A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Novo Organograma de Atividades Escoteiros do Rio Grande do Norte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Novo Organograma de Atividades Escoteiros do Rio Grande do Norte."— Transcrição da apresentação:

1 Novo Organograma de Atividades Escoteiros do Rio Grande do Norte

2 Coordenador Adjunto Assessoria de Imprensa INFRA ESTRUTURA CAMPO Segurança Saúde Comunicação Chefes de Tropa Sub-Campo PROFISSIONAIS VOLUNTÁRIOS Voluntário/Profissional Transporte Alimentação Banheiros LOJA Secretaria Horários PROGRAMA Módulos Chefes de Tropa STAFF SUBCAMPO STAFF Horários de Trabalho Coordenador da Atividade Diretoria Técnica FINANCEIRO Coordenador de Eventos

3 DIRETORIA TÉCNICA Coordenação de Eventos Responsável Geral pela Atividade. Responsável pela Supervisão da Aplicação do Programa nas atividades e Método Escoteiro. Responsável pela disponibilização da Infra Estrutura para a Atividade. Supervisionar o planejamento, a execução e avaliação das atividades. Ter contato direto com o Coordenador. Organograma de Atividades

4 COORDENADOR DE ATIVIDADE Coordenar a atividade, antes, durante e depois. Antes: Planejar Escolha do Local da Atividade. Prover o orçamento da atividade e buscar possíveis fornecedores/prestadores de serviço. Organização das equipes de Trabalho, das atividades para os participantes e Reuniões com os Coordenadores das Equipes/Acompanhamento. Contato com o Escritório Regional. Durante: Execução e Controle. Controlar todos os setores da atividade. Agir com responsabilidade nas decisões emergenciais da mesma. Consultar Diretoria Técnica Depois: Avaliar Reunião de Avaliação da Atividade.

5 Coordenador Adjunto Responsável pela função do Coordenador em sua ausência. Caminha sempre ao lado do coordenador, para juntos organizarem detalhes da atividade. Coordenador de Programa Responsável pela aplicação e controle do Programa da Atividade; Informa a todos os demais coordenadores a programação, bem como aos Chefes de Tropa. Caminhar sempre ao lado do coordenador, para juntos organizarem detalhes da atividade.

6 Coordenador de Campo Responsável pelo bem estar dos acampantes. Responsável pela verificação da Manutenção, Limpeza e Segurança do Campo. função do Coordenador em sua ausência. Caminha sempre ao lado do coordenador, para juntos organizarem detalhes da atividade. Coordenador dos Staffs (Equipe de Apoio) Responsável pela Identificação e Escala de Trabalho dos Staffs na Atividade. Responsável pela fiscalização do bom trabalho dos Staffs. Responsável pelo bem estar do Sub Campo Staff.

7 Assessoria de imprensa Ter experiência em atendimento ao público e estar sempre bem apresentado; Ter habilidade e conhecimento na escrita jornalística; Ter conhecimento das normas básicas de protocolo e fotografias; Ter um bom conhecimento do Movimento Escoteiro do Brasil, do Escotismo Mundial e do Projeto Educativo da UEB; Descrição das Funções: Apresentar aos visitantes e/ou Jornalistas informações sobre o Movimento Escoteiro e detalhes da organização e programação do evento, procurando salientar os aspectos mais importantes da atividade e do escotismo; Responsabilizar-se pelo grupo de visitantes, enquanto estes estiverem no local do evento; Orientar e colaborar no tratamento protocolar das autoridades; Auxiliar os repórteres, oportunizando-lhes, auxílio pessoal, equipamentos e materiais para facilitar seus trabalhos e elaboração de matérias dos eventos; Disponibilizar e explicar aos jornalistas e imprensa fotos, releases e informações sobre o campo e a atividade. Filmar e/ou Fotografar o maior número de momentos e aspectos do evento; Acompanhar as atividades do Programa e nas demais áreas do evento; Fornecer material para a produção de um vídeo do evento.

