A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CURSO TECNICO EM ADMINISTRAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE – 3 ANO Professora: Daniele Ferreira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CURSO TECNICO EM ADMINISTRAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE – 3 ANO Professora: Daniele Ferreira."— Transcrição da apresentação:

1 CURSO TECNICO EM ADMINISTRAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE – 3 ANO Professora: Daniele Ferreira

2 ATENÇÃO PROVA DE GESTÃO DA QUALIDADE: DIRETRIZES: -Conteúdo trabalhado até a data anterior à prova; -Prova Individual; -Prova valerá 7,0 pontos. -Nota da prova deverá ser somada com mais duas outras avaliações do Bimestre: trabalhos.

3 ATENÇÃO E falando de trabalho... O trabalho para complementar mais 1,5 ponto à nota do Bimestre, será: PESQUISA EM CAMPO; -Identificar profissional da área da qualidade ou profissional que trabalhe em empresa que tenha a cultura da qualidade (certificações, sistema de gestão da Qualidade, etc); -Conversar, entrevistar o profissional e, se possível, visitar a empresa, com o objetivo de entender como funciona a cultura da qualidade na Organização. Considerando:

4 1)Existe área da Qualidade? 2)Quais suas principais responsabilidades? 3)A Empresa tem ou planeja ter alguma certificação? 4)Qual? Quanto tempo durou o processo de certificação? 5)Quais foram as principais dificuldades encontradas para a certificação e como foram conduzidas, resolvidas? 6)Qual a empresa certificadora? 7)Qual o órgão auditor (externo)? 8)Qual a periodicidade das auditorias internas e externas? 9)Há quanto tempo a empresa é certificada? 10) Quais as principais vantagens obtidas com a Certificação ou Sistema de Gestão da Qualidade?

5 Considerações finais: -O trabalho poderá ser desenvolvido em grupos: máximo de 4 integrantes; -Deverá ser apresentado para a Classe; -Data da Apresentação: ; -Deverá ser digitado e entregue para Professora na mesma data da Apresentação, ou seja,

6 -Tema da aula de hoje: Filosofia JIT, Kaizen e PDCA Relembrando o conceito de JIT, quando vimos sobre o Taylorismo e Toyotismo. O QUE É JIT?

7 TOYOTISMO – JIT: JUST IN TIME

8 FILOSOFIA JIT: JUST IN TIME Vamos nos aprofundar um pouco mais sobre a Filosofia JUST IN TIME. Histórico Surgiu no Japão, pós segunda Guerra Mundial, por volta dos anos 50, com a Toyota Motors, com o objetivo de produzir sob demanda, com qualidade equivalente aos automóveis norte-americanos, minimizando ao máximo desperdícios e tornando desnecessária a condição de estoque. Essa Filosofia passou a ser adotado a partir dos anos 70 por todos os fabricantes japoneses.

9 FILOSOFIA JIT: JUST IN TIME Evolução: O JIT tornou-se muito mais do que uma técnica de Gestão da produção, sendo considerado uma completa filosofia de gestão de materiais, gestão da qualidade, organização física dos meios produtivos, engenharia de produto, organização do trabalho e gestão de recursos humanos. A metodologia utilizada no JIT, ou seja, de produzir a partir da procura, considerando os produtos necessário, nas quantidades necessárias e no momento necessário, ficou conhecida como Método KANBAN. Esta nomenclatura é dada aos "cartões" utilizados para autorizar a produção e a movimentação de materiais, ao longo do processo produtivo.

10 FILOSOFIA JIT: JUST IN TIME Objetivos: 1)Entregar Produtos e \ ou serviços na hora certa para o uso imediato, buscando melhoria contínua do processo produtivo, que é obtida e desenvolvida através da redução dos estoques; 2) Just in Time, que significa no tempo justo, exige do administrador o abastecimento ou desabastecimento da produção no tempo certo, no lugar certo e na quantidade certa, visando capacitar à empresa a produzir somente o necessário ao atendimento da demanda, com qualidade assegurada; 3)Promover a otimização do sistema de manufatura, desenvolvendo políticas, procedimentos e atitudes para ser um fabricante responsável e competitivo. Para isso é necessário atingir metas: projetar a otimização dos processos, interagir bem com o cliente, obter relações de confiabilidade com fornecedores e clientes, adotar compromisso de melhoria contínua; 4)Buscar continuamente a melhoria do processo produtivo, reduzindo estoques. Estes permitem a continuidade do processo produtivo mesmo quando há problemas na produção. Ao se reduzir o estoque, os problemas que antes não afetavam a produção, torna-se agora visíveis, podendo ser eliminados.

