A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EVENTOS QUE POTENCIALIZAM A DEGRADAÇÃO DE PATRIMÔNIOS CULTURAIS E AMBIENTAIS DE SALVADOR PELA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE E PATRIMÔNIOS CULTURAIS NACIONAIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EVENTOS QUE POTENCIALIZAM A DEGRADAÇÃO DE PATRIMÔNIOS CULTURAIS E AMBIENTAIS DE SALVADOR PELA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE E PATRIMÔNIOS CULTURAIS NACIONAIS."— Transcrição da apresentação:

1 EVENTOS QUE POTENCIALIZAM A DEGRADAÇÃO DE PATRIMÔNIOS CULTURAIS E AMBIENTAIS DE SALVADOR PELA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE E PATRIMÔNIOS CULTURAIS NACIONAIS. REVITALIZAÇÃO DA BARRA

2 DO MEIO AMBIENTE CF Art Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. § 1º - Para assegurar a efetividade desse direito, incumbe ao poder público: IV - exigir, na forma da lei, para instalação de obra ou atividade potencialmente causadora de significativa degradação do meio ambiente, estudo prévio de impacto ambiental, a que se dará publicidade; VI - promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente; § 3º - As condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, a sanções penais e administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causados.

3 DO PATRIMÔNIO CULTURAL CF Art Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira, nos quais se incluem: V - os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico. § 1º - O Poder Público, com a colaboração da comunidade, promoverá e protegerá o patrimônio cultural brasileiro, por meio de inventários, registros, vigilância, tombamento e desapropriação, e de outras formas de acautelamento e preservação. § 4º - Os danos e ameaças ao patrimônio cultural serão punidos, na forma da lei.

4 REVEILLON

5 INÍCIO DA MANHÃ DO DIA 1º JANEIRO

6 MÚSICA NO PORTO EM JANEIRO

7 MUSICA NO PORTO E TRAVESSIA MAR GRANDE – SALVADOR AO MESMO TEMPO NA PRAIA DO PORTO DA BARRA

8 MARCO DE FUNDAÇÃO DA CIDADE E FORTE SÃO DIOGO. O PALCO FICA MONTADO O MÊS QUASE TODO PARA SHOWS APENAS EM UM DIA DA SEMANA.

9 DEGRADAÇÃO AMBIENTAL, CULTURAL E SOCIAL

10 CARNAVAL EM FEVEREIRO CONCENTRAÇÃO DE TRIOS E “MANIFESTAÇÕES CULTURAIS”

11 CALÇADAS E RUAS NO CARNAVAL

12 PAISAGEM E DEGRAÇÃO

13 ENTORNO DO FAROL DA BARRA PATRIMONIO HISTÓRICO NACIONAL

14 CAMAROTES, UM GRANDE NEGÓCIO.

15 O FUNDO DA FOLIA

16 UMA PARTE RETIRADA DO FUNDO DO MAR 10 DIAS APÓS O CARNAVAL

17 UM CRIME CONTRA O PATRIMONIO CULTURAL BRASILEIRO

18 ESPICHA VERÃO EM MARÇO

19 MAIS UM CASTIGO PARA A PRAIA DO PORTO DA BARRA

20 AREIAS DA TERCEIRA MELHOR PRAIA URBANA DO MUNDO APÓS UMA NOITE DE ESPICHA.

21 UM EVENTO CULTURAL...

22 OU MAIS UM CRIME AMBIENTAL E CONTRA O PATRIMONIO CULTURAL BRASILEIRO?

23 NÃO ADIANTA GASTAR RECURSOS PÚBLICOS COM UMA PUBLICIDADE INEFICAZ.

24 DINHEIRO PÚBLICO PARA DAR ESTES EXEMPLOS?

25 FORTE SANTA MARIA TOMBADO PELO IPHAN. ONDE ESTÁ A PROTEÇÃO DO ESTADO?

26 LIXO

27 A EXEMPLO DO MUSICA NO PORTO, ESTE PALCO FICA QUASE 1 MÊS MONTADO PARA SHOWS UMA VEZ POR SEMANA. BEM EM CIMA DO MARCO DE FUNDAÇÃO DA CIDADE. QUEM PAGA A CONTA?

