A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Curso de Aprimoramento Prático Mediúnico - 1º ano Aula 6 – Recepção e transmissão de uma mensagem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Curso de Aprimoramento Prático Mediúnico - 1º ano Aula 6 – Recepção e transmissão de uma mensagem."— Transcrição da apresentação:

1 1 Curso de Aprimoramento Prático Mediúnico - 1º ano Aula 6 – Recepção e transmissão de uma mensagem

2 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 2 Curso de Aprimoramento Prático Mediúnico - 1º ano Este material foi inspirado no conteúdo programático do Curso de Aprimoramento Prático Mediúnico ministrado no CEOS - Centro Espírita Obreiros do Senhor ( ). O material foi complementado com textos retirados da internet (vide referências) e de livros espíritas, organizados pelos integrantes do Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo. O conteúdo do curso, bem como o material de apoio, está em constante atualização. Qualquer sugestão ou indicação de erros é bem-vinda.

3 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 3 Aula 6 – O que é necessário para receber uma boa comunicação? Emissor/Receptor Mediunidade Disciplina Conhecimento de si mesmo Vontade/Pensamento Concentração Sintonia Fusão Fluídica/Circuito mediúnico

4 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 4 Aula 6 – Emissor/Receptor Para haver uma comunicação é necessário que haja um emissor da mensagem e um receptor da mensagem. O Espírito é o emissor da mensagem, enquanto o Médium é o receptor da mensagem. Tanto o Espírito quanto o Médium podem impedir a comunicação.

5 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 5 Aula 6 – Mediunidade Toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Essa faculdade é inerente ao homem (Livro dos médiuns Cap XIV) Mediunidade é a faculdade que permite estabelecer contato com os espíritos. Algumas pessoas possuem uma maior sensibilidade, dizemos nesse caso que possuem uma mediunidade de trabalho. Não é privilégio do Espiritismo! Mediunidade é uma característica orgânica e não espiritual. A mediunidade é dada a imensa maioria dos médiuns como uma forma de resgatar dívidas (Mediunidade de prova).

6 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 6 Aula 6 – Responsabilidade da Mediunidade Antes de encarnarmos fazemos um planejamento reencarnatório com o objetivo de resgatarmos nossas dívidas. A maioria dos médiuns recebe a mediunidade como uma oportunidade para resgatar dívidas. A mediunidade via de regra, é oportunidade para o resgate do passado, com a conseqüente correção das próprias deficiências (...). Mediunidade em síntese, é obra de reabilitação Que o médium dentre vocês que não sentir com força de perseverar no ensinamento espírita, se abstenha; porque não aproveitando a luz que o aclara, será menos desculpável do que um outro, e deverá expiar sua cegueira.Livro dos Médiuns Cap.XXXIII, ítemIII

7 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 7 Aula 6 – Disciplina O bom médium deve procurar: Manter uma alimentação saudável Manter a calma e os pensamentos elevados Cumprir os horários Superar impedimentos (ter perseverança) Estudar, Estudar e Estudar Procurar na medida do possível aplicar os ensinamentos recebidos Só é possível conseguir alcançar esses objetivos se houver DISCIPLINA.

8 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 8 Aula 6 – Conhecimento de si mesmo Para que ocorra uma boa comunicação, é fundamental que o médium se conheça. O médium deve aproveitar as reuniões de desenvolvimento mediúnico para conhecer as sensações do próprio corpo. O médium deve treinar para sentir todas as fases do PACEM, de forma que com a prática consiga perceber a natureza de alguns espíritos e para que possa mais facilmente saber ligar e desligar o circuito mediúnico.

9 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 9 Aula 6 – Vontade/Pensamento Sem o conhecimento é impossível ter vontade de se melhorar. Mas ter apenas conhecimento não é suficiente. O conhecimento sozinho não implica em inteligência, razão, consciência, vontade ou disciplina. Muitas vezes, sabemos o que é correto e mesmo assim não aplicamos. Sabemos que devemos praticar bem mas não praticamos. Sabemos que alguns alimentos não fazem bem mas, mesmo assim, os ingerimos. Para termos um melhor controle da mediunidade, precisamos ter consciência dos mecanismos associados. Para alcançarmos a consciência é preciso usarmos nossa inteligência e nossa razão sobre o conhecimento adquirido. A partir do momento que temos consciência dos motivos e mecanismos da manifestação mediúnica, podemos usar nossa vontade para controlar esses acontecimentos.

