico-Educar Alda Portugal Eneida Cardoso Milena Lopes Rafaela Lima Tânia Marques."— Transcrição da apresentação:

1 Grupo Psico-Educar Alda Portugal Eneida Cardoso Milena Lopes Rafaela Lima Tânia Marques

2 Para começar… …O jogo do SORRISO MILIONÁRIO

3 Instruções Este jogo é utilizado para descontrair e integrar o grupo de forma divertida. Cada bolinha vale 1; será distribuída por cada pessoa 1 bolinha, que de seguida deverá encontrar um par ao qual se apresenta (nome). Ao nosso sinal, o jogo começa e cada elemento deverá olhar fixamente o outro, sendo que o primeiro a sorrir, entrega a sua bolinha ao outro e abandona o jogo. Quem ficar com 2 bolinhas procura outra pessoa que também tenha duas e assim sucessivamente…o vencedor final fica com todas as bolinhas e então com o SORRISO MILIONÁRIO!!

4 Para começar… Encontrem o vosso par… …e… PARTILHEM SORRISOS!!

5 Podemos agora começar com mais vontade em partilhar novos conhecimentos…

6 Exercício 1-B Sr. José 4. (…); de facto o grupo permitiria que houvesse um maior contacto com pessoas que têm as mesmas dificuldades que ele (partilha), assim como, em conjunto, procurarem formas de aumentar a qualidade de vida. O Sr. José teria oportunidade de reduzir a expressão emocional negativa associada à doença (aliviando o fardo emocional e social) e de se sentir mais acolhido.

7 Exercício 1-B Sr. José (cont.) Por outro lado, pensando nos objectivos e pressupostos destes grupos, ou seja, educação familiar ou individual acerca da insuficiência renal (neste caso), dar suporte emocional e técnico, ensinar estratégias de coping ou afrontamento para melhor lidar com a doença e suas implicações, redução do stresse, alargamento da rede de suporte e de apoio, normalizar e partilhar sentimentos e também, ajudar e incentivar no cumprimento do protocolo terapêutico (…)

8 (…) Depois ele adormece e eu deito-o. Levo-o ao colo para dentro de casa E deito-o, despindo-o lentamente E como seguindo um ritual muito limpo E todo materno até ele estar nu. Ele dorme dentro da minha alma E às vezes acorda de noite E brinca com os meus sonhos. Vira uns de pernas para o ar, Põe uns em cima dos outros E bate palmas sozinho Sorrindo para o meu sono. Fernando Pessoa Heterónimo, Alberto Caeiro

9 E para terminar… Jogo O Presente É pedido a cada participante que pense no presente que gostaria de oferecer aos elementos do grupo. Cada pessoa desenha o presente em que pensou, na folha que lhe será distribuída. Depois, a pessoa volta a entregar a folha com o desenho, que deverá ser anónimo. Após todos os desenhos serem recolhidos, serão aleatoriamente distribuídos de modo a que ninguém fique com o seu próprio desenho. No final do jogo, cada participante fica com um desenho como recordação da participação no grupo psicoeducativo.

10 Visionamento do filme… Colocar a doença no seu lugar…

11 Pense em si mesmo como alguém que tem direito à felicidade…

12 Bibliografia Navarro Góngara, J. (2004) Enfermedad y família. Ediciones: Paidós Ibérica. Barcelona (pp ); Gonzalez, S., Steinglass, P., Reiss, D. (1989). Putting the Illness in Its Place: Discusion Groups for Families with Chronic Medical Illnesses. Family Process, vol. 28. Sousa, L. Mendes, A. & Relvas, A. P. (2007). Enfrentar a velhice e a doença crónica. Lisboa: CLIMEPSI. Manes, S. (2007). 83 Jogos Psicológicos para a Dinâmica de Grupos. Paulus.


Carregar ppt "Grupo Psico-Educar Alda Portugal Eneida Cardoso Milena Lopes Rafaela Lima Tânia Marques."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google