A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria Elementar da demanda Curva de demanda É a representação gráfica das diferentes quantidades de um bem que os consumidores estão dispostos a comprar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria Elementar da demanda Curva de demanda É a representação gráfica das diferentes quantidades de um bem que os consumidores estão dispostos a comprar."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria Elementar da demanda Curva de demanda É a representação gráfica das diferentes quantidades de um bem que os consumidores estão dispostos a comprar aos diferentes preços por unidade de tempo. Lei da demanda: Expressa a relação inversa existente entre a quantidade demandada de um bem e seu preço. Indica que quanto maior o preço de um bem, menor será a quantidade demandada desse bem.

2 Teoria Elementar da demanda Elasticidade-preço da demanda É o conceito que mede a reação dos consumidores ás variações de preço. Formalmente, a elasticidade é o quociente da variação percentual da quantidade demandada de um bem pela variação percentual no preço do mesmo bem.

3 ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA A lei da demanda, que está expressa no declive da curva de demanda, é muito importante para o perfeito conhecimento da economia.Pois reflete o comportamento do consumidor. Entretanto, a lei de demanda não seria de grande valia se não pudesse ser operacionalizada, se não pudesse apresentar uma utilização prática. De fato, sabemos que, se o preço de um bem aumenta, a procura por esse bem diminui.

4 ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA Entretanto não dissemos nada a respeito da dimensão do aumento do preço do bem, isto é, de quanto foi o aumento, nem sobre a dimensão da diminuição da quantidade procurada. Para que o conceito de elasticidade-preço da demanda fique mais claro, vamos dar um exemplo.

5 ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA Ex. Suponhamos que os consumidores adquirem, ao preço de R$ 5,00, 5 kg de carne por semana.Consideremos agora que o preço da carne suba para R$ 9,00, 3 kg e verifiquemos, com o auxílio do conceito de elasticidade, qual será a reação dos consumidores a esse aumento de preço.

6 ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA Vamos agora interpretar melhor o conceito de elasticidade-preço da demanda, a partir do exemplo. A elasticidade é um conceito que mede a reação do consumidor às variações de preços em termos percentuais. Assim, em nosso exemplo, o preço da carne aumentou 80%, de R$ 5,00 para R$ 9,00. Os consumidores reagiram a esse aumento diminuindo a quantidade demandada em 40%, ou seja, de 5kg para 3kg por semana.

7 ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA A elasticidade-preço da demanda é -0,5, que é o resultado da divisão de -0,4 por 0,8. O sinal negativo que surge na elasticidade indica a lei da demanda., isto é, a relação inversa existente entre as variações de preço e as variações nas quantidades demandadas. De fato, um aumento de 80% no preço causa uma redução de 40% na quantidade demandada

8 ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA Finalmente, observamos que o conhecimento da elasticidade-preço da demanda de um bem é fundamental para o empresário que o produz, pois tal conhecimento lhe dará os reflexos das variações de preço sobre a demanda pelo seu produto.

9 Exercícios 1- Por que a escassez de recursos de produção origina os problemas econômicos fundamentais ( o que, quanto, como e pra quem produzir)? 2- O que vem a ser o turismo sustentável? 3- Na análise de dada economia de mercado, nota-se que o fluxo circular da renda é formado conjuntamente pelos fluxos real e monetário. Explique como funciona esse sistema. 4- Como pode ser conceituada a procura ou demanda turística? 5- De forma geral, como pode ser conceituado o produto turístico?

10 OFERTA TURÍSTICA Conceito A oferta turística pode ser definida como o conjunto de atrações naturais e artificiais de uma região, assim como de todos os produtos turísticos à disposição dos consumidores para satisfação de suas necessidades.

11 OFERTA TURÍSTICA A oferta turística é composta por uma quantidade de elementos naturais como : o clima, a configuração física ou geográfica, a flora, a fauna etc. E de elementos artificiais como : os fatores históricos, culturais e religiosos, os meios de transporte, as vias de acesso, os meios de hospedagem, etc.

12 OFERTA TURÍSTICA Classificação Podemos classificar a oferta turística em três categorias, a saber: Atrativos turísticos - Entende-se como atrativos turísticos todo o lugar, objeto ou acontecimento de interesse turístico que motiva o deslocamento de grupos humanos para conhecê-los.

13 OFERTA TURÍSTICA Dentre os principais atrativos turísticos podemos destacar: Os recursos naturais Os recursos histórico-culturais As realizações técnicas e científico- contemporâneas – exploração de minério, exploração industrial, obras de arte,etc. Os acontecimentos programados – congresso e convenções, feiras e exposições, etc.

