A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Amine Paiva nº 01 Camilla Quiña nº 06 Henrique Miranda nº 10 Luisa Saito nº 16 Luiza Teixeira nº 17 Marina Boëchat nº 18 Pamela Silva nº 21 Região Norte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Amine Paiva nº 01 Camilla Quiña nº 06 Henrique Miranda nº 10 Luisa Saito nº 16 Luiza Teixeira nº 17 Marina Boëchat nº 18 Pamela Silva nº 21 Região Norte."— Transcrição da apresentação:

1 Amine Paiva nº 01 Camilla Quiña nº 06 Henrique Miranda nº 10 Luisa Saito nº 16 Luiza Teixeira nº 17 Marina Boëchat nº 18 Pamela Silva nº 21 Região Norte – Grupo 1 Colégio Maria Imaculada – 7º ano B

2 Índice Capa Índice Introdução Localização Características físicas da região e 6 clima relevo vegetação á 12 hidrografia á 15 Ocupação e exploração da região Setores da economia á 19 Processo de ocupação e 21 Floresta Amazônica á 35 Desenvolvimento Sustentável Reserva Extrativista Os povos das reservas extrativistas Imagens Curiosidades a 45 Bibliografia

3 Introdução Neste trabalho vamos falar das características, costumes e curiosidades da região norte. Gostamos de estudar e pesquisar sobre essa região,agora vamos compartilhar nosso conhecimento com vocês.

4 Localização ot.com.br/2010/08/mapa- da-america-do-sul.html rg.br/secoes/pagina/ 155/Nossas- Associadas armapas.com.br/ mapa-da-regiao- norte/

5 Características físicas da região

6 Clima O clima predominante da região norte é o equatorial. É caracterizado por ser um local quente, úmido e que tem muitas chuvas.O inverno é a estação do ano em que algumas regiões sofrem o efeito da friagem, que causa uma brusca queda de temperatura.Isso se explica pela presença de calor e de muita água. Essa combinação causa a evaporação; por isso, o ar tende ficar mais úmido. Na região norte chove todo dia.

7

8 Relevo A região norte apresenta os relevos : Planícies Planalto Depressão

9 Planície É uma área geográfica caracterizada por superfície relativamente plana (pouca ou nenhuma variação de altitude). São encontradas, na maioria das vezes, em regiões de baixas altitudes. As planícies são formadas por rochas sedimentares. Nestas áreas, ocorre o acúmulo de sedimentos. ca-de-2010-pode-influenciar-a-cheia-na- planicie-pantaneira-em-2011/111525

10 Planalto Os planaltos, também chamados de platôs, são áreas de altitudes variadas e limitadas, em um de seus lados, por superfície rebaixada. Os planaltos são originários das erosões provocadas por água ou vento. Os cumes dos planaltos são ligeiramente nivelados. 011/01/estrada-colonial-do-planalto- central.html

11 Depressão As depressões são regiões geográficas mais baixas do que as áreas em sua volta. Quando esta região situa-se numa altitude abaixo do nível do mar, ela é chamada de depressão absoluta. Quando são apenas mais baixas do que as áreas ao redor, são chamadas de depressões relativas. As crateras de vulcões desativados são consideradas depressões. É comum a formação de lagos nas depressões. mrking.blogspot.com.br/2011/04/relevo.html

12 Vegetação Floresta Amazônica Vegetação de mangues Esses são os principais tipos de vegetações da região.

13 Amazônia A Amazônia é uma floresta latifoliada (Latifoliadas é um termo que se usa para dizer que as folhas são largas.) úmida que cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul. Esta bacia tem sete milhões de quilômetros quadrados, dos quais cinco milhões e meio de quilômetros quadrados são cobertos pela floresta tropical. Esta região inclui territórios pertencentes a nove nações. A maioria das florestas está contida dentro do Brasil, com 60 por cento da floresta, seguido pelo Peru com 13 por cento e com pequenas quantidades em outros países.

14 Manguezais Características principais dos mangues: Presença de caranguejos que buscam seus alimentos no mangue. -A formação vegetal do mangue (plantas e arbustos) possui raízes externas (aéreas). Como o solo do mangue é pobre em oxigênio, este é obtido pelas plantas fora do solo. -Em função da diversidade da região, podemos dividir os mangues em: mangue- branco, mangue-vermelho e mangue siriúba.-As plantas possuem sementes compridas, finas e pontudas. Isto ocorre para facilitar a reprodução, pois quando caem no solo úmido, podem se fixar com mais facilidade. -O cheiro do mangue é bem característico, em função da presença de áreas salobras (com presença de sal). ambiente/ecossistema-manguezal- importancia-ambiental/