28 UM PROJETO CARÍSSIMO QUE ACELERA O PROCESSO DE DEGRADAÇÃO DA BARRA E DA CIDADE. APENAS POR ESTAR NO LUGAR ERRADO.

29 ESTE É O FUNDO DO MAR DIA APÓS O ESPICHA. DINHEIRO PÚBLICO FINANCIANDO ISSO?

30 A VEZ DOS EVENTOS RELIGIOSOS. MAIS DEGRADAÇÃO, POLUIÇÃO SONORA E TRANSTORNO PARA O BAIRRO

31 MAIS EVENTOS NO ENTORNO DO FAROL DA BARRA

32 COPA DO MUNDO. AVANTE BRASIL !

33 INSANIDADE GENERALIZADA.

34 LIXO, BARULHO, AMBULANTES, BEBEDEIRA, MIJÕES...

35 UMA VERGONHA PARA A CIDADE

36 OS EVENTOS POTENCIALIZAM OS PROBLEMAS JÁ EXISTENTES

37 A POLUIÇÃO E A DESORDEM AUMENTAM

38 OS AMBULANTES SE MULTIPLICAM SEM QUALQUER CONTROLE

39 XIXI NO MATERIAL DE TRABALHO AGUA QUE CONSERVA OS PRODUTOS TAMBÉM UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA

40 VALE TUDO. SE PODE COLOCAR PALCO EM CIMA DO MARCO DE FUNDAÇÃO, POR QUE NÃO USÁ-LO COMO BANHEIRO? OLHA A MANCHA DENUNCIANDO O COSTUME

41 OS ESPAÇOS PÚBLICOS SÃO PRIVATIZADOS E VIRAM “PONTOS COMERCIAIS” SEM QUALQUER CERIMÔNIA

42 UMA CULTURA DEGRADANTE, CONTRÁRIA À SUSTENTABILIDADE, VAI ARRUINANDO PATRIMÔNIOS CULTURAIS NACIONAIS, SECULARES.

43 A QUALIDADE DE VIDA VAI SE PERDENDO. PROBLEMAS COM A SAÚDE PÚBLICA

44 PROBLEMAS COM A VIDA DOS OCEANOS

45 PROBLEMAS COM A IMAGEM DA CIDADE

46 PROBLEMAS COM A MENDICANCIA E A SEGURANÇA

47 DEPREDAÇÃO DOS PATRIMONIOS NACIONAIS

48 DESVALORIZAÇÃO E SUCATEAMENTO IMOBILIÁRIO. ESTA É A FRENTE DA PRAIA DO PORTO DA BARRA

49 DESTRUIÇÃO DE VIAS E EQUIPAMENTOS PÚBLICOS

50 DESTRUIÇÃO DA PRÓPRIA DIGNIDADE HUMANA

51 A BARRA DEVE SER PALCO DO SEU PRÓPRIO ESPETÁCULO!

52 A BARRA É UM MUSEU A CÉU ABERTO.

53 UM SANTUÁRIO DA VIDA MARINHA

54 UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO SUBAQUÁTICO COM NAUFRÁGIOS HISTÓRICOS COMO O MARALDI, O BRETAGNE E O GERMANIA NO FAROL DA BARRA, A MENOS DE 10 MTS DE PROFUNDIDADE

55 UMA PAISAGEM QUE MERECE RESPEITO

56 UM PATRIMÔNIO CULTURAL BRASILEIRO ONDE TOMÉ DE SOUZA DESEMBARCOU EM 1549 PARA FUNDAR A PRIMEIRA CAPITAL DO BRASIL

57 E ESTE É O MARCO DE FUNDAÇÃO DA CIDADE

58 ESTA É A BARRA DE HOJE SEM EVENTOS

59 EM UM FIM DE SEMANA QUALQUER

60 CENTENAS DE AMBULANTES MARCAM SEUS ESPAÇOS DE OLHO NOS EVENTOS DO VERÃO. A MAIORIA VENDENDO BEBIDAS ALCOÓLICAS A PREÇO DE ÁGUA MINERAL

61 BEBIDAS ALCOÓLICAS QUE AUMENTAM A FALTA DE EDUCAÇÃO, O VOLUME DE MIJÕES, A INSEGURANÇA, A POLUIÇÃO, A DESORDEM, OS PROBLEMAS DE SAÚDE PÚBLICA, O DESPRESO PELO VALOR DOS PATRIMÔNIOS LOCAIS, ETC... CENAS DA PRIMAVERA. E NO VERÃO? E COM OS EVENTOS?

