A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

14IX UNIDADE 07 GESTÃO DE ESTOQUES. 1 ESTOQUES E TIPOS DE ESTOQUES - matérias-primas: materiais adquiridos pela empresa para que sejam processados e transformados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "14IX UNIDADE 07 GESTÃO DE ESTOQUES. 1 ESTOQUES E TIPOS DE ESTOQUES - matérias-primas: materiais adquiridos pela empresa para que sejam processados e transformados."— Transcrição da apresentação:

1 14IX UNIDADE 07 GESTÃO DE ESTOQUES

2 1 ESTOQUES E TIPOS DE ESTOQUES - matérias-primas: materiais adquiridos pela empresa para que sejam processados e transformados em bens acabados; - produtos em processo: produtos em que a empresa executou alguma espécie de processamento, mas que ainda não estão prontos para a ven- da; - produtos acabados: produtos finais de fabricação, prontos para a ven- da; - materiais de embalagem: materiais destinados à embalagem dos pro- dutos finais; - suprimentos: itens não regularmente consumidos na operação fabril. E stoques se referem às quantidades armazenadas de bens envolvidos no processo produtivo que são destinados à venda. Podem ser compos-tos por:

3 2 PROBLEMAS NO CONTROLE DE ESTOQUES (a) Custos associados aos estoques: excluindo o custo de aquisição das mercadorias, os estoques estão associados aos custos de pedir, aos custos de manter estoque e aos custos totais. - Custos de pedir: custos fixos administrativos que permitem o processo de aquisição das quantidades requeridas para reposição de estoque – custos de preencher pedido de compra, processar o serviço burocrático, receber e verificar pedido etc.; - Custos de manter estoque: custos necessários para manter sob sua posse certa quantidade de mercadorias por um determinado período – custos de armazenagem, de seguro, de deterioração, obsolescência etc.; - Custos totais: soma entre os custos de pedir e os custos de manter estoques. O s principais problemas evidenciados no controle de estoque envolvem a questão dos custos e das previsões de incertezas.

4 3 PROBLEMAS NO CONTROLE DE ESTOQUES (b) Previsão de incertezas: outro ponto considerável dentro do controle de estoque é a dificuldade de conseguir prever vendas futuras, bem como estimativas do tempo necessário para o ressuprimento (lead time). As empresas dispõem de alguns mecanismos que as auxiliam nessas previsões, porém nem sempre de forma muito precisa, como pesquisas de intenção e projeções com base no histórico de vendas passadas, por exemplo. O grande desafio é formular um pla- no de suprimento que minimize o custo total e que ao mesmo tempo mantenha um nível satisfatório de prestação de serviços aos clientes. Já que custos de manter e custos de pe- dir estoques apresentam comporta- mentos conflitantes, o necessário é encontrar um ponto de equilíbrio en- tre eles.

5 4 GESTÃO DE ESTOQUES O conceito de gestão de estoques abrange atividades de planejamento e controle relacionadas às compras, acompanhamento, armazenamento, produção e distribuição física. Sob o ponto de vista sistêmico, a gestão de estoques é entendida pelo planejamento do estoque e seu posterior controle e retroalimentação. P or envolver grandes quantidades de capital, a gestão de estoques é de grande importância para a empresa e permite reduzir os custos totais associados à aquisição e manutenção de materiais, o tempo de resposta ao mercado e os riscos de obsolescência. Para tanto, alguns procedimen- tos básicos precisam ser executados: - calcular o estoque mínimo, o estoque máximo e o lote de suprimento; - manter atualizada a ficha de estoque; - replanejar os dados quando houver razões para modificá-los; - emitir solicitações de compra quando atingir ponto de ressuprimento; - conservar o material comprado em condições adequadas.

6 5 GESTÃO E NEGÓCIOS GLOBAIS N aquelas organizações mais proativas, que já perceberam a necessidade de integrar suas diversas áreas de negócios, a estrutura da gestão de logística só é compreendida quando analisadas também as relações que mantém com todo o contexto empresarial. Hoje, a estrutura pode ser identificada da seguinte maneira:

7 6 TÉCNICAS DE GESTÃO DE ESTOQUE (a) Just in Time (JIT): consiste num sistema de produção derivado do método japonês kanban que visa atender as demandas conforme soli- citação dos clientes (sob encomenda). O JIT possibilita uma produção, com qualidade e sem desperdícios, na quantidade certa, no momento certo e no local certo. Sua aplicação requer alguns princípios: - qualidade; - velocidade; - confiabilidade; - flexibilidade; - compromisso. C onseqüências da aplicação do JIT: - redução do custo de compras; - diminuição do número de fornecedores e da burocracia; - menores níveis de estoque; - lead time reduzido; - redução de perdas com matérias-primas; - melhores níveis de serviço ao cliente.

8 7 TÉCNICAS DE GESTÃO DE ESTOQUE (b) Fluxo descontínuo de materiais: ao contrário do JIT, esse é o sistema clássico, baseado no método de empurrar estoques. À medida que os pedidos dos clientes chegam, eles são atendidos com os produtos acabados já produzidos e estocados nos depósitos. A reposição dos produtos é feita a partir de uma previsão de vendas, modificada de tempos em tempos. A desvantagem principal desse sistema é a demora no fluxo de informa- ções, que corre indiretamente até os fornecedores, e a conseqüente ne- cessidade de se ter grandes estoques. S ão dois os principais sistemas de empurrar estoques: (1) Quantidade fixa e período variável (2) Quantidade variável e período fixo

9 8 TÉCNICAS DE GESTÃO DE ESTOQUE (1) Quantidade fixa e período variável: a idéia é repor os estoques em uma quantidade fixa conhecida como lote econômico (Q) toda vez que se atingir um nível de estoque determinado chamado de ponto de reposição (PR). (2) Quantidade variável e período fixo: a idéia é repor os estoques em períodos fixos conhecidos como períodos de revisão (T) em quantidades variáveis correspondentes ao que falta para completar um nível máximo de estoque no momento da revisão.


Carregar ppt "14IX UNIDADE 07 GESTÃO DE ESTOQUES. 1 ESTOQUES E TIPOS DE ESTOQUES - matérias-primas: materiais adquiridos pela empresa para que sejam processados e transformados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google