10 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 10 Aula 6 – Importância da Vontade Conhecimento->Inteligência->Razão->Consciência->Vontade

11 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 11 Aula 6 – Concentração Concentração é a convergência de pensamentos para um determinado fim, é ter a atenção voltada para um único ponto. Antes de nos concentrarmos devemos fazer um relaxamento, objetivando esquecer nosso corpo, isto é, deixá-lo tão relaxado e sem tensões de tal forma que seria como se ele não estivesse ali. Devemos procurar reduzir a ansiedade, tornar a respiração equilibrada e profunda, melhorando, assim, a oxigenação e a frequência cardíaca. Silêncio e calmaria são necessários para atingir uma boa concentração. Para que se obtenha bons resultados é aconselhável a prática diária do relaxamento. Indica-se sentar-se ou deitar-se confortavelmente relaxando todo o corpo.

12 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 12 Aula 6 – Sintonia A sintonia com os espíritos ocorre quando emitimos ondas de frequência semelhante a dos espíritos. O trabalho assistencial favorece a sintonia com bons espíritos, que percebem a vontade e a disposição do medianeiro em querer trilhar o caminho certo. Assim, se aproximam deste com simpatia, auxiliando-o através de influências benéficas e de competente proteção espiritual. Não há sintonia Há sintonia

13 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 13 Aula 6 – Sintonia O médium só conseguirá reproduzir as ondas mentais das entidades que lhe são afins no momento, ou seja, as ondas que entrarem em sintonia com o pensamento do médium. Por isso, o bom médium deve procurar elevar seus pensamentos para entrar em contato com as entidades superiores. Imagens Fontes:

14 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 14 Aula 6 – Adequação vibratória médium/espirito Da mesma forma que o médium procura elevar suas vibrações, as entidades superiores procuram baixar seu nível vibratório para que possam ser sintonizados pelo médium.

15 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 15 Assim que o médium estabelece a sintoniza com o espírito comunicante iniciam-se as fases do PACEM. Nesse momento é criado o circuito mediúnico. Aula 6 – Fusão Fluídica/Circuito mediúnico Imagens Fonte: Vontade Apelo Vontade Resposta Corrente Elétrica

16 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 16 Aula 6 – Como o médium transmite a comunicação? Cada médium transmite as ondas do espírito comunicante de uma forma diferente, de acordo com o grau e tipo de sua mediunidade. Médiuns Sensitivos ou Impressionáveis: Pessoas capazes de sentir os Espíritos por uma vaga impressão, uma espécie de arrepio geral que elas mesmas não sabem o que seja. Médiuns de Efeitos Físicos: são capazes de produzir fenômenos materiais como movimentos dos corpos inertes, ruídos, etc. Podem ser conscientes ou inconscientes. Médiuns Audientes: são capazes de ouvir a voz dos Espíritos. Médiuns Falantes: emprestam suas cordas vocais para os espíritos ou recebem intuição do que estão dizendo. Médiuns Videntes: são capazes de ver os espíritos. Alguns podem ver espíritos mesmo acordados enquanto outros só podem ver em estado próximo ao sonambulismo.

17 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 17 Aula 6 – Como o médium transmite a comunicação? Médiuns Sonâmbulos: são capazes de ver, ouvir e conversar com espíritos durante seu estado sonambúlico. Médiuns Curadores: capacidade de curar por simples toques, pelo olhar ou mesmo por um gesto, sem nenhuma medicação. Médiuns Pneumatógrafos: capazes de obter a escrita direta. Médiuns Escreventes ou Psicógrafos: capazes de escrever os pensamentos dos espíritos. Médiuns Mecânicos: o espírito age diretamente sobre a mão do médium, independente da vontade do médium. Médiuns Intuitivos: o espírito age sobre a alma do médium fazendo este escrever.

18 Grupo da Fraternidade Fabiano de Cristo – 18 Mediunidade Compromisso e Responsabilidade Sérgio Biagi Gregório) Apresentação Ondas e Percepções – Centro Espírita Ismael (por Sérgio Biagi Gregório) Divina Ciência concentracao Aulas Anteriores e Referências das aulas anteriores Referências


Carregar ppt "1 Curso de Aprimoramento Prático Mediúnico - 1º ano Aula 6 – Recepção e transmissão de uma mensagem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google