A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Siderurgia a Carvão Vegetal. Siderurgia a Carvão Vegetal - Silvicultura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Siderurgia a Carvão Vegetal. Siderurgia a Carvão Vegetal - Silvicultura."— Transcrição da apresentação:

1 Siderurgia a Carvão Vegetal

2 Siderurgia a Carvão Vegetal - Silvicultura

3 Siderurgia a Carvão Vegetal - Lenha

4 Siderurgia a Carvão Vegetal - Fluxo de Caixa R$/ano

5 Siderurgia a Carvão Vegetal - Juros

6 Siderurgia a Carvão Vegetal - Custo da Madeira

7 Siderurgia a Carvão Vegetal

8

9

10

11

12 Vantagens do Alto Forno a Carvão Vegetal em Relação ao Alto Forno a Coque 1.Permite a operação com níveis térmicos 100 a 150 graus inferiores à operação com coque, resultando : Menor perda térmica por tonelada de gusa produzido no Alto Forno ; Menor desgaste do revestimento refratário (podendo-se usar um revestimento de menor custo).

13 Siderurgia a Carvão Vegetal 2. Permite operação com baixo volume de escória por tonelada de gusa (até 50% menor), resultando : Menor consumo de energia para fusão da escória ; Menor impacto ambiental com o resíduo escória ; Elimina a necessidade de dessulfuração do gusa, devido baixo nível de enxofre no gusa (menor que 0,012%) ; Geração de gás com maior poder calorífico (até 30% maior), com baixíssima contaminação de SO 2. Vantagens do Alto Forno a Carvão Vegetal em Relação ao Alto Forno a Coque


Carregar ppt "Siderurgia a Carvão Vegetal. Siderurgia a Carvão Vegetal - Silvicultura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google