A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP 2012 Belém –2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP 2012 Belém –2011."— Transcrição da apresentação:

1 Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP 2012 Belém –2011

2 Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP Presidente: Prof. Hélio Leães Hey Vinculação Institucional: UFSM (Seg. das IES Federais) Vinculação Regional: Regional SUL Biografia: -Bolsista de Produtividade 1C do CNPq; -Eng. Eletricista UCPEL-RS (85); Me (87) e Do (91) - UFSC-SC; -Pós-Doc. na Universidad de Oviedo-ES ( ); -Professor Titular da UFSM ( ) ; -Coord. do PPG em Eng. Elétrica da UFSM ( e ); -Membro do CA-Engenharia da FAPERGS ( ) e do CS da FAPERGS ( ); -Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UFSM (2006 – 2013); -Coordenador do FOPROP-RS (2008); -Representante do segmento IFES no Diretório Nacional do FOPROP ( ); -Em 2009 implantou o Colégio de Pró-reitores de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (COPROPI) da ANDIFES coordenando este colégio até a presente data.

3 Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP Vice-Presidente: Prof. Paulo César Duque Estrada Vinculação Institucional: PUC-Rio (Segmento das IES Comunitárias) Vinculação Regional: Regional SUDESTE Biografia: -Graduado em História pela PUC-RJ (1981); -Mestre em Filosofia pela PUC-RJ (1987); -Doutor em Filosofia pelo Boston College (1993); -Pós-Doc na New School for Social Research ( ); -Professor do Departamento de Filosofia da PUC-Rio desde 1995; -Coordenador do PPG em Filosofia da PUC-RJ (1997 a 1999 e de 2001 a 2003); -Diretor do Departamento de 2006 a 2007; -Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da PUC-Rio desde 2007; -Secretário Executivo do Diretório Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Pós-Graduação e Pesquisa (FOPROP), após ocupar a função de representante do segmento das IES confessionais e comunitárias.

4 Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP Secretário executivo: Profa. Élida Paulina Ferreira Vinculação Institucional: Universidade Estadual de Santa Cruz – BA Segmento: IES Estaduais Vinculação Regional: Regional NORDESTE Biografia: -Graduada em Letras pela UNB (1985); -Mestre em Lingüística Aplicada pela UNICAMP (1988); -Doutora em Lingüística Aplicada pela UNICAMP (2003); -Professora adjunta da Universidade Estadual de Santa Cruz – BA; -Pró-reitora de Pós-graduação e Pesquisa ( );

5 PROPOSTAS DE METAS E AÇÕES PARA A GESTÃO 2012 – FOPROP 1- Participar ativamente nas discussões e definições das políticas referentes aos Mestrados Profissionais Justificativa: O FOPROP deve atribuir a modalidade de Mestrado Profissional, igual importância àquela dispensada ao Mestrado Acadêmico e Doutorado, assumindo o papel que lhe compete na defesa dos interesses dessa modalidade de formação stricto sensu. 2- Ampliar a Interlocução e participação do FOPROP em instituições e organizações de interesse. Justificativa: Embora o FOPROP tenha uma articulação muito forte com a CAPES e seus conselhos, não se observa a mesma atitude em relação a outros organismo de fundamental importância na definição de politicas públicas de C&TI e Educação, e mesmo representações das agremiações científicas como SBPC e ABC, entre outras. Ao longo dos anos o FOPROP tem se distanciado de importantes organizações e deixado de ocupar espaços importantes para interlocução e influência na definição das políticas públicas de C&TI e educação.

6 PROPOSTAS DE METAS E AÇÕES PARA A GESTÃO 2012 – FOPROP 3- Propor políticas de redução da heterogeneidade da Pós-graduