A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Compreender que a riqueza do mundo traz muitas tentações, com as quais as pessoas humildes não têm de se confrontar. Perceber que por baixo de cada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Compreender que a riqueza do mundo traz muitas tentações, com as quais as pessoas humildes não têm de se confrontar. Perceber que por baixo de cada."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 Compreender que a riqueza do mundo traz muitas tentações, com as quais as pessoas humildes não têm de se confrontar. Perceber que por baixo de cada aparência exterior vivem pessoas com necessidades idênticas.

6 1º PASSO Compreender que a riqueza do mundo traz muitas tentações, com as quais as pessoas humildes não têm de se confrontar

7 Guarda-te para que te não esqueças do Senhor, teu Deus, … havendo tu comido e estando farto, e havendo edificado boas casas, e habitando-as, … e se acrescentar a prata e o ouro, e se multiplicar tudo quanto tens, se não eleve o teu coração e te esqueças do Senhor, teu Deus, … e digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza do meu braço, me adquiriu este poder. Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder; para confirmar o seu concerto, que jurou aos teus pais; como se vê neste dia.

8 As riquezas podem sufocar a semente do reino de Deus, plantada no nosso coração. Ser pobre não significa não ser abençoado por Deus. Perigo de encontrar consolo nos bens e não em Deus. Concentrarmo-nos nas riquezas pode tirar o nosso olhar do que é realmente essencial para a vida - Jesus. Uma luta acontecerá no coração daquele que tenta conjugar servir a Deus e as riquezas.

9 2º PASSO Perceber que por baixo de cada aparência exterior vivem pessoas com necessidades idênticas

10 Nicodemos foi atraído pelo Espírito Santo até à pessoa de Jesus, ao ver os sinais que Ele fazia. Sentia no coração uma insatisfação a sua vida, por isso buscou respostas em Jesus. Hoje, também encontramos pessoas insatisfeitas com as suas riquezas e fama e que podem encontrar em Jesus a resposta para as angústias da alma que a riqueza e a fama não podem preencher.

11 Poucos eram tão desprezados como os cobradores de impostos. Afinal de contas, eram eles os agentes dos odiados opressores romanos. Se Jesus Se tivesse guiado pela mesma cartilha que o resto dos Judeus, teria repreendido Zaqueu, logo ali, abertamente. Pensemos em como Jesus podia ter insultado Zaqueu e tê-lo humilhado em público. E o homem até o merecia, não era? Em vez disso, Jesus disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje Me convém pousar em tua casa (v. 5).

12 Há qualquer coisa de sublime na forma como Jesus Se aproximou de Zaqueu. Convidou-Se a Si próprio para ir à casa de Zaqueu, e, pouco depois, Zaqueu fazia esta declaração: Senhor, eis que dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado (v. 8).

13

14

15 Desejo conhecer o que diz a Bíblia sobre como lidar com os ricos e famosos? Desejo procurar conhecer a vontade de Deus para a minha vida material?

16 Como tem olhado para os ricos? Com desprezo, respeito, adoração? Ou como pessoas que carecem de Jesus como você? Analise durante esta semana os seus sentimentos em relação aos mais afortunados.

17 Que princípio bíblico da lição podemos usar hoje?

18 Deus quer salvar a todos, até os ricos e famosos. 1. Analisar o lugar das riquezas na minha vida. 2. Analisar o sentimento que tenho para com os afortunados. Julgar os ricos antes de conhecer as suas lutas. Durante a próxima semana, vou procurar pedir a Deus que me permita ver os ricos e famosos como meus irmãos no lar celestial e orar pelas lutas e provas que enfrentam.


Carregar ppt "Compreender que a riqueza do mundo traz muitas tentações, com as quais as pessoas humildes não têm de se confrontar. Perceber que por baixo de cada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google