A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Países platinos – Argentina, Paraguai e Uruguai. Países banhados pelos rios formadores do rio do Prata.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Países platinos – Argentina, Paraguai e Uruguai. Países banhados pelos rios formadores do rio do Prata."— Transcrição da apresentação:

1

2 Países platinos – Argentina, Paraguai e Uruguai. Países banhados pelos rios formadores do rio do Prata

3  Área: Km²  Capital:Montevidéu  População:3,4 milhões (2011);  Idioma:espanhol (oficial).  Moeda: peso uruguaio;  Política:República presidencialista.  Presidente:José Mujica (FA) (desde 2010).  PIB:US$ 40,3 bilhões (2010).  Renda per capita: mil dólares  IDH: 48º  Economia: fortemente baseada numa agropecuária de excelente qualidade. O país se destaca na produção de trigo, soja, lã, carne bovina e derivados de leite

4

5

6

7

8  Brasil e Argentina sempre disputaram o território que hoje constitui o Uruguai  Porque esse pequeno país se tornou autônomo em vez de ser incorporado por esses países?:  O Uruguai se constituiu como país independente em 1828 porque contou com o apoio do Reino Unido, na época a grande potência mundial  A economia uruguaia conheceu um período de grande desenvolvimento do fim do século XIX até meados do século XX. – pecuária bovina, exportação de lã e de carnes.  O padrão de vida do uruguaio era bem superior aos demais da América Latina.  Graças aos baixos índices de analfabetismo, à boa alimentação, às cidades limpas e bonitas, o Uruguai ficou conhecido como “ a Suíça sul- americana”

9  Crise a partir da década de 1960 – preço da carne e da lã sofrem quedas no mercado.  O governo contrai uma enorme dívida externa – resultado: queda no padrão de vida do uruguaio.  para piorar – período de militarização – golpe militar que implantou uma ditadura de 1973 a1985.  Atualmente – parte da recuperação econômica do país decorre do fato de que ele faz parte do MERCOSUL e vem exportando bastante para a Argentina e Brasil  O turismo, também contribui para aumentar a renda  Setor bancário também tem crescido bastante – tem a atraído grandes investimentos - Montevidéu é considerada a capital financeira sul- americana.

10  Área: Km²  Capital: Buenos Aires  População:40,8 milhões (2011);  Idioma:espanhol (oficial).  Moeda:peso argentino;  Política:República presidencialista.  Presidente:Cristina Kirchner (PJ) (desde 2007, reeleita em 2011).  PIB:US$ 368,7 bilhões (2010).  Renda per capita: mil dólares  IDH: 45°  Economia: agropecuária moderna e de excelente qualidade e alta produtividade, com produção de trigo, frutas temperadas, pecuária leiteira e bovina para produção de carne(maior concentração na região dos pampas). Também há grande produção de arroz e chá

11

12

13

14

15

16  Juntamente com o Brasil e México, é uma das três nações mais industrializadas da América Latina.  Do ponto de vista fisiográfico, a Argentina pode ser dividida em três porções principais:  Pampas  Andes  Patagônia

17  Regime militar – 1966 a  O padrão de vida do argentino que era elevado, cai drasticamente após  1999 – crise econômica e política – diminuição das exportações, por causa do elevado valor da moeda nacional, peso, em relação ao dólar – que era cotado ao mesmo valor  Resultado= em 2003, 1,4 milhões de Argentinos passava fome e 57% viviam abaixo da linha da pobreza. O desemprego atingia 18% da população  Em 2003 é eleito Nestor Kirschner, a Argentina faz acordo co o FMI, volta ao crescimento econômico  O desemprego e o número de pobres diminui  Em 2007 é eleita a esposa de Nestor, Cristina Kirschner

18  A rivalidade com o Brasil – disputas territoriais  Disputa com o Chile por áreas fronteiriças  Impasse com o Reino Unido pela posse das ilhas Falklands – Malvinas ( os britânicos denominam essas ilhas de Falklands, e os argentinos, de Malvinas