11 FILOSOFIA KAIZEN Significa mudança para melhor. É uma palavra de origem japonesa que tem o significado de melhoria contínua na vida em geral: pessoal, familiar, social e no trabalho. Nas Organizações, permite baixar os custos e melhorar a produtividade. O pai do kaizen, o professor japonês Masaaki releva a importância do gemba (termo japonês que significa "local real"), o local de trabalho onde o verdadeiro valor é criado. Esta metodologia prevê o envolvimento de todos os colaboradores da empresa, especialmente porque é uma metodologia que não se concentra nas elites.

12 FILOSOFIA KAIZEN Para o kaizen, trabalha-se e vive-se de forma mais equilibrada e satisfatória possível, se pelo menos três quesitos forem atendidos: -Estabilidade financeira e emocional; -Clima organizacional agradável e; -Ambiente simples e funcional.

13 FILOSOFIA KAIZEN E OS 5`S Os 5s's são conceitos que funcionam como base do kaizen. Significam: Seiton: organização do material necessário para a produção de alguma coisa; Seiri: diz respeito a escolha entre coisas essenciais e não essenciais, separando as duas categorias, para que as coisas menos importantes fiquem guardadas e as essenciais prontas para utilização; Seiso: limpeza, indica que a área onde é feito o trabalho deve estar asseado, limpo, para que a produtividade não seja afetada; Seiketsu: higiene e manutenção de um ambiente satisfatório e sadio para os trabalhadores, as equipes; Shitsuke: disciplina, determinação, honra e caráter. Princípios que garantem o cumprimento dos anteriores e que facilitam o alcance do sucesso.

14 FILOSOFIA KAIZEN E OS 5`S Vídeo:

15 METODOLOGIA PDCA Tornou-se popular pelo Dr. W. Edwards Deming, que é considerado por muitos como o pai do controle de qualidade moderno.

16 METODOLOGIA PDCA As etapas sucessivas de cada ciclo PDCA são: PLANEJAR (PLAN): EStabelecer os objetivos e processos para fornecer resultados de acordo com o esperado ( meta); EXECUTAR (DO): Implementar o plano, executar o processo, fazer o produto. Coletar dados para mapeamento e análise dos próximos passos "VERIFICAR" e "agir; VERIFICAR (CHECK): Estudar o resultado atual e compará-Lo com os resultados esperados (objetivos estabelecidos no passo PLANEJAR), determinando quaisquer diferenças. AGIR (ACT): Tomar ações corretivas sobre as diferenças significativas entre os resultados reais e planejados. Analisar as diferenças para determinar suas causas. Determinar onde aplicar as mudanças que melhorem o processo ou produto.

17 METODOLOGIA OU CICLO PDCA Quando aplicado junto ao sgq pode implementar ações para atingir a melhoria contínua, assegurar a operação e controle dos processos produtivos. No SGQ podemos encontrar não conformidades nos processos e para tratar a não conformidade utilizamos o plano PDCA, que gera uma Ação Corretiva ou Plano de ação para eliminar a causa de uma não conformidade existente. Seguindo o Ciclo PDCA, podemos ter Ação Preventiva, ou seja, um Plano de ação para eliminar a causa de uma não conformidade potencial, visando eliminar ou reduzir a possibilidade de ocorrência. E a Ação de Melhoria, ou Plano de Ação para implementar melhorias contínuas nos processos.

18 METODOLOGIA PDCA

19

20 Por Hoje é só! Até nossa próxima aula!


Carregar ppt "CURSO TECNICO EM ADMINISTRAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE – 3 ANO Professora: Daniele Ferreira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google