A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Realização: ABES. MONICA PORTO Escola Politécnica Universidade de São Paulo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Realização: ABES. MONICA PORTO Escola Politécnica Universidade de São Paulo."— Transcrição da apresentação:

1 Realização: ABES

2 MONICA PORTO Escola Politécnica Universidade de São Paulo

3 Porque eis que eu trago o dilúvio sobre a terra, para destruir, de debaixo do céu, toda a carne em que há espírito de vida; tudo o que há na terra expirará.. Genesis 6 (17)

4 Mas contigo estabelecere i o meu pacto; entrarás na arca, tu e contigo teus filhos, tua mulher e as mulheres de teus filhos. Genesis 7(7)

5 Que droga de viagem! Choveu o tempo todo!

6 Exemplos clássicos de proteção contra cheias BARRAGENS CANALIZAÇÃO DIQUES

7 Exemplos clássicos de convivência com cheias CASAS FLUTUANTES PALAFITAS

8 Clássicos exemplos de proteção contra secas BARRAGENS PARA IRRIGAÇÃO. Menos opções;. Irá causar racionamento ou, no pior caso, migração BARRAGENS PARA ABASTECIMENTO PÚBLICO

9 Mississipi, 2011

10 São Paulo, 2011

11 Nordeste e São Paulo, 2003 Abastecimento público afetado

12 DESAFIO: LIDAR COM O RISCO!

13 Investimento? Source: Priscoli, 2001 PROVAVELMENTE!!

14 Uso e Ocupação do Solo CERTAMENTE!! Rio Tietê, São Paulo Rio Pinheiros, São Paulo Rio Tamanduateí, São Paulo

15 Engenharia mal feita, projeto ruim, manutenção deficiente CERTAINLY!!

16 Engenharia mal feita, projeto ruim, manutenção deficiente CERTAMENTE!!

17 Falta gestão da demanda? Reuso? PROVAVELMENTE! !

18 Lugar comum: medidas estruturais e não estruturais Mas ainda existem muitas questões! quais? onde? como? quando? E as mudanças climáticas complicam ainda o problema! Possivelmente já identificamos três lições: Lição N. 1: não há receita Lição N. 2: as soluções são múltiplas Lição N. 3: inovação!

19 MEDIDAS ESTRUTURAIS 1. Estamos considerando adequadamente o RISCO? Estamos considerando adequadamente o período de retorno, ou seja, a falha? Necessitamos aumentar o faotr de segurança pois os sistemas estão se mostrando cada vez mais não estácionários (uso do solo, mudanças climáticas, ilhas de calor etc)? 2. A moderna engenharia indica que souluções que imitam o ciclo hidrológico são mais sustentáveis 3.Sabemos planejar medidas estruturais que respeitem o conceito de gestão integrada de recursos hídricos? 4. E a manutenção?

20 Aumento da capacidade de armazenamento subsuperficial

21

22 MEDIDAS NÃO ESTRUTURAIS 1. Restrições de uso e ocupação do solo 2. Gestão da demanda 3. PLANOS DE EMERGÊNCIA! PARA CHEIAS E SECAS! PREPARAÇÃO! 4. Instrumentos econômicos; incentivos, precificação etc 5. Mudanças institucionais 6. Pesquisas para adoção em larga escala de sistemas resilientes

23 Dois componentes importantes para qualquer processo: secas e cheias, medidas estruturais e não estruturais INFORMAÇÃO Dados Previsão em tempo real Modelos PROCESSO DECISÓRIO ADEQUADO Decisão técnica ebm fundamentada Aceito pela comunidade Preparação, Conscientização

24 Se estivermos preparados ao menos para a variabilidade natural, o aumento da frequência de eventos extremos pode ser mais gerenciável!

25 Desenvolvimento tecnológico, novas idéias, desenvolvimento institucional, decisões arrojadas, integração etc etc Vamos aceitar o desafio? Solução para São Paulo?

26


Carregar ppt "Realização: ABES. MONICA PORTO Escola Politécnica Universidade de São Paulo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google