19  Área: km2.  Capital:Assunção.  População:6,6 milhões (2011);  Idioma:espanhol, guarani (oficiais).  Moeda:guarani;  Política:República presidencialista.  Presidente:Federico Franco (desde 2012).  PIB:US$ 18,5 bilhões (2010).  Renda per capita: mil dólares  IDH: 107°  Economia: industrialização fraca. Economia baseia-se na agricultura, com o cultivo de algodão, soja, mandioca, milho, tabaco, e silvicultura – extrativismo de madeira

20

21

22

23  Assim como a Bolívia, não tem saída para o mar – grande parte de suas exportações é feita pelo porto de Paranaguá, no Brasil  É o país mais pobre da América Platina e um dos mais pobres da América do sul  O padrão de vida da população é baixíssimo  Quase metade da população ainda vive no campo  O Paraguai oscila entre a influência da Argentina e do Brasil  Ambos os países já tentaram construir Hidrelétricas no rio Paraná – que serve de fronteira entre o Paraguai e esses dois países. O Brasil saiu na frente e construiu com o Paraguai a usina de Itaipu  O Paraguai não utiliza toda a energia a que tem direito, por isso, vendia ao Brasil, o que significava grande fonte de renda para o país ( o atual presidente suspendeu essa venda)

24 O comércio ilegal, operado por argentinos e brasileiros é importantíssimo para a economia paraguaia – são muitos os brasileiros e argentinos que atravessam as fronteiras para comprar eletrodomésticos, bebidas, aparelhos eletrônicos importados pelo Paraguai, voltando aos seus países sem pagar impostos sobre esses produtos

25  O Paraguai já viveu dias de prosperidade.Seu território já foi bem maior do que o atual, mas perdeu terras férteis para a Argentina e para o Brasil na famosa Guerra do Paraguai,iniciada em  Antes da guerra– o Paraguai passava por momentos de grande desenvolvimento  O ditador paraguaio da época, Solano Lopez, tinha ambições imperiais- queria formar o “ Grande Paraguai” e queria constar uma saída para o mar  A Guerra do Paraguai - a mais sangrenta que ocorreu na América do Sul, formou a chamada Tríplice aliança – Argentina, Brasil e Uruguai) contra o Paraguai.  O conflito de iniciou quando tropas paraguaias invadiram o norte da Argentina e o sul do Brasil, após esses dois países terem ajudado um general de oposição ao governo da época, a tomar o poder no Uruguai  Com a guerra, o Paraguai ficou arruinado: teve sua indústria praticamente destruída, perdeu cerca de 95% de sua população masculina e foi obrigado a entregar boa parte de suas melhores terras à Argentina e Brasil

26  A história da República do Paraguai no século XX se caracterizou por uma sucessão de golpes de Estado.  Em 1954, o General Alfredo Strossner assumiu o poder e instalou um regime ditatorial até 1989  Em 1999, uma nova crise política põe em risco a frágil experiência democrática dos paraguaio. O vice-presidente é assassinado – os golpistas desejavam implantar uma nova ditadura e precisavam se livrar de algumas lideranças  O golpe só não deu certo, como os anteriores, por causa da importância atual do MERCOSUL para a economia paraguaia – Brasil e Argentina ameaçaram expulsar o Paraguai caso um regime ditatória fosse implantado  Uma das cláusulas do MERCOSUL determina que apenas Estados democrático podem participar do Bloco e prevê punições ao país que desrespeitar as regras

27  IMPEACHMENT DE LUGO As mortes no campo desencadeiam uma grave crise política. O presidente Lugo é acusado de mau desempenho de suas funções durante o confronto, e a Câmara dos Deputados aprova pedido de abertura de processo de impeachment. Menos de 48 horas depois do início do processo, Lugo é destituído. Em seu lugar assume o vice-presidente Federico Franco, que havia rompido com Lugo.  Apesar de a Constituição paraguaia prever um julgamento político para a destituição do Presidente, a forma como o processo foi conduzido gera reação internacional. A agilidade com que Lugo foi destituído, a ausência do pleno direito de defesa do acusado e a falta de uma investigação formal que o incriminasse, levam os representantes da Unasul a classificar o episódio como um "golpe de Estado supostamente constitucional". Já o Mercosul decide suspender o país do bloco até as próximas eleições presidenciais, previstas para abril de 2013.


Carregar ppt "Países platinos – Argentina, Paraguai e Uruguai. Países banhados pelos rios formadores do rio do Prata."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google