14 OFERTA TURÍSTICA Equipamentos e serviços turísticos – Entende-se como equipamentos e serviços turísticos, também denominada de super- estrutura, pois inclui as principais instalações de superfície.São constituídos pelos meios de hospedagem, alimentação, entretenimento, agenciamento, etc.

15 OFERTA TURÍSTICA Dentre os principais equipamentos e serviços turísticos podemos destacar: Os meios de hospedagem Os serviços de alimentação Os entretenimentos Outros equipamentos e serviços turísticos : operadoras e agências de viagens

16 OFERTA TURÍSTICA Infra-estrutura de apoio turístico – A infra-estrutura de apoio turístico, ou simplesmente infra-estrutura, composta de todas as construções subterrâneas e de superfície, é formada pelo conjunto de edificações, instalações de estrutura física, serviços urbanos ( água, luz, saneamento).

17 OFERTA TURÍSTICA Dentre as principais sub-categorias da infra- estrutura de apoio turístico podemos destacar: As informações básicas do município Os sistemas de transportes Os sistemas de comunicações

18 OFERTA TURÍSTICA Outros sistemas – saneamento, água, gás, eletricidade, etc. Os sistemas de segurança – delegacia de polícia, corpo de bombeiros etc. O equipamento médico hospitalar – hospitais, clínicas, pronto-socorro etc.

19 OFERTA TURÍSTICA O conhecimento dos agregados turísticos é muito importante na realização do inventário da oferta turística de um país e indispensável no planejamento do turismo. Considera-se que todo e qualquer investimento em turismo deve demonstrar e justificar antecipadamente a sua contribuição para a economia do país.

20 OFERTA TURÍSTICA Assim como a demanda turística corresponde ao comportamento dos compradores, a oferta turística considera o comportamento dos vendedores de bens e serviços turísticos.

21 OFERTA TURÍSTICA Fatores que influenciam a oferta turística Os principais fatores que influenciam a oferta de um produto turístico são: 1- Preço do produto turístico Quanto mais alto for o preço de mercado do produto turístico, maior será o incentivo aos produtores em aumentar sua oferta.

22 OFERTA TURÍSTICA 2- Preços de outros bens e serviço Os produtores do turismo, no caso, as agências de turismo, as empresas de transporte, de hotelaria e outras, na concorrência para obtenção do lucro,investirão seus recursos na produção dos produtos turísticos que lhes proporcionarão melhores retornos. 3- Preço dos fatores de produção O preço dos fatores produtivos utilizados está direta e positivamente relacionado com o custo final dos produtos do turismo ofertados e com o lucro dos produtores turísticos.

23 OFERTA TURÍSTICA 4-Nível de avanço tecnológico Quanto maior for o avanço tecnológico, maior será o aproveitamento dos recursos disponíveis e, portanto, maior será a oferta dos produtos turísticos. Esse fato encontra-se relacionado aos efeitos dos custos de produção na oferta dos produtos.

24 OFERTA TURÍSTICA Característica da oferta turística É necessário que as empresas turísticas e as autoridades do setor tenham conhecimento de algumas peculiaridades que a oferta turística apresenta. Dentre elas podemos destacar.

25 OFERTA TURÍSTICA 1- Extrema rigidez - tornando difícil a transformação de sua utilização. Exemplo: a finalidade de um avião deve ser o transporte aéreo. 2- Intangível – na qual o consumidor compra um produto imaginário, pois a maioria dos serviços turísticos não podem ser tocados. Exemplo: viajar para o Japão desejando conhecer a cultura oriental. 3- Imobilidade – exigindo que o consumidor dirija-se até os produtos turísticos oferecidos. Exemplo: conhecer as Cataratas de Foz do Iguaçu.

26 OFERTA TURÍSTICA 4- Impossibilidade de estocagem- ou seja, a maioria dos produtos turísticos oferecidos não podem ser guardados para posterior consumo. Exemplo: o leito de um hotel ou o assento de um avião não ocupados. 5-Competitividade- pois não se caracterizando como uma necessidade básica do homem, a oferta turística está grandemente sujeita à concorrência de outros bens e serviços econômicos. Exemplo: realizar um cruzeiro marítimo ou comprar um carro novo?

27 OFERTA TURÍSTICA Por fim, devemos mencionar alguns aspectos da adaptação da oferta turística aos movimentos da demanda, conhecida por sazonalidade, que não deve ser considerada propriamente como uma característica, mas como uma conseqüência da demanda, que gera impactos econômicos significativos na oferta dos bens e serviços de uma região turística.


Carregar ppt "Teoria Elementar da demanda Curva de demanda É a representação gráfica das diferentes quantidades de um bem que os consumidores estão dispostos a comprar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google