A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desenvolvimento de Aplicações Corporativas – DAC BIOPEN – Analise, Melhoria e Implantação da Ferramenta WEB no Laboratório de Bacteriologia da UFPR. RELPEN.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desenvolvimento de Aplicações Corporativas – DAC BIOPEN – Analise, Melhoria e Implantação da Ferramenta WEB no Laboratório de Bacteriologia da UFPR. RELPEN."— Transcrição da apresentação:

1 Desenvolvimento de Aplicações Corporativas – DAC BIOPEN – Analise, Melhoria e Implantação da Ferramenta WEB no Laboratório de Bacteriologia da UFPR. RELPEN – Módulo de relatórios do sistema BIOPEN BLOGPEN – Blog do Sistema BIOPEN Alunos: Alan de Camargo Ignácio Rodrigo Albuquerque da Rocha Vinicius Ferreira Correia Professor: Luiz Antônio Pereira Neves UFPR Setor de Educação Profissional e Tecnológica / TSI 1

2 2 Introdução O Biopen é um software de gerenciamento de dados que contribuirá em praticidade e eficácia na organização garantindo que a manipulação dos dados extraídos através de análises laboratoriais de enteropatógenos seja realizada de forma a prestar informações geradas com idoneidade e veracidade. Este software será utilizado pelo Departamento de Bioquímica da UFPR. BIOPEN

3 3 Introdução RELPEN é o sistema que utiliza dados de exames laboratoriais cadastrados no BIOPEN para realizar analises necessárias para gerar relatórios estatísticos dos dados. RELPEN

4 4 Introdução O sistema BLOGPEN fará o gerenciamento de postagens realizadas por usuários. Estas postagens serão moderadas por outros usuários que receberão este acesso pelo administrador do sistema. Com a sua implantação o BIOPEN terá um canal de comunicação entre pesquisador e aluno bem como uma documentação baseada no histórico das postagens. BLOGPEN

5 Integração INTEGRAÇÃO ENTRE OS SISTEMAS 5 A integração dos sistemas foi implementada através do uso do XML, funcionando da seguinte maneira: Os módulos Biopen, Relpen e BlogPen utilizam o serviço de autenticação do SSO para gerenciar seus acessos. O serviço do SSO executa a validação e gera o retorno através de um xml informando se o acesso foi liberado ou recusado. Login: o gerenciamento dos usuários é realizado pelo módulo de SSO, onde os usuários são cadastrados e as suas permissões são tratadas. Relatório: a geração de relatórios para o sistema RelPen é realizada através da integração com o Módulo Biopen. A integração se dá através de um serviço no sistema Biopen que gera o xml a partir de uma requisição do Relpen. O xml gerado contém os dados necessários para o RelPen montar o relatório que é exibido para o usuário.

6 Integração INTEGRAÇÃO ENTRE OS SISTEMAS - LOGIN 6

7 Integração INTEGRAÇÃO BIOPEN - RELPEN 7

8 8 Linguagens e Ferramentas Linguagens Utilizadas: HTML PHP JavaScript PDO SQL CSS XML Ferramentas Utilizadas: Office (Word, Power Point, Visio) Servidor Apache (PHP) Banco de Dados (MySQL) Adobe Dreamweaver CS5 DIA JUDE MS Expression Blend Google Chrome TinyMCE ASSEMBLA SVN Tortoise

9 Plano de Atividades WBS BIOPEN 9

10 Plano de Atividades WBS RELPEN 10

11 Plano de Atividades WBS BLOGPEN 11

12 12 Funcionalidades Login/Logout de Usuário Cadastrar Exame Consultar Exames Alterar Exames Administrar Usuário BIOPEN RELPEN Consolidar dados Geração de Relatórios Geração de Gráficos Integração Biopen BLOGPEN Cadastro de Post Autenticar Usuário Comentar postagem Integração Biopen

