A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CURSO TÉCNICO EM SECRETARIA ESCOLAR Módulo 2: Redação Oficial Profª Larissa Dantas Maio / 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CURSO TÉCNICO EM SECRETARIA ESCOLAR Módulo 2: Redação Oficial Profª Larissa Dantas Maio / 2013."— Transcrição da apresentação:

1

2 CURSO TÉCNICO EM SECRETARIA ESCOLAR Módulo 2: Redação Oficial Profª Larissa Dantas Maio / 2013

3 Redação Oficial Em uma frase, pode-se dizer que redação oficial é a maneira pela qual o Poder Público redige atos normativos e comunicações; Impessoalidade; Clareza e concisão; Padrão culto de linguagem; Formalidade e uniformidade; Pronomes de tratamento; Regras gramaticais.

4 As redações oficiais são documentos de caráter informativo ou normativo, geralmente expedidas por agentes públicos, dirigidos à própria administração pública, ou ao público enquanto cidadãos e instituições que formam a sociedade. Ex.: Entre secretarias de governo, entre escola e secretaria de educação, etc. Os princípios mencionados aplicam-se às comunicações oficiais, que devem sempre permitir uma única interpretação e ser estritamente impessoais e uniformes, o que exige o uso de certo nível de linguagem. Redação Oficial

5 Tipos de documentos oficiais Ata: registra fatos e decisões ocorridos em reuniões. Ex.: Ata de Reunião do Conselho Escolar Atestado ou Declaração: atesta/ declara uma situação ou ocorrência de um fato para um determinado fim. Ex.: Declaração de estudante para confecção da carteira de estudante. Comunicação Interna (CI): tipo de comunicado expedido dentro de uma repartição pública, que pode ser enviada por meio físico ou eletrônico. Ex.: Comunicado interno: Ponto facultativo em 20/04

6 Edital: é o ato pelo qual se faz publicar pela imprensa, ou nos lugares públicos, certa notícia, fato ou ordem, que deva ser divulgada ou difundida, para conhecimento das próprias pessoas nele mencionadas, bem como às demais interessadas no assunto. Ex.: Edital de concurso para secretário escolar Ofício: Correspondência protocolar entre entidades públicas ou particulares. Ex.: Ofício de solicitação de auditório Parecer: Opinião fundamentada expressa em resposta a uma consulta. Ex.: Parecer ao projeto de lei Tipos de documentos oficiais

7 Portaria: Documento oficial de ato administrativo destinado a dar instruções ou fazer determinações de várias ordens. Ex.: Portaria de exoneração, de regulamentação Requerimento: petição por escrito feita com as formalidades legais. Ex.: Requerimento de licença Tipos de documentos oficiais

8 Pronomes de tratamento Linguagem formal x linguagem informal Os pronomes de tratamento possuem a função de acompanhar ou substituir o nome, ou seja, o próprio substantivo, relacionando-o à pessoa do discurso. Eles representam a forma pela qual nos atribuímos às pessoas, tendo em vista o grau de proximidade ou hierarquia.

9 Qual pronome devo usar? PronomeAbreviaturas Singular Abreviaturas Plural Emprego vocêv. tratamento informal o(s) senhor(es), a(s) senhora(s) sr. sra.srs. sras.tratamento formal ou cerimonioso Vossa AltezaV.A.VV.AA.príncipes, princesas, duques Vossa EminênciaV. Em.aV.Em.ascardeais Vossa ExcelênciaV.Ex.aV.Ex.asaltas autoridades Vossa MagnificênciaV.Mag.aV.Mag.asreitores de universidades Vossa MajestadeV.M.VV.MM.reis, imperadores Vossa ReverendíssimaV.Rev.maV.Rev.massacerdotes Vossa SenhoriaV.S.aV.S.asautoridades, tratamento respeitoso, correspondência comercial Vossa SantidadeV.S. Papa, Dalai Lama

10 Alguns pontos a mais... Para uma boa redação, é necessário relembrar alguns pontos da língua portuguesa, em especial: Uso de letras maiúsculas e minúsculas, e Regras de pontuação: vírgula, ponto-e-vírgula, ponto final, reticências, dois-pontos, pontos de interrogação e exclamação, travessão, aspas e parênteses.

11 Fique de olho! Muitas pessoas não dão o devido valor à pontuação, acham que não há problemas em se esquecer uma vírgula, um ponto final, um parênteses ou simplesmente ignoram os sinais. No entanto, uma vírgula ou um ponto pode mudar todo o sentido de uma única oração. Observe: Eu ir lá claro que não. Agora veja: Eu, ir lá? Claro que não! Os sinais de pontuação representam as pausas e entoações de nossa fala. Eles dão à escrita maior clareza e simplicidade.

12 Qual sinal devo usar? SinalRepresentação gráfica SignificadoExemplo Ponto final. É utilizado na finalização de frases declarativas ou imperativas. Também usado em abreviaturas. Lembrei-me de um caso antigo. Sr. (senhor) Ponto de interrogação ? É utilizado no fim de uma palavra, oração ou frase, indicando uma pergunta direta. O diretor está? Que dia começam as aulas? Ponto de exclamação ! É usado no final de frases exclamativas, depois de interjeições ou locuções. Nossa! Essa festa está linda!

