A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nasceu em 6 de Janeiro de 1256, em Eisleben (Alemanha). Nada é sabido sobre seus pais, donde se supõe ter sido orfã. Ainda jovem ingressou no monastério.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nasceu em 6 de Janeiro de 1256, em Eisleben (Alemanha). Nada é sabido sobre seus pais, donde se supõe ter sido orfã. Ainda jovem ingressou no monastério."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Nasceu em 6 de Janeiro de 1256, em Eisleben (Alemanha). Nada é sabido sobre seus pais, donde se supõe ter sido orfã. Ainda jovem ingressou no monastério de Santa Maria em Helfta, sob a direção da abadessa Gertrudes de Hackeborn. Alguns estudiosos referem-se ao monastério como Cisterciense, pois foi fundado por sete irmãs da comunidade de Halberstadt.

4 Gertrudes dedicou-se aos estudos, tornando-se especialista em literatura e filosofia. Depois experimentou a conversão a Deus e iniciou uma caminhada de perfeição na vida religiosa, voltando seus talentos para o estudo das escrituras e teologia. Consagrou-se exclusivamente a Deus e progrediu de modo admirável no caminho da perfeição, levando uma vida extraordinária de oração e contemplação.

5 Produziu numerosos textos, mas somente dois deles: Revelações do Amor Divino, parcialmente escrito com outras monjas da comunidade, e Exercícios Espirituais, permanecem conhecidos até hoje. Teve várias experiências místicas, incluindo uma visão de Jesus, convidando-a a repousar sua cabeça em seu peito para ouvir seu coração batendo no compasso do divino amor. Morreu em Helfta, Saxônia, em novembro de Sua festa é celebrada em 16 ou 17 de Novembro. Foi canonizada pelo Papa Clemente XII no ano de 1677.

6 Tivestes sobre mim pensamentos de paz A minha alma Vos bendiga, Senhor Deus, meu Criador, a minha alma vos bendiga e do mais íntimo do meu coração Vos louvem as vossas misericórdias de que a vossa infinita piedade tão generosamente me envolveu. Eu Vos dou graças pela vossa imensa misericórdia e pela vossa paciente bondade para comigo.

7 Todos os anos da minha infância e puerícia, da adolescência e da juventude, quase até ao fim dos vinte e cinco anos, decorriam numa cegueira tão louca; pensava, falava e procedia segundo os meus caprichos e não sentia remorso algum de consciência. Dou-me conta disso agora. Não Vos prestava atenção alguma, mas apenas me deixava conduzir por uma repugnância natural e inata pelo mal e pelo gosto do bem, ou pelas advertências dos que me rodeavam.

8 Vivia como pagã entre pagãos, como se nunca tivesse ouvido dizer que Vós, meu Deus, recompensais o bem e punis o mal. E no entanto, já desde a infância, concretamente desde os cinco anos, Vós me tínheis escolhido para me admitir entre os mais fiéis dos vossos amigos na prática da santa religião.

9 Por isso, Pai amantíssimo, em reparação das minhas faltas, ofereço-Vos todos os sofrimentos de vosso Filho bem amado, desde aquela hora em que, deitado nas palhas do presépio, soltou o primeiro vagido, e tudo o que suportou depois: as dificuldades da infância, as fraquezas da idade pueril, as adversidades da adolescência e as provas da juventude, até ao momento em que, inclinando a cabeça, com forte brado expirou na cruz.

10 De igual modo, para suprir todas as minhas negligências, ofereço-Vos, Pai amantíssimo, toda aquela santíssima vida de vosso Filho Unigênito, perfeitíssima em todos os pensamentos, palavras e ações, desde a hora em que foi enviado do trono celeste e desceu à nossa terra até ao momento em que apresentou perante o vosso olhar paterno a glória da sua humanidade vitoriosa.

11 Em ação de graças e imersa no mais profundo abismo de humildade, louvo a vossa incomensurável misericórdia e adoro a dulcíssima benevolência pela qual, Pai de misericórdia, no meio da minha vida errante tivestes sobre mim pensamentos de paz e não de desgraça e quisestes elevar-me com a multidão e grandeza dos vossos benefícios.

12 Além disso, entre tantos favores, concedestes-me o dom inestimável da vossa intimidade e amizade, ao abrir-me aquela arca nobilíssima da divindade, a saber, o vosso Coração divino, no qual encontro o tesouro de todas as minhas alegrias. Finalmente, atraístes a minha alma com as fiéis promessas que desejais conceder-me na morte e depois da morte; e, por isso, ainda que não tivesse recebido de Vós nenhum outro benefício, este dom seria suficiente, por si só, para que o meu coração suspirasse continuamente por Vós com viva esperança.

13 17/11/2010


Carregar ppt "Nasceu em 6 de Janeiro de 1256, em Eisleben (Alemanha). Nada é sabido sobre seus pais, donde se supõe ter sido orfã. Ainda jovem ingressou no monastério."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google