A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de curso e de aula Apresentação do professor e do curso Feudalismo metodologia Avaliação 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de curso e de aula Apresentação do professor e do curso Feudalismo metodologia Avaliação 1."— Transcrição da apresentação:

1 Plano de curso e de aula Apresentação do professor e do curso Feudalismo metodologia Avaliação 1

2 2 Idade Média Dobb, Maurice: A Evolução do Capitalismo Rezende, Cyro: História Econômica Geral – – Editora Contexto Rezende Característica básica: perda de liberdade individual e aceitação da situação de subordinação.

3 3 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Definição de Servidão feudal: uma obrigação imposta ao servo, produtor, pela força (militar ou dos costumes/lei ) que satisfaça a certas exigências econômicas de um senhor, quer tais exigências tomem a forma de serviços a prestar, ou taxas a pagar em dinheiro ou artigos, em trabalho ou em presentes para as despesas do senhor. O produtor direto, diferentemente da escravidão, acha-se de posse de seus meios de produção, das condições materiais necessárias à realização de seu trabalho e a produção dos seus meios de subsistência.

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43 43 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Onde prevaleceu o sistema Idade Média – 1000 anos de história – de 476, queda do Império Romano, até 1453 com a queda do Império Bizantino Sociedade feudal, na idade média, é o que ocorre de mais importante. Alta idade média – Séculos V até X – Formação da SF Idade Média Central – Séculos XI e XIII – Apogeu Baixa Idade Média – Século XIV e XV - Declínio

44 44 Império romano séc I e II

45 45 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Elementos que aceleraram a formação da sociedade feudal (Conjunturais) – 1) Invasões de povos à Europa entre os séculos V e X Expansão do islamismo pela península ibérica: – Domínio do mar mediterrâneo, dificultando o comércio – População que está próxima ao mar se interioriza – Ruralização Germânicos e outros povos bárbaros (oeste e norte) Vikings e Húngaros (ao norte)

46 46 Europa no século VI – Reinos bárbaros

47 47 Conquistas árabes – séculos VII a X

48 48 Espanha sob domínio árabe

49 49 História Econômica Geral – 2) Império de Carlos Magno – Século VIII Centralização do poder e tentativa de reunificação da Europa – Fim de um período de Guerras. – Que facilitou o desenvolvimento de atividades comerciais. Cessão de lotes para os nobres, que era em princípio transitório e transformou-se me hereditário.

50 50 Império de Carlos magno Sec VIII e IX

51 51 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Forma Clássica de feudalismo – segundo Dobb. – 1) Economia autárquica Voltada para a auto-suficiência - atendimento de necessidade imediatas. – 2) Sociedade de ordens ou estamental Ordenada por Deus (séculos XI a XIII) Estamental (A partir do século XIII – Burguesia) – 3) Elemento Político Descentralização do poder

52 52 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Sociedade de ordens ou estamental, com divisão bem definida de atribuições: Clérigos (rezavam) – proteção da alma Nobreza (guerreava) – Proteção do corpo Servos (Trabalhavam) – garantia de sobrevivência

53 53 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo 4) Sistema econômico rudimentar de pouca produtividade (baixo nível da técnica – Dobb) Essencialmente agrária. Divisão do trabalho incipiente. Técnicas de produção precárias. 5) Agricultura dominial – Cultivo das terras do senhor Senhor – manso senhorial Servo – Manso servil coletivas – usadas por ambos (quando necessário)

54 54

55 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo – 6) Detenção condicional da terra. O uso da terra estava condicionado as prestações servis. – 7) Possessão pelo senhor de funções judiciais ou quase judiciais. Inclusive, baseado no direito consuetudinário. 55

56 56

57 57 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo – Formas de obrigações servis Corvéia: obrigação do servo em trabalhar na terra do senhor compulsoriamente por alguns dias por semana Talha: Entrega obrigatória ao senhor de parte do que era produzido no manso servil Banalidades: pagamento pela utilização de instrumentos de trabalho que pertenciam ao senhor

58 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Explicação para o colapso – Dobb – Expansão comercial em menor nível; – Crescentes necessidades dos governantes de novas receitas: Guerras, aumento de parasitas e cruzadas. Levou ao aumento da exploração; E a, conseqüente, fuga do servos do sistema. 58

59 59 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Declínio do sistema - Contradição interna - Rezende Prosperidade: aumento da população Necessidade de mais alimentos; Melhoria nas técnicas de produção: – Ferradura, rotação trienal da terra, força hidráulica, força animal (troca do boi pelo cavalo). Com a melhoria das técnicas, ocorre novamente aumento populacional; Ocupação das terras coletivas - expansão para a própria Europa (Inglaterra e Península Ibérica)

60 60

61 61

62 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Declínio do sistema - Rezende – Expansão comercial – emancipação da condição de camponês; – Monetização da economia pelo alargamento da atividade comercial. 62

63 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Razões para o Declínio – Sweezy – Conseqüência natural do Desenvolvimento das cidades, que ofereciam: Outras possibilidades de emprego; Liberdade; Melhoria da condição social. 63

64 64 Burgo, século XV - França.

65 65 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo A expansão Européia redunda na formação das cruzadas – Séculos X e XI – Acesso a uma série de mercadorias que não tinham antes, o que cria novas necessidades de consumo; – Ocorre a retomada do mediterrâneo que tem como conseqüência o renascimento do comércio; – Surgem os mercadores que estimulam as chamadas feiras comerciais;

66 66 Cruzadas – 1096/1270

67 67

68 68 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Surgem as associações de comerciantes; Com tudo isso ocorre o renascimento urbano, outras atividades são desenvolvidas; Centralização do poder na mão do Rei - contra os nobres e em favor da burguesia. No século XIV ocorre uma série de problemas na Europa: Guerra dos cem anos, Peste (1348), Fome (consequências de problemas climáticos)

69 69 Rotas comerciais medievais

70 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Características importantes do sistema feudal – Sistema cuja servidão é a relação dominante; – Se organiza dentro da propriedade senhorial; – Os mercados são locais; – O comércio de longa distância não é importante. 70

71 71 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Características importantes do sistema feudal – O próprio senhor feudal era um arrendatário; – Fonte de instabilidade: disputa pela terra. – Vassalagem: concessão de terras, mediante juramento, com o objetivo de aumentar o poderio do exército. Em geral, o vassalo prestava um serviço militar de alguns dias por ano ao senhor.

72 72 História Econômica Geral Transição do Feudalismo para o capitalismo Características importantes do sistema feudal – Papel da Igreja; – A proibição de casamento de padres; – Não é raro encontrar entre os senhores feudais e bispos e outros elementos da igreja católica, etc


Carregar ppt "Plano de curso e de aula Apresentação do professor e do curso Feudalismo metodologia Avaliação 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google