13 Qual sinal devo usar? Vírgula SinalPossibilidades de usoExemplos Vírgula (,) Na leitura, é o registro de uma pausa. Para separar o nome de localidades das datas. Para separar vocativos e apostos. Para separar expressões explicativas ou retificativas, tais como: isto é, aliás, além, por exemplo, além disso, então. Para separar orações coordenadas. Para separar orações adjetivas explicativas. Para separar o adjunto adverbial. Recife, 28 de junho de Meu filho, venha tomar seus remédios. Brasil, país do futebol, é um grande centro de formação de jogadores. O nosso sistema precisa de proteção, isto é, de um bom antivírus. Ela ganhou um carro, mas não sabe dirigir. A Amazônia, pulmão mundial, está sendo devastada. Com a pá, retirou a sujeira.

14 Qual sinal devo usar? Ponto e vírgula / Dois pontos SinalPossibilidades de usoExemplos Ponto e vírgula (;) Indica uma pausa mais longa que a vírgula, porém mais breve que o ponto final. Para itens de uma enumeração. Para aumentar a pausa antes das conjunções adversativas – mas, porém, contudo, todavia – e substituir a vírgula. Presentes na reunião: -Diretor; -Vice-diretor; -Secretário. Deveria entregar o documento hoje; porém só o entregarei amanhã à noite. Dois pontos (:) Indica algo após sua escrita, como uma citação ou explicação. Para iniciar uma enumeração. Para iniciar a fala de uma pessoa ou citação. Para indicar esclarecimento ou resumo do que já foi dito. A sala possui: -25 cadeiras; -2 armários. O diretor disse: Não falte! O Ministério de Saúde adverte: fumar é prejudicial à saúde

15 Qual sinal devo usar? Reticências/ Aspas SinalPossibilidades de usoExemplos Reticências (...) Indicam uma interrupção ou suspensão na sequência normal da frase. Para indicar suspensão ou interrupção do pensamento. Para indicar hesitações comuns na língua falada. Para indicar movimento ou continuação de um fato. Para indicar dúvida ou surpresa na fala da pessoa. Estava digitando quando... Não vou ficar aqui por que... por que... não quero problemas. E a bola foi entrando... Rodrigo! Você... passou no vestibular! Aspas ( ) Servem para realçar certa parte de um texto, gírias e etc. Para citações de falas ou nomes de livros Quando há palavras ou expressões populares, gírias, neologismos, estrangeirismos ou arcaísmos. Os Lusíadas de Camões tem grande importância literária. Paulo então gritou: Que comecem os jogos! Por favor, antes de sair, faça um backup!

16 Qual sinal devo usar? Travessão/ Parênteses SinalPossibilidades de usoExemplos Travessão ( - ) Usado para indicar a mudança de interlocutor ou destacar uma informação. Iniciar a fala de uma personagem Indicar mudança de interlocutor em um diálogo Para enfatizar alguma palavra ou expressão em um texto ou em substituição à vírgula. A menina enfim disse: - Não vamos nos preocupar com o porvir porque vamos dar nosso melhor hoje! - Vou fazer exercícios e preocupar mais com minha saúde. - Farei o mesmo. O grupo teatral – super elogiado pela imprensa – estava deixando o hotel esta manhã. Parênteses ( ) Usados para separar informações dentro do texto. Fazer um comentário ou explicação a respeito do que se escreve Indicar informações bibliográficas O novo Plano Nacional de Educação (Lei nº 8035/10) está em tramitação no Senado. É necessário manter continuamente, em termos coletivos, a intencionalidades das ações. (SAVIANI, 2010)

17 Exercício prático: Exercício prático: No texto abaixo foram retirados todos os sinais de pontuação. Leia e tente inserir os sinais necessários. Na multidão Saio de casa e a confusão começa ônibus passam que digo farfalham tilintam rosnam bondes chiam e estridem buzinas explosões batidos apitos estou em plena Cidade brasileira Sair de casa cansa mais que trabalhar Andar pelas ruas do Rio é quase tão estafante quanto quebrar pedras Não vou precisamente para parte alguma a esta hora não tenho pressa mas Disparam lotações voam automóveis motocicletas lambretas um ciclista desliza milagrosamente no caos e dobra lépido a primeira esquina O sinal fecha as pessoas estacam de golpe e ficam de motor roncando outras atravessam entre os veículos praguejam e quase me atropelam quando abre o sinal são pastas embrulhos quepes batedeiras relógios enceradeiras seres de um mundo velocíssimo que a todos leva de roldão GULLAR Ferreira O menino e o Arco íris 2001

18 Exercício prático Exercício prático Confira a resposta correta: Na multidão Saio de casa e a confusão começa: ônibus passam - que digo! – farfalham, tilintam, rosnam; bondes chiam e estridem buzinas; explosões, batidos, apitos - estou em plena Cidade brasileira! Sair de casa cansa mais que trabalhar. Andar pelas ruas do Rio é quase tão estafante quanto quebrar pedras. Não vou, precisamente, para parte alguma a esta hora, não tenho pressa, mas... Disparam lotações, voam automóveis, motocicletas, lambretas, um ciclista desliza milagrosamente no caos e dobra, lépido, a primeira esquina. O sinal fecha, as pessoas estacam de golpe, e ficam de motor roncando; outras atravessam entre os veículos, praguejam e quase me atropelam quando abre o sinal: são pastas, embrulhos, quepes, batedeiras, relógios, enceradeiras, seres de um mundo velocíssimo, que a todos leva de roldão. GULLAR, Ferreira. O menino e o Arco íris (2001)


Carregar ppt "CURSO TÉCNICO EM SECRETARIA ESCOLAR Módulo 2: Redação Oficial Profª Larissa Dantas Maio / 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google