A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Interface Homem Computador Profa. Cleiane Gonçalves Oliveira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Interface Homem Computador Profa. Cleiane Gonçalves Oliveira."— Transcrição da apresentação:

1 Interface Homem Computador Profa. Cleiane Gonçalves Oliveira

2

3 O que é interface? Interface é um lugar onde o contato entre duas entidades ocorre. A forma das interfaces reflete as qualidades físicas das partes na interação. A maçaneta de uma porta é projetada para se adequar à natureza da mão que irá usá-la.

4 O que é interface? A forma da interface também reflete o que pode ser feito com ela. O que muitas vezes é esquecido!

5 O que é interface? É uma superfície de contato que reflete as propriedades físicas das partes que interagem, as funções a serem executadas e o balanço entre poder e controle (Laurel, 1993).

6 IHC IHC é a disciplina preocupada com o design, avaliação e implementação de sistemas computacionais interativos para uso humano e com o estudo dos principais fenômenos ao redor deles.

7 IHC Uma eficiente interface homem x maquina. Uma eficiente interface homem x maquina

8 IHC Razões que justificam o investimento em interfaces Satisfação do usuário (lealdade) Vantagem competitiva (usabilidade) Minimização de custos posteriores (redução dos custos e tempos de treinamento dos usuários e custos de manutenção)

9 IHC

10 Objetivos de IHC Produzir sistemas usáveis, seguros e funcionais; Desenvolver ou melhorar segurança, utilidade, efetividade e usabilidade de sistemas que incluem computadores; Minimizar os erros no uso do sistema pelo usuário; Reduzir volume de suporte aos usuários; Otimizar uso da maioria dos recurso do programa que os usuários desconhecem; Diminuição de custos e maior satisfação de utilização por parte dos usuários; Tornar os sistemas aceitáveis.

11 Aceitabilidade de sistemas (Nielsen, 1993) Aceitabilidade de Sistemas Aceitabilidade social Aceitabilidade prática Usefulness Custo Compatibilidade Confiabilidade Etc. Utilidade Usabilidade Fácil de aprender Eficiente Fácil de lembrar Poucos erros Satisfação subjetiva

12 IHC - Objetivos A preocupação primeira deve ser a de melhorar o modo como as pessoas podem usar o computador para pensar e comunicar, observar e decidir, calcular e simular, discutir e projetar. A melhora do aspecto físico da interface do usuário proporciona maiores chances de sucesso de mercado. Para o computador enriquecer efetivamente o trabalho das pessoas é necessário analisar as capacidades e limitações humanas. Procurar entender os processos psicológicos das pessoas quando interagem com computadores.

13 IHC As pessoas não devem ter que mudar radicalmente para se adequar ao sistema, o sistema é que deve ser projetado para se adequar a seus usuários!

14

15 Multi(Inter)(Trans)disciplinaridade em IHC Ciência da Computação Psicologia Cognitiva Psicologia social e organizacional Ergonomia (Fatores humanos) Linguística Inteligência Artificial Filosofia, sociologia e antropologia Engenharia Design

16 Evolução IHC

17 Sketchpad (1963) Ubiquitous Computing (1991) Wii Smartpen Restaurante do futuro Microsoft Surface MIT

18 IHC As boas interfaces permitem: Médicos realizarem diagnósticos mais precisos; Crianças expandindo horizontes em ambientes de aprendizagem Artistas gráficos podem explorar mais possibilidades criativas Pilotos têm mais segurança em seus vôos. Frequentemente usuários têm que lidar com frustração, medo e falha quando encontram design excessivamente complexos, com terminologia incompreensível e caóticos.

19 Erros de interface.

20 O que pode acontecer com o usuário lidando com uma má interface?

21 IHC The ideal system so buries the technology that the user is not even aware os its presence. The goal is to let people get on with their activities, with the technology enhancing their productivity, their power, and their enjoyment, ever the more so because it is invisible, out of sight, out of mind. People should learn the task, not the technology. They shoul be able to take the tool to the task, not as today, where we must take the task to the tool. And these tools should folow three axioms of design: simplicity, versatility, and pleasurability. (Norman, 1998)

22 Atividade para a próxima aula Entregar dia 26/02.

23 Distribuição de pontos AtividadePontuação Atividades escritas15 Resenha de artigo15 Seminários20 Prototipação10 Inspeção de usabilidade20 Teste de usabilidade20

24 Resenha de artigo Escolher um artigo entre publicações de eventos na área de IHC completos-aceitos/ ihc/index.php?option=com_content&view=article&id=227&Ite mid=17

25 Seminários 1. Computação ubíqua 2. Computação afetiva 3. Uso de cores em design 4. IHC in-car (dispositivos para automóveis: GPS, players etc.) 5. IHC em dispositivos móveis 6. IHC em redes sociais 7. IHC em ambientes colaborativos 8. IHC em realidade virtual 9. Conceitos e técnicas para desenvolvimento de interfaces adaptativas 10. IHC em ambientes de aprendizagem 11. IHC em games e games sociais 12. IHC para um ambiente de vídeos on-line 13. Ted Nelson 14. Vannevar Bush 15. Licklider 16. Outros...

26 Outros links avalia%C3%A7%C3%A3o-de-interfaces-humano- computador avalia%C3%A7%C3%A3o-de-interfaces-humano- computador (IHC 2014) (IHC 2014

27 Bibliografia ROCHA, H. V.; BARANAUSKAS, M.C., Design e Avaliação de Interfaces Humano-Computador. Campinas: NIED/ UNICAMP, 2003 Nielsen, J. (1993) Usability Engineering. Academic Press, Cambridge, MA Sites interface-grafica.htm interface-grafica.htm


Carregar ppt "Interface Homem Computador Profa. Cleiane Gonçalves Oliveira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google