62 O FORTE SANTA MARIA CASTIGADO. SEM EVENTOS...

63 VÃO OS VISITANTES E FICAM OS MORADORES. O DIA SEGUINTE A UM DIA DE SOL NA PRIMAVERA. SEM EVENTOS...

64 MORADORES QUE PAGAM UM DOS IPTUs MAIS CAROS DA CIDADE ENCONTRAM CENAS ASSIM APÓS UM DIA DE SOL. SEM EVENTOS...

65

66

67

68

69 SÓ PARA REFORÇAR, ESTA É A PRAIA DO PORTO DA BARRA, A 3º MELHOR PRAIA URBANA DO MUNDO. DIA DE PRIMAVERA SEM EVENTOS...

70 CRIME E CASTIGO

71 E COM OS EVENTOS? OS PROBLEMAS SE POTENCIALIZAM.

72 CONSIDERAÇÕES - OS EVENTOS SÃO ÓTIMOS PARA A CIDADE. DEVEM APENAS SER REALIZADOS EM LOCAIS ADEQUADOS (Área do aeroclube, Cidade Baixa, CAB, Area do Clube Português, Parque da Cidade, Parque de Pituaçu, etc...) - DEVE HAVER CONTRAPARTIDAS SIGNIFICATIVAS PELA EXPLORAÇÃO DAS ÁREAS TOMBADAS COMO PATRIMÔNIO CULTURAL POR SUAS CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS (Restauração de monumentos, vias e equipamentos públicos, etc...) - A BARRA PODE SER UM MODELO DE AÇÃO SUSTENTÁVEL (Ordenação de ambulantes, Policiamento Integrado, Conservação dos Patrimônios, Meio ambiente,Turismo...) - A BARRA NÃO PODE CONTINUAR SENDO EXEMPLO DE LOCAL ONDE INICIATIVAS CULTURAIS ACABEM POR DEGRADAR PATRIMÔNIOS CULTURAIS NACIONAIS DE IMPORTÃNCIA IMPAR.

73 A BARRA DE HOJE

74 A QUEM INTERESSA A PRIVATIZAÇÃO DOS LUCROS E A SOCIALIZAÇÃO DOS PREJUÍZOS?

75 O LUCRO DE ALGUNS COMPENSA O PREJUÍZO DE GERAÇÕES?

76 A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA QUER FAZER VALER A LEI PELA PROTEÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO, DAS ATUAIS E FUTURAS GERAÇÕES, POR SER ESTE UM INTERESSE DIFUSO, COLETIVO. A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA QUER FAZER VALER A LEI PELA PROTEÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO, DAS ATUAIS E FUTURAS GERAÇÕES, POR SER ESTE UM INTERESSE DIFUSO, COLETIVO. A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA É PARCEIRA DOS ÓRGÃO PÚBLICOS E A PRÓPRIA INICIATIVA PRIVADA PARA FAZER VALER OS ARTIGOS 216 (PATRIMÔNIOS CULTURAIS) E 225 (MEIO AMBIENTE) DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA É PARCEIRA DOS ÓRGÃO PÚBLICOS E A PRÓPRIA INICIATIVA PRIVADA PARA FAZER VALER OS ARTIGOS 216 (PATRIMÔNIOS CULTURAIS) E 225 (MEIO AMBIENTE) DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. ESTÁ NA HORA DE REPENSAR OS EVENTOS NA BARRA. ESTÁ NA HORA DE REPENSAR OS EVENTOS NA BARRA.

77 A BARRA DEVE SER PALCO DO SEU PRÓPRIO ESPETÁCULO ! FIM


Carregar ppt "EVENTOS QUE POTENCIALIZAM A DEGRADAÇÃO DE PATRIMÔNIOS CULTURAIS E AMBIENTAIS DE SALVADOR PELA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE E PATRIMÔNIOS CULTURAIS NACIONAIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google