A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 2 Introdução ao Desenvolvimento Sustentável e à Gestão Ambiental SHS0176 SHS0415 SHS0416.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 2 Introdução ao Desenvolvimento Sustentável e à Gestão Ambiental SHS0176 SHS0415 SHS0416."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 2 Introdução ao Desenvolvimento Sustentável e à Gestão Ambiental SHS0176 SHS0415 SHS0416

2 Conceituação - Gestão - Processo de articulação das ações dos diferentes agentes sociais que interagem em um dado espaço, com vistas a determinados objetivos, tendo como base princípios e diretrizes previamente acordados; - Compreende um conjunto de medidas e procedimentos bem definidos e que devem ser adequadamente aplicados a fim de se alcançar os objetivos estabelecidos.

3 Conceituação - GESTÃO AMBIENTAL - Conjunto de atividades, procedimentos, que visam garantir a utilização dos recursos ambientais observando-se os limites de sua exploração; - Ação institucional (do Poder Público) no sentido de implementar uma política ambiental.

4 - Entende-se que o planejamento está contido no sistema de gestão, uma vez que estrutura as diretrizes a serem seguidas nos planos de ação e pela própria gestão ambiental; - Cabe ao sistema de gestão fornecer a retroalimentação para que o planejamento possa adequar as diretrizes à nova realidade do sistema. SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

5 Sistemas de Gestão Ambiental no meio empresarial A inclusão do meio ambiente no processo decisório das organizações empresariais e a adoção de concepções administrativas e tecnológicas que resultem em resultados efetivos para a minimização dos problemas ambientais dificilmente ocorre de modo espontâneo. Mesmo assim, observa-se um crescente envolvimento das empresas em matéria ambiental

6 Gestão ambiental empresarial – INFLUÊNCIAS MERCADO SOCIEDADE EMPRESAS GOVERNO (ESTADO) fonte: Barbieri (2004)

7 FATORES EXTERNOS INDUTORES DE RESPOSTAS DAS EMPRESAS Papel do Estado Legislação: limita a liberdade da empresa para contaminar Comunidade Local benefícios: usufruir de um ambiente saudável; Meio Ambiente é bem comum Mercado Local, regional, nacional e internacional Fornecedores Bom desempenho ambiental ao longo da cadeia produtiva

8 Efeitos: Custos de produção (benefícios ambientais e sociais) COMPETITIVIDADE (dos países e das empresas) Instrumentos: Fiscalização do cumprimento da lei - controle (leis, normas), multas Econômicos – cobrança pelo uso dos recursos, incentivos para ações de proteção ambiental. ECONOMIA X MEIO AMBIENTE A estrutura orientada pelo Estado

9 A estrutura orientada pelo mercado DECISÃO = $ CAPITAL NECESSÁRIO TAXA DE RETORNO PERÍODO (RETORNO) RENTABILIDADE PASSIVO AMBIENTAL DESEMPENHO AMBIENTAL MINIMIZAÇÃO DE RISCOS A influência dos investidores EXIGÊNCIAS DOS INVESTIDORES SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL EFICIENTE

10 UTILIZAÇÃO DE RECURSOS ESCOLHA DE EMPREGADOS REQUISITOS DE DESEMPENHO (PRODUTIVOS E FINANCEIROS) EMPRESA PREÇO E QUALIDADE DO PRODUTO FINAL QUANTIDADE PRODUZIDA Na visão tradicional da empresa, a gestão se baseia apenas nos aspectos econômicos que dizem respeito ao funcionamento da empresa. Meio ambiente organizacional Empresa como instituição econômica

11 A influência dos consumidores A crescente conscientização da população em geral com relação às questões ambientais resulta na geração de uma classe de consumidor que procura cada vez mais utilizar produtos e serviços ambientalmente saudáveis (incluindo-se a fase do pós-consumo). Recentemente, agregaram-se às exigências ambientais as exigências de cunho social – saúde do trabalhador, relações com a comunidade, etc. Além disso, os consumidores podem decidir boicotar certo produto ou empresa que tenha uma imagem negativa diante de questões sócio- ambientais. As empresas têm desenvolvido mecanismos para diferenciar o desempenho ambiental de seus produtos diante desse tipo de consumidor – vide, por exemplo, o crescente número de elementos de rotulagem ambiental. A estrutura orientada pelo mercado

12 Conforme aumenta a capacidade de influência dos consumidores por produtos e serviços ambientalmente adequados, aumenta na mesma proporção o comprometimento das empresas pela manutenção e melhoria de seu desempenho. Com isso, aumenta a demanda por um sistema de gestão ambiental eficiente – basta lembrar que a obtenção de selos e certificados não garantem, na prática, um desempenho adequado. A influência dos consumidores A estrutura orientada pelo mercado

