A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Vasco Vasconcelos. Caro aluno, Bem-vindo ao Simulando o Novo ENEM. Aqui, toda semana, estaremos disponibilizando novas questões para que você possa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Vasco Vasconcelos. Caro aluno, Bem-vindo ao Simulando o Novo ENEM. Aqui, toda semana, estaremos disponibilizando novas questões para que você possa."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Vasco Vasconcelos

2 Caro aluno, Bem-vindo ao Simulando o Novo ENEM. Aqui, toda semana, estaremos disponibilizando novas questões para que você possa exercitar seus conhecimentos. Cada questão terá 2 minutos e meio para ser respondida. Ao final você poderá conferir o comentário das questões.

3 01. Leia o texto a seguir: Em condições normais, de não ocorrência do fenômeno “El Nino”, os ventos sopram sobre o oceano Pacífico em direção ao oeste. Esses ventos forçam as águas quentes superficiais em direção ao Pacífico Ocidental, de tal modo que a temperatura do mar é cerca de 8ºC maior na região ocidental, tornando-se mais fria próximo à costa da América do Sul, devido à ascensão de águas mais frias oriundas das profundezas do oceano. Essa água fria é rica em nutrientes, permitindo altos níveis de produtividade primária, ecossistemas marinhos diversificados e grande piscosidade. O deslocamento da fonte de calor correspondente às águas mais quentes em direção ao leste resulta em grandes mudanças na circulação da atmosfera global. Isso provoca mudanças no clima em regiões bem afastadas do Pacífico Tropical. Sabe-se que cada 1 grama de água perde, aproximadamente, 4,2J de energia térmica, ao esfriar de 1ºC. Considere que 1 tonelada de água marinha seja empurrada pelos ventos oceânicos em direção ao Pacífico Ocidental. Suponha que, ao atingir essa região, essa massa de água seja resfriada até que sua temperatura atinja o mesmo valor referente às águas da porção oriental. Nesse processo, essa porção de água transferiria ao ambiente uma quantidade de energia térmica aproximada de: A) 33,6J B) 33,6 ⋅ 10 6 J C) 42,0 ⋅ 10 3 J D) 42,0 ⋅ 10 6 J E) 80,0 ⋅ 10 6 J

4 02. Durante três semanas um estudante acompanhou, pelos noticiários, a evolução mundial da pneumonia asiática ou síndrome respiratória aguda severa (SARS). Por curiosidade, ele construiu o gráfico ao lado e estimou que o total (T) de casos confirmados até o enésimo dia de observação seria dado por: T = 100 ⋅ 3 k ⋅ n, onde k é uma constante positiva. Depois do 21º dia, o estudante não acompanhou mais os noticiários sobre os casos dessa doença. Pela estimativa dele, qual seria o total de casos confirmados até o 28º dia? A) 3000 B) 3600 C) 4500 D) 5600 E) 8100

5 03.Considere as informações: I — A usina solar, através do uso de painéis fotovoltaicos, transforma a energia luminosa em energia elétrica. II — No Brasil, com adequadas condições atmosféricas, a iluminação máxima aferida ao meio-dia num local situado ao nível do mar tem intensidade por volta de 1kW/m 2. III — O rendimento total do sistema da usina solar é de aproximadamente 10%. IV — Em nosso país, apenas no setor residencial, em um único dia, o consumo de energia elétrica é da ordem de 2 ⋅ 10 5 kWh. Suponha um caso ideal em que, numa determinada região, a iluminação média durante o dia seja igual à máxima e que haja iluminação do Sol durante, aproximadamente, 10 horas. Determine a mínima área construída de painéis fotovoltaicos que devem ser dispostos nesse local para que forneça a energia elétrica necessária para abastecer o consumo residencial brasileiro: A) 200m 2 D) m 2 B) 2000m 2 E) m 2 C) 20000m 2

6 01.De acordo com o texto, para atingir a mesma temperatura da porção oriental, as águas na porção ocidental do oceano Pacífico devem sofrer um resfriamento de 8ºC. A massa de 1 tonelada de água corresponde a 1000kg. Ou seja, 1000 ⋅ 1000g = 10 6 g. De acordo com os dados fornecidos (cada 1g de água, ao resfriar de 1 ºC, perde 4,2J), a quantidade de energia térmica que a água transfere para o ambiente é: Δ E = 10 6 ⋅ 8 ⋅ 4,2 ou seja: Δ E = 33,6 ⋅ 10 6J Resolução: 02. Para n = 7, temos T = 300. Logo, 300 = 100 ⋅ 3 k ⋅ 7. -> 3 = 3 k ⋅ 7 7k = 1 ∴ k = 1/7 Para n = 28, temos T = 100 ⋅ 3 1/7 x 28 T = 100 ⋅ 3 4 T = 100 ⋅ 81 ∴ T = 8100

7 03.


Carregar ppt "Prof. Vasco Vasconcelos. Caro aluno, Bem-vindo ao Simulando o Novo ENEM. Aqui, toda semana, estaremos disponibilizando novas questões para que você possa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google