A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A avaliação da paisagem para fins de desenvolvimento turístico AGROTURISMO E TURISMO ECOLÓGICO Prof. Giuliano Tostes Novais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A avaliação da paisagem para fins de desenvolvimento turístico AGROTURISMO E TURISMO ECOLÓGICO Prof. Giuliano Tostes Novais."— Transcrição da apresentação:

1 A avaliação da paisagem para fins de desenvolvimento turístico AGROTURISMO E TURISMO ECOLÓGICO Prof. Giuliano Tostes Novais

2 A Paisagem A paisagem de um lugar pode ser um recurso turístico valiosíssimo, pois pode determinar o maior ou menor grau de atratividade do local. As pesquisas de mercado, financiadas pelas agências de viagens, constataram que a grande maioria dos turistas escolhe o lugar de suas férias em função da paisagem e do clima agradáveis. No Brasil, esses motivos parecem evidentes, devido às dimensões continentais e aos diferentes tipos de paisagens, como serras, cachoeiras, florestas, praias, etc.

3 Metodologia de avaliação da paisagem Na avaliação visual da paisagem, são utilizadas principalmente fotografias aéreas. Os elementos paisagísticos avaliados podem ser os naturais (áreas florestadas, rios, lagos, vales, praias, serras) e os artificiais (edificações, arquiteturas modernas, construções históricas, rodovias, ferrovias, agricultura, reflorestamento, pedreiras). Sobre os aspectos da paisagem podem ser avaliados o predomínio de um elemento natural ou artificial, a raridade de um elemento paisagístico, a particularidade da paisagem, podendo ser positivos ou negativos, a complexidade topográfica, a presença de atividade turística na paisagem e a oferta turística.

4 Construção de um mosaico de imagens As fotocópias das fotografias são organizadas em forma de mosaico, ou seja, são unidas em sequência e recortados os excessos de sobreposição, o que resulta numa visão geral da paisagem. A partir da construção desse mosaico, a paisagem pode ser secionada em várias, como por exemplo: a paisagem 1 tem a presença de uma serra ao longo da rodovia. A paisagem 2 tem a presença de um vale. A paisagem 3 é caracterizada pela existência de balneários e pelo núcleo urbano do município. Por fim, a paisagem 4 é o limite entre as zonas urbana e rural, com características de uso mais agrícola.

5 Avaliação visual da paisagem: análise e discussão Para a avaliação visual da paisagem selecionada, são analisados primeiro os componentes visuais de cada paisagem, sendo estes classificados elementos naturais e artificiais. A seguir é feita a análise visual dos aspectos de cada paisagem, conforme a tabela abaixo: Aspectos VisuaisPaisagem 1Paisagem 2Paisagem 3Paisagem 4 Predomínio Relevo acidentadoVale/floresta nativaEdificações, balneários Agricultura Raridade Mata nativaVale/cânionLagos/vale- Particularidade Pedreira/ponte sobre vale Profundidade do vale BalneáriosReflorestamento Topografia Presença de serras e morros Serra, valePlana Existe Turismo? Não SimNão Oferta Turística Existe Não existe

6 Paisagem 1 - serra ao longo da rodovia A avaliação dos componentes dessa paisagem é considerada positiva, ou seja, é de interesse ao turismo. Como elementos naturais essa paisagem apresenta serras, mata nativa, vales e uma grande riqueza topográfica, desde morros de grandes altitudes até locais quase planos. Os elementos artificiais traduzem-se em oferta turística potencial para o turismo, seja através da rodovia, seja através das estradas vicinais que atravessam este local, ou devido à proximidade com o perímetro urbano. A tipologia que poderia ser desenvolvida é a de turismo ecológico devido aos recursos naturais descritos. Nesse local poderiam ser traçadas trilhas para caminhadas, com observação da fauna, flora e sobretudo da vista panorâmica. O turismo rural também poderia se desenvolver nesse local, através de estadias ou de comercialização de produtos agrícolas

7 Paisagem 2 – presença de um vale O elemento natural positivo de maior destaque é um vale de grandes proporções (suas paredes laterais são cobertas por mata nativa). Além disso, esse local é rico em recursos hídricos como lagos e rios. No que se refere aso componentes artificiais, observa- se um avanço de reflorestamento com espécies exóticas, o que em certos locais se estende até a borda do vale, sendo considerado, nessa paisagem, como um elemento de deterioração para a paisagem, e consequentemente para a atratividade turística local. Por outro lado a presença de recursos naturais, essa paisagem apresenta grande potencial para desenvolver o turismo ecológico. Como atividades dentro do ecoturismo, poderiam ser desenvolvidas atividades de rapel, caminhadas, mirantes, educação ambiental.

8 Paisagem 3 – balneários e núcleo urbano Nesta paisagem, o componente natural que chama bastante atenção são os lagos, presentes em grande quantidade. Esses lagos são os balneários. A altitude, acima dos 500 metros, e sua topografia são elementos que colaboraram para que essa paisagem fosse escolhida por muitas pessoas para morar, e ser hoje o perímetro urbano do município. Essa paisagem, apesar de ser na maior parte o perímetro urbano, apresenta uma riqueza de atrativos. Além dos balneários e do vale, observa-se que no rebordo há um grande número de propriedades rurais, com atividades agrícolas. Essa diversidade interessa ao turismo, As moradias rurais podem oferecer produtos, hospedagens e ser outra opção de lazer.

9 Paisagem 4 – uso agrícola Esse local, diferente das demais paisagens analisadas, caracteriza-se pela existência dos elementos naturais avaliados, os quais seriam de interesse turístico, sendo desprovidos de florestas nativas, vales e serras. É um local de vocação agrícola. Quanto aos componentes artificiais, possui rodovia, estradas vicinais, reflorestamento e agricultura. Devido à proximidade com a parte central do município, onde ocorre o turismo em balneários, há possibilidade de desenvolver outras tipologias, como o agroturismo, além de diversificar a produção agrícola para atender à demanda do fluxo turístico em outras partes do município.


Carregar ppt "A avaliação da paisagem para fins de desenvolvimento turístico AGROTURISMO E TURISMO ECOLÓGICO Prof. Giuliano Tostes Novais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google