13 A RESPOSTA DA EMPRESA AOS ESTÍMULOS EXTERNOS E INTERNOS Reduzir Emissões 1.Instalar Tecnologia de Ponta de Tubo 2.Atividades de prevenção ao longo de todo o processo produtivo Uso mais eficiente de materiais e energia Diminuição de resíduos Reciclagem de materiais Reuso EFEITOS: melhor qualidade de produto; mais rentável; menores gastos de matéria prima e energia; redução ou eliminação de custos futuros com destinação adequada de resíduos; menores custos operacionais e de manutenção; menos complicações legais; menores riscos futuros para funcionários, popualaçãp e meio ambiente

14 Meio ambiente organizacional Empresa como instituição sociopolítica ATUAÇÃO DO ESTADO (ECONOMIA) ELEVAÇÃO DO PADRÃO ÉTICO A SER ALCANÇADO PELAS ORGANIZAÇÕES INFLUÊNCIA DOS STAKEHOLDERS MUDANÇA DE VALORES E IDEOLOGIAS SOCIAIS AMBIENTE INTERNACIONAL IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO EMPRESA

15 GESTÃO AMBIENTAL E COMPETITIVIDADE 1.Melhor Gestão Ambiental (maior inserção em mercados mais exigentes) 2.Design Adequado Ambientalmente (mais flexivel na instalação e operação custo menor e vida útil maior) 3.Redução do Consumo de Energia (redução dos custos de produção) 4.Redução do Consumo de Matéria Prima (redução dos custos de produção) 5.Uso de Materiais Renováveis (melhora imagem da empresa) 6.Otimização de Técnicas de Produção (aumenta a capacidade de inovação) 7.Otimização do Uso do Espaço Físico (economia de tempo e encurtamento de percursos)

16 OPÇÕES ESTRATÉGICAS DAS EMPRESAS FRENTE À LEGISLAÇÃO AMBIENTAL Não Cumprimento – Razões: custos envolvidos; baixa percepção da importância dos fatores ambientais Cumprimento – Estratégia reativa Cumprimento a Mais – Postura pó-ativa; incorporam instrumentos voluntários de política ambiental (selos ecológicos, ISO 14001) Excelênca Comercial e Ambiental – Premissa: gestão ambiental é boa administração; procuram desenvolver e projetar produtos e processos limpos; consideram poluição equivalente à ineficiência Liderança Ambiental – Incentivam sua força de trabalho para trabalhar com base numa ética ambiental. São as primeiras a assumir medidas de cunho ambiental.

17 GESTÃO AMBIENTAL DE PROCESSOS E DE PRODUTOS Gestão Ambiental de Processos: Técnicas de Produção Mais Limpa (P+L) Gestão Ambiental de Produtos: Análise do Ciclo de Vida (ACV) Certificação de Produtos (selos ecológicos) Ecodesign

18 GESTÃO AMBIENTAL DE PROCESSOS E DE PRODUTOS ECODESIGN O que é? Conjunto específico de práticas de projeto orientados para a criação de produtos e processos ecoeficientes, respeitando-se os objetivos ambientais, de saúde, de segurança durante todo o ciclo de vida destes produtos e processos. É focado, principalmente, no projeto e desenvolvimento de produtos. Procura a redução do consumo de matéria prima, de energia e de água para a fabricação de produtos.

19 ESTÍMULOS PARA A ADOÇÃO DE MÉTODOS DE GESTÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS 1.Estímulos Internos Necessidade de redução de custos Incremento da qualidade do produto (funcionabilidade, confiabilidade, durabilidade, facilidade de manutenção) Melhoria da imagem da empresa Necessidade de inovação Aumento da responsabilidade social Sensibilidade do pessoal interno

20 ESTÍMULOS PARA A ADOÇÃO DE MÉTODOS DE GESTÃO AMBIENTAL NAS EMPRESAS Estímulos Externos Demanda do mercado Concorrência Poder público e legislação ambiental Meio sócio-cultural (A sociedade está cada vez mais valorizando a qualidade de vida e, portanto, valorizando o meio ambiente saudável) Certificações ambientais Fornecedores

21 Gestão ambiental das organizações A visão moderna da empresa em relação a seu ambiente é muito mais complexa, pois ela é vista como uma instituição sociopolítica, a qual inclui aspectos sociais, valorizando aspectos que incluem distribuição mais justa da renda, qualidade de vida, relacionamento humano, realização pessoal etc. Assim, uma quantidade crescente de atenção, por parte das organizações, tem se voltado para problemas que vão além das considerações meramente econômicas, atingindo um espectro muito mais amplo, envolvendo preocupações de caráter político-social, tais como proteção ao consumidor, controle da poluição, segurança e qualidade de produtos, assistência médica e social, defesa de grupos minoritários etc. Isso tem pressionado as organizações a incorporar esses valores em seus procedimentos administrativos e operacionais e implementarem sistemas de gestão ambiental.

22 Instrumentos corretivos e preventivos. Conformidade legal. Auditorias ambientais. Certificações. SGAs (integrados ou não aos instrumentos anteriores). Adequação ambiental - P+L - ACV - rotulagem

23


Carregar ppt "Aula 2 Introdução ao Desenvolvimento Sustentável e à Gestão Ambiental SHS0176 SHS0415 SHS0416."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google