A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Data: 22 Julho de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: 266519410 Fax: 266519410 Tlm: 927051540 STC 5 Redes de Informação e Comunicação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Data: 22 Julho de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: 266519410 Fax: 266519410 Tlm: 927051540 STC 5 Redes de Informação e Comunicação."— Transcrição da apresentação:

1 Data: 22 Julho de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: Fax: Tlm: STC 5 Redes de Informação e Comunicação

2 STC 5 Redes de Informação e comunicação

3 STC 5 – Redes de informação e comunicação Entender as comunicações rádio em diversos contextos.

4 Invenção da escrita Desde o inicio dos tempos o homem tentava comunicar. Na Pré-História o homem procurava expressar-se através de desenhos pintados nas paredes de cavernas.

5 História da escrita Mesopotâmia Foi Mesopotâmia que a escrita foi elaborada e criada. (4000 a.C) Usavam placas de barro, onde cunhavam esta escrita. Egipto Os egípcios antigos também desenvolveram a escrita; Existiam duas formas de escrita no Antigo Egipto: a demótica (mais simplificada) e a hieroglífica (mais complexa e formada por desenhos e símbolos). Hieróglifos

6

7 O alfabeto é ( e sempre foi) uma ferramenta indispensável na nossa comunicação. A palavra é de origem grega (alphabetos), através do latim (alphabetum), constituída pelas duas primeiras letras do alfabeto grego (alfa e beta, correspondentes às nossas letras A e B, respectivamente), e significa um conjunto de letras usadas para escrever.

8 As necessidades modernas da comunicação Já referimos o conceito de comunicação e a sua necessidade inicial, bem como a sua ferramenta primordial- Alfabeto. Vamos agora centramo-nos sobre as COMUNICAÇÕES RÁDIO- tema do módulo.

9 Som O som propaga-se no ar através de um movimento ordenado das partículas que o constituem. Quando fazemos vibrar as nossas cordas vocais, ou quando tocamos uma nota musical num instrumento, fazemos com que as partículas do ar que nos rodeiam entrem numa oscilação que dá origem ao som que ouvimos. A propagação do som no espaço deve-se ao facto de umas partículas transmitirem o seu movimento às suas partículas vizinhas (e assim sucessivamente), levando a que a oscilação inicialmente produzida nas nossas cordas vocais ou instrumento musical se propague através do espaço aberto, até chegar aos nossos ouvidos.

10 O que acontece na onda: Uma perturbação é causada, por alguém ou por alguma fonte, e esta perturbação propaga-se de um ponto para o outro na forma de impulsos. Veja alguns exemplos: Uma pessoa movimenta a extremidade de uma corda, e a perturbação propaga-se até a outra extremidade; Um terramoto no fundo do mar causa uma perturbação nas águas do oceano, e esta perturbação propaga-se até encontrar algum continente, causando ondas gigantes conhecidas como Tsunamis. Estas ondas causam muita destruição quando chegam às praias; Um altifalante causa uma perturbação nas moléculas de ar, e esta perturbação propaga-se até nossos ouvidos permitindo que possamos ouvir o som gerado pelo mesmo. Ondas

11 Existem dois tipos de ondas: Mecânicas Electromagnéticas Existem dois tipos de ondas: Mecânicas Electromagnéticas

12 Ondas mecânicas e electromagnéticas Ondas mecânicas são aquelas que precisam de um meio material para se poderem propagar. A perturbação causada no dominó somente se move por causa dos dominós, sem eles ela nem existiria. Como exemplo temos as ondas no oceano, o som, etc. Todas são perturbações causadas em meios materiais. Já as ondas electromagnéticas não precisam de meios materiais para irem de um lugar para o outro. A perturbação é causada em campos electromagnéticos e propaga-se através deles. A luz é um bom exemplo deste tipo de onda. Note que a luz do Sol chega até nós mesmo existindo vácuo no espaço. Outros exemplos de ondas electromagnéticas são as microondas, as ondas de rádio, etc.

13 Basicamente existem dois tipos de ondas Ondas transversais Ondas longitudinais

14 Características das ondas Amplitude Velocidade de propagação Comprimento de onda Período Frequência

15 Amplitude Imagine um barquinho no oceano, e imagine que uma onda passe por ele (uma onda que ainda não "estourou", logicamente). Obviamente o barquinho irá subir e descer. Pois bem, a amplitude da onda que passou pelo barquinho é dada pelo quanto ele subiu ou desceu. Se por exemplo o barquinho subiu 5 cm, dizemos que a amplitude da onda que passou por ele é de 5 cm. Veja o desenho.

16 Note que no primeiro exemplo a amplitude da onda que faz com que o barquinho suba e desça é maior que a amplitude da onda mostrada no segundo exemplo. O ponto mais alto da onda chama-se crista, e o ponto mais baixo denomina-se vale. Nos dois esquemas podemos ver um barquinho na crista da onda e o outro no vale.

17 Velocidade Toda onda possui uma velocidade de propagação. Geralmente a velocidade da onda depende muito do meio material onde ela se move. Esta velocidade é calculada sabendo a distância percorrida num determinado período de tempo. Nota: A velocidade do som é de aproximadamente 340m/s

18 Comprimento de onda O comprimento de onda, representado pela letra l (lâmbda), mede a distância entre duas cristas consecutivas da mesma onda, ou então a distância entre dois vales consecutivos da mesma onda.

19 Período (T) O período de uma onda é o tempo que se demora para que uma onda seja criada, ou seja, para que um comprimento de onda, ou um l, seja criado. O período é representado pela letra T.

20 Frequência A frequência representa quantas oscilações completas * uma onda dá a cada segundo. * Uma oscilação completa representa a passagem de um comprimento de onda - l. Se por exemplo, dois comprimentos de onda passarem pelo mesmo ponto em um segundo, dizemos que a onda oscilou duas vezes em um segundo, representando que a frequência dela é de 2 Hz.

21 Trovoada

22 Espectro electromagnético Exercícios

23 Equipamentos electromagnéticos usados para comunicar Telegrafo eléctrico com fios, ~1840 (Morse) Telecópia (fax), ~1843 (Alexander Bain) Telefone eléctrico com fios, ~1876 (Bell) Telegrafo eléctrico sem fios, ~1894 (Marconi) Radiofonia,~1905 (Reginald Fessenden) Televisão,~1920 (Charles Jenkins, Paul Nipkow) Telefone sem fios (telemóvel), ~1946 Satélites de comunicações, ~1962 Redes de computadores,~1976 Fibras ópticas, ~1980

24 Ondas rádio Estas ondas são emitidas não só pelo sol como também pelas estrelas. Detectam-se facilmente nos radiotelescópios, através de grandes parabólicas receptoras. No entanto, as ondas rádio usadas na transmissão de telefonia e de televisão são produzidas artificialmente. As ondas rádio têm designações diferentes conforme o seu comprimento de onda e frequência......

25 O que são comunicações rádio? As comunicações rádio não consistem em mais do que controlar a frequência de um grupo de electrões. Criando assim uma frequência de emissão que pode ser captada com exactidão por um receptor. Cada estação de rádio, canal de televisão e operador de telemóvel compra assim a sua frequência de emissão para que possa emitir a sua propagação. Exercício


Carregar ppt "Data: 22 Julho de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: 266519410 Fax: 266519410 Tlm: 927051540 STC 5 Redes de Informação e Comunicação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google