8 Financeiro (Serviço Profissional) Definir e emitir os recibos oficiais para as receitas da atividade. Administrar as contas da atividade, segundo orientação da Diretora Regional e Coordenador. Providenciar para que sejam contabilizadas todas as receitas da atividade, fomentando patrocínios e captação de recursos. Efetuar os pagamentos previsto no orçamento da atividade, mediante autorização da Diretoria Regional e Coordenador. Controlar a taxa de inscrição dos participantes. Preparar a Prestação de Contas em seu término. INFRAESTRUTURA

9 Banheiro (Serviço Profissional ou Contratado) Perfil Colaborador Acompanhante: Ter conhecimentos de conservação e limpeza de ambientes; Ter conhecimento de regras de higiene e limpeza de áreas de sanitários e lavatórios; Descrição das Funções: Atuar como elo entre a coordenação de seu setor e a equipe de limpeza e conservação especialmente contratada para o evento; Manter o controle sobre o recolhimento dos resíduos nas áreas do acampamento e demais eventos oferecidos; Zelar pelos equipamentos disponíveis no seu setor; Ter o controle de asseio nos sanitários e lavatórios do Evento, assim como também nas áreas de circulação; A proporção de Cada banheiro se dá na seguinte forma: Para cada 40 participantes 1 Sanitário Para cada 20 participantes 1 Chuveiro

10 Alimentação (Profissional) Perfil da Empresa: Ter conhecimento em organização de festas e jantares para muitas pessoas; Ter noções de higiene no manuseio, preparação e serviço dos alimentos; Ter referência no mercado. Descrição das Funções do Colaborador Acompanhante: Atuar como observador e verificador de qualidade, quantidades, horários e funcionamento em geral do restaurante de campo; Informar ao coordenador sobre o cardápio, condições de higiene, maneira de servir os alimentos, bem como do atendimento geral ao público participante nos horários das refeições; Auxiliar e orientar a entrada dos participantes no restaurante de campo; Acompanhar e auxiliar na distribuição dos alimentos nas bases de programa, quando estas assim estiverem programadas. Praça de Alimentação com mesas e cadeiras suficientes para um rodízio. 50% de vagas. Para cada 200 pessoas uma ilha de fornecimento de refeições.

11 Transporte (Profissional) Perfil da Empresa: Possuir, preferencialmente, experiência no setor, em eventos anteriores; Ter automóveis condizentes ao transporte do jovens. Ter motoristas capacitados ao trato com os passageiros. Descrição das Funções do Colaborador Acompanhante. Manter controle do deslocamento dos veículos em serviço, incluindo os ônibus ligados ao Programa do evento e demais setores; Atuar no estacionamento dos veículos, orientando sua circulação em áreas restritas; Manter planilha atualizada com a previsão de chegada e saída do transporte dos Grupos Escoteiros que participam do evento; Apoiar o setor de recepção e manter controle dos veículos utilizados no transporte receptivo no aeroporto e demais pontos de chegada na cidade.

12 Loja (Profissional e/ou Voluntário) *Em eventos Distritais, preferencialmente para o Grupo da Cidade Sede Ter, preferencialmente, experiência na área comercial de eventos anteriores; Possuir hábitos de sociabilidade e educação no relacionamento com o público; Ter experiência para tratar com valores. Descrição das Funções: Atender o público em geral atuando nos estabelecimentos comerciais do evento; Entregar, receber e vender os produtos de seu estabelecimento; Manter controle do estoque de sua base; Zelar pelos equipamentos e materiais sob sua responsabilidade ou de sua equipe de trabalho, bem como pela segurança dos mesmos; Emitir prestação de contas de toda movimentação financeira em seu encerramento.

13 Secretaria (Profissional e/ou Voluntário) Ter conhecimento na utilização de programas de computação como Word e Excel; e, Ter atitudes de urbanidade com pessoas e estar disposto a atender o público participante e visitante prestando sempre o melhor serviço. Descrição das Funções: Atender ao público em geral que venha a necessitar dos serviços da Secretaria; Receber dos participantes a Ficha de Saúde para a Enfermaria; Manter atualizado o mapa de distribuição em campo das tropas e participantes; Emitir relatórios setorizados das diversas áreas do evento, repassando informações dos participantes aos diversos coordenadores e chefes de sub-campos; Auxiliar na separação e entrega do enxoval aos responsáveis pelos Grupos Escoteiros; Ter conhecimento e controle de toda a movimentação em campo dos participantes, quando em atividade;

14 Coordenador Adjunto Assessoria de Imprensa INFRA ESTRUTURA CAMPO Segurança Saúde Comunicação Chefes de Tropa Sub-Campo PROFISSIONAIS VOLUNTÁRIOS Voluntário/Profissional Transporte Alimentação Banheiros LOJA Secretaria Horários PROGRAMA Módulos Chefes de Tropa STAFF SUBCAMPO STAFF Horários de Trabalho Coordenador da Atividade Diretoria Técnica FINANCEIRO Coordenador de Eventos

15 PROGRAMA Módulos Perfil do Candidato: Ter no mínimo formação em nível preliminar linha Escotista; Ter noções de segurança em atividades; Ter condições de realizar atividades físicas; Saber trabalhar em equipe. Descrição das Funções: Animar e motivar a participação dos jovens nos Módulos da atividade; Incentivar a aplicação do método escoteiro; Atender os jovens inscritos no evento nas atividades oferecidas pelo mesmo.