13 Diagramas Diagrama de Casos de Uso BIOPENRELPENBLOGPEN 13

14 Diagramas Diagrama de Classe BIOPEN 14

15 Diagramas Diagramas de Classe RELPEN 15

16 Diagramas Diagrama de Classe BLOGPEN 16

17 Diagramas Diagrama de Sequência BIOPEN 17

18 Diagramas Diagrama de Sequência RELPEN 18

19 Diagramas Diagrama de Sequência BLOGPEN 19

20 IHM Estudo das Cores 20 Existem vários estudos que comprovam a influência das cores sobre o estado emocional, a produtividade e a qualidade do trabalho. O homem apresenta diversas reações a cores que podem deixá-lo triste, alegre, calmo ou irritado. Duvidas Freqüentes Que cores eu devo usar? Quantas cores eu devo usar? Estas cores são apropriadas? Como eu posso melhorá-las? Segundo Cybis (1997), para que a utilização das cores seja eficaz, deve-se tomar cuidado com dois aspectos: 1. A legibilidade final da informação; 2. Os efeitos das cores sobre a performance cognitiva do usuário;

21 IHM Cores 21 O código de cores deve satisfazer o propósito de cada software. O objetivo deste trabalho é essencialmente acadêmico, ele deve ter um elenco reduzido e equilibrado de opções de cores. As cores escolhidas para o desenvolvimento do sistema foram a cor verde (em algumas tonalidades) e o branco. O branco significa limpeza, cria a impressão de infinito, tem ótima aceitabilidade, contrasta harmoniosamente com qualquer outra cor. O verde significa normalidade e segurança, harmonia e equilíbrio. O verde, seja em tons mais claros ou escuros, é sempre indiferente e calmo.

22 VERSIONAMENTO SISTEMA Controle de Versão 22 Para controlar as versões do sistemas, para impedir que versão desatualizadas ou erradas sejam utilizadas, durante o desenvolvimento do sistema foi utilizado a ferramenta SVN e hospedagem dos arquivos no servidor Assembla.

23 VERSIONAMENTO SISTEMA Controle de Versão 23 Gerenciamento do desenvolvimento sistema através do Assembla.

24 24 Telas BLOGPEN Tela Principal A tela principal exibe os posts publicados em ordem cronológica, sem restrição de usuário, nesta tela também visualizamos os campos para entrada de dados login e senha, e um botão entrar.

25 25 Telas BLOGPEN Postar no Blog Permite ao usuário escrever um titulo para seu post e a mensagem para ser postada no blog. Nesta tela também verificamos um botão salvar

26 26 Telas BLOGPEN Meus Posts Traz na tela uma lista dos posts publicados no blog pelo usuário. Nesta tela o usuário pode deletar um post publicado

27 27 Telas BLOGPEN Meus Dados Tela onde os usuários poderão descrever seu perfil para ser visualizado por todos os utilizadores do Blog

28 28 Telas BIOPEN Cadastrar Exames Tela onde o pesquisador cadastrará novos exames concluídos, o cadastro esta organizado por menu accordion, o que possibilita que o usuário tenha todo o cadastro na mesma tela mas possa apenas olhar para a parte que interessa.

29 29 Telas BIOPEN Meus Exames Traz a lista de exames cadastrados pelo próprio usuário no sistema.

30 Telas BIOPEN Meus Dados Tela onde os usuários cadastrarão seu perfil para ser visualizado por todos os utilizadores do sistema 30

31 Telas RELPEN Gerar Relatórios Tela onde os usuários entrarão com os filtros para gerar os relatórios 31

32 Telas RELPEN Visualizar Relatório Tela de visualização do relatório solicitado 32

33 33 Conclusão Neste trabalho, o objetivo de desenvolver 3 sistemas que se integram sem que haja acesso de qualquer sistema direto ao banco da dados do outro foi atingido. Esta integração é feita através de solicitações por GET e resposta por XML. Além do cunho acadêmico, este software será utilizado dentro do Laboratório de Bacteriologia da Universidade Federal do Paraná Como o software foi construído e segregado por módulos, o software poderá ser integrado facilmente por outros módulos, inclusive incluindo novos setores dentro da UFPR. Conclusão


Carregar ppt "Desenvolvimento de Aplicações Corporativas – DAC BIOPEN – Analise, Melhoria e Implantação da Ferramenta WEB no Laboratório de Bacteriologia da UFPR. RELPEN."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google