15 Hidrografia A região apresenta a maior bacia hidrográfica do mundo, a bacia amazônica, formada pelo rio Amazonas e seus milhares de afluentes (alguns inclusive não catalogados). Em um de seus afluentes (rio Uamutã) está instalada a Usina Hidrelétrica de Balbina e em outro de seu afluente (rio Jamari) está localizada a usina Hidrelétrica de Samuel, construída na cachoeira de Samuel. Devido ao tamanho do rio Amazonas, foram construídos muitos portos durante o curso do rio, destacando-se entre eles pelo volume de cargas transportadas os portos de Manaus no estado do Amazonas, de Santarém no Pará, e de Santana no Amapá. A foz do rio Amazonas apresenta um dos fenômenos naturais mais impressionantes que existe, a pororoca, uma perigosa onda contínua com até 5m de altura, formada na subida da maré e que costumeiramente é explorada por surfistas.. A segunda maior bacia hidrográfica da região (e a maior inteiramente brasileira) é a Araguaia- Tocantins.7 Num de seus rios integrantes (rio Tocantins), está instalada a UHE Tucuruí, uma das maiores usinas hidroelétricas do mundo.

16 Ocupação e exploração da região

17 3 setores da economia: Primário: O setor primário é o conjunto de atividades econômicas que extraem e/ou produzem matéria-prima. Muitos produtos do setor primário são considerados como matérias-primas levadas para outras indústrias, a fim de se transformarem em produtos industrializados /10/setor-primario-da-economia- nordestina.html calipse.com/2012/04/nova- ordem-mundial-26-igreja- catolica-e.html

18 Secundário: O setor secundário é o setor da economia que transforma matéria-prima, extraídos e ou produzidos pelo setor primário, em produtos de consumo, ou em máquinas industriais. acodaprevidencia/?p=975

19 Setor terciário: O setor terciário também conhecido como prestação de serviços, no contexto da economia, envolve a comercialização de produtos em geral, e o oferecimento de serviços comerciais, pessoais ou comunitários, a terceiros. -lanca-politicas-publicas-para-o-setor-de-comercio-e- servicos,55166,0.html#.UyDNDeOwJsc

20 Processo de ocupação Antigamente: O processo de ocupação na Região Norte ocorreu de forma efetiva no decorrer do século XX, a partir da iniciativa governamental de povoamento que instituiu diversos projetos de desenvolvimento.

21 Atualmente: Apesar dos esforços empregados, o processo de ocupação tem ocorrido sem nenhum tipo de planejamento, fugindo das mãos do poder político e dos órgãos de fiscalização, isso vem produzindo prejuízos e problemas socioambientais.

22 Situada na região norte da América do Sul, a floresta amazônica possui uma extensão de aproximadamente 7 mil quilômetros quadrados, espalhada por territórios do Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Equador, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. Porém, a maior parte da floresta está presente em território brasileiro (estados do Amazonas, Amapa, Rondônia, Acre, Pará e Roraima). Em função de sua biodiversidade e importância, foi apelidada de o "pulmão do mundo". Floresta Amazônica

23 A Amazônia e os efeitos do desmatamento Os solos amazônicos são pobres em nutrientes. Há extensas áreas impróprias para a prática agrícola. Além disso, a derrubada das árvores para a implantação de campos agrícolas e para o pasto dos animais impulsiona a degradação dos solos, pois eles ficam expostos á ação da erosão pela água da chuva. As espécies animais e vegetais na Amazônia já conhecidas correspondem a cerca de 11% do total mundial. Como a maior parte das espécies ainda não foi estudada, esse valor pode ser maior. No entanto, o desmatamento leva a destruição do HABITAT dessas espécies, podendo extingui-las antes mesmo de serem conhecidase estudadas. Segundo previsões de especialistas, se o desmatamento continuar no mesmo ritmo dos ultimos anos, mais da metade da floresta Amazônica deixará de existir num prazo de cinquenta a cem anos. Entre as principais causas da devastação da floresta, podemos citar a extração de madeira e a implantação de áreas agropecuárias. A questão da exploração de madeira, feita principalmente por grandes empresas madereiras nacionais e internacionais, é uma das atividades econômicas mais predatórias na Região Norte do Brasil.

24 Entre as principais causas da devastação da floresta, podemos citar a extração de madeira e a implantação de áreas agropecuárias. A questão da exploração de madeira, feita principalmente por grandes empresas madereiras nacionais e internacionais, é uma das atividades econômicas mais predatórias na Região Norte do Brasil. Outro problema grave ocorrido na Amazônia se refere a prática primitiva das queimadas, uma técnica barata de limpeza do terreno para a implantação da agropecuária, principalmente. Isso gera uma reação ecológica negativa em cadeia sobre todo seu ecossistema, além de prejudicar a vida das populações ribeirinhas e indigenas autênticas desse vasto território. ww.ocponline.com.br/materia/editoriais/mundo/832-desmatamento- da-amazonia-pode-causar-efeitos-graves-consequencias-para-as- pessoas-de-paises-vizinhos.html#.Ux9UkD9dWSo

25 Animais ameaçados de extinção A floresta amazônica, característica mais marcante da Amazônia, abriga inúmeros animais e ao mesmo tempo, serve de refúgio para espécies ameaçadas de extinção. De acordo com a gerente de fauna do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e analista ambiental, Sônia Canto, somente no Amazonas cerca de 40 animais estão ameaçados de extinção. Destruição de habitat, desmatamento, caça ilegal e tráfico de animais são apontados pela especialista em fauna amazônica como os principais fatores que levam, anualmente, novas espécies à lista de animais ameaçados de extinção. Sônia ressaltou que o costume de manter animais silvestres em ambiente doméstico também colabora para o status de ameaçados de extinção. Na Amazônia culturalmente se tem araras, papagaios, capivaras e até peixes-bois de estimação. São os chamados xerimbabos, afirmou.