16 Chefes de Tropa Condutores das Equipes para as Bases, Módulos, locais da atividade conforme orientação do Coordenador do Programa Ter contato Direto com o Coordenador de Programa. Ter contato Direto com o Responsável pelos Horários. Animar a tropa. Saber agir bem em situações emergenciais para o controle da tropa.

17 Horários Ser responsável pelos horários da atividade. Adjunto do Coordenador de Programa Entregar a cada chefe de tropa e de módulos os horários atualizados. Ter contato Direto com o Programação e Alimentação.

18 CAMPO Supervisão de Sub campos Adjunto do Chefe de Campo Manter a ordem no Sub-Campo. Manter o Sub-Campo Limpo e Seguro. Supervisionar a Equipe de Infra-Estrutura e Limpeza.

19 Comunicação – Equipe de Rádio Responsável pela efetiva comunicação a distância entre os Coordenadores e Equipes nos Módulos. Manter os aparelhos de comunicação prontos para uso, e carregados. Organizar a lista de onde se encontram os equipamentos através de cautelas para os Coordenadores. Manter os padrões de comunicação e orientar o uso dos equipamentos.

20 Segurança Ter, preferencialmente, atuado no setor em algum evento escoteiro anterior; Saber trabalhar em equipe e ter atitudes de urbanidade no relacionamento com jovens; Apresentar-se sempre com discrição, e ter atitudes como ações preventivas, que contribuam para um ambiente harmonioso; Preferencialmente, ter trabalhado na área de segurança e ser escotista. Descrição das Funções: Agir preventivamente na segurança interna do evento; Auxiliar e orientar o público escoteiro nas reuniões gerais e eventos, evitando tumultos e agitações; Fazer a segurança interna do patrimônio do evento; Elaborar relatórios diários de ocorrências e também um geral a cada evento; Atender o público escoteiro de maneira cordial e educada, prestando auxílio quando solicitado; Informar aos coordenadores possíveis irregularidades no campo ou durante os eventos;

21 Saúde (Profissional e/ou Voluntário) Na área da saúde a orientação é que caso não haja equipe de enfermagem voluntária para o evento, se contrate profissionais. ENFERMEIRO Perfil do Profissional: Ser diplomado em curso superior de Enfermagem e estar exercendo a profissão; Ser, preferencialmente, membro do Movimento Escoteiro; Possuir urbanidade no trato com pessoas e ser disciplinado no cumprimento de suas tarefas e plantões. MÉDICO Perfil do Profissional: Ser diplomado em curso superior de Medicina e estar exercendo a profissão; Ser, preferencialmente, membro do Movimento Escoteiro; Possuir urbanidade no trato com pessoas e ser disciplinado no cumprimento de suas tarefas e plantões.

22 Descrição das Funções: Auxiliar e/ou coordenar o funcionamento e atendimento do hospital de campo, Coordenar o serviço de enfermagem; Manter controle dos relatórios e planilhas diárias de atendimento; Zelar pelo bom uso, segurança e conservação dos aparelhos e equipamentos disponíveis; Contribuir para um bom ambiente de trabalho durante seus plantões. Orientar sobre a segurança física, exposição de riscos e primeiros socorros em casos que necessitem; Cobrar a ficha de saúde de cada participante a fim de informar, no atendimento, possíveis situações emergenciais. Poderão ser utilizados técnicos de enfermagem ou socorristas habilitados e que estejam exercendo a profissão para a Equipe de Saúde. No entanto a orientação é que as equipes sejam coordenadas por Enfermeiros ou Médicos.

23 Coordenador Adjunto Assessoria de Imprensa INFRA ESTRUTURA CAMPO Segurança Saúde Comunicação Chefes de Tropa Sub-Campo PROFISSIONAIS VOLUNTÁRIOS Voluntário/Profissional Transporte Alimentação Banheiros LOJA Secretaria Horários PROGRAMA Módulos Chefes de Tropa STAFF SUBCAMPO STAFF Horários de Trabalho Coordenador da Atividade Diretoria Técnica FINANCEIRO Coordenador de Eventos


Carregar ppt "Novo Organograma de Atividades Escoteiros do Rio Grande do Norte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google