26 Lista dos dez animais mais ameaçados de extinção 1. Peixe-boi Foto: Eduardo Gomes/Inpa

27 2. Onça-pintada Foto: Divulgação/Agência Acre

28 3. Tamanduá-bandeira

29 4. Uacari-branco Foto: Divulgação/Amazonastur

30 5. Sauim-de-coleira

31 6. Ariranha

32 7. Ararajuba Foto: Shutterstock

33 8. Macaco-aranha Foto: Shutterstock

34 9. Gato-maracajá Foto: Acervo/Ibama

35 10. Macaco-de-cheiro Foto: Divulgação/Centro Cultural dos Povos da Amazônia

36 Desenvolvimento Sustentável https://www.google.com.br/imghp?hl=pt-BR&tab=wi&ei=omEjU96GGcrJkAeXoICQCA&ved=0CAQQqi4oAg

37 O que é Desenvolvimento Sustentável A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual. Essa definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental

38 Reserva Extrativista Reserva de Desenvolvimento Sustentável é uma das categorias de unidades de conservação da natureza definidas no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natural do Brasil.

39 Os povos das Reservas Extrativistas As reservas extrativistas são territórios naturais habitados por populações tradicionais, cuja subsistência baseia-se em sistemas sustentáveis de exploração dos recursos naturais, desenvolvidos ao longo das gerações e adaptados às condições locais. Essas populações desempenham um papel fundamental na proteção da natureza, bem como na manutenção da diversidade biológica

40 Imagens Desenvolvimento sustentável https://www.google.com.br/imghp?hl=pt-BR&tab=wi&ei=omEjU96GGcrJkAeXoICQCA&ved=0CAQQqi4oAg

41 Curiosidades

42 Religiões A religião predominante é a católica. Algumas pessoas são veneradas como santas, apesar do não reconhecimento da Igreja Católica. Todos os anos no mês de janeiro, ocorre em Salvador a lavagem do Bonfim, uma tradicional celebração religiosa que tem como ponto alto a lavagem das escadarias da Igreja do Nosso Senhor do Bonfim pelos fiéis.

43 Danças Essa região contém vários tipos de danças pelos estados, como:Camaleão, Dança do Maçarico, Desfeitera, Carimbó, Marambiré, Lundu Marajoara, Marujada,Dança do Siriá, Xote Bragantino,Samba do Cacete,Retumbão,entre outros...

44 Rapadura Rapadura é um doce de origem açoriana ou canária em forma de pequenos tijolos, com sabor e composição semelhantes ao açúcar mascavo. Fabricada em pequenos engenhos de açúcar, surgiu no século XVI A rapadura é feita a partir da cana-de-açúcar após moagem, fervura do caldo, moldagem e secagem. O nome rapadura, originada do verbo raspar. Originou-se da raspagem das camadas espessas de açúcar presas às paredes dos tachos utilizados para a fabricação do mesmo.

45 Receita de Rapadura Ingredientes 5 xícaras de amendoim cru e moído no liquidificador 5 xícaras de açúcar cristal 1 e 1/2 xícaras de leite 1/2 xícara de nata 1/2 xícara de farinha de trigo Modo de Preparo Misture tudo antes de por no fogo Cozinhar até o ponto (quando desgrudar da panela) Retirar do fogo e mexer até que fique açucarado Despejar em uma superfície untada Esperar esfriar e cortar em quadradinhos https://www.google.com.br/imghp?hl=pt-BR&tab=wi&ei=omEjU96GGcrJkAeXoICQCA&ved=0CAQQqi4oAg

46 Bibliografia a-e-os-efeitos-do-desmatamento.html ca.htm ambiente/meio-ambiente-conheca-os-10-animais- ameacados-de-extincao-da-amazonia/ ntais/desenvolvimento_sustentavel/http://ambientes.ambie ntebrasil.com.br/florestal/artigos/desenvolvimento_sustent avel_na_ama https://www.google.com.br/#q=desenvolvimento+sustentav el+do+norte zonia.html


Carregar ppt "Amine Paiva nº 01 Camilla Quiña nº 06 Henrique Miranda nº 10 Luisa Saito nº 16 Luiza Teixeira nº 17 Marina Boëchat nº 18 Pamela Silva nº 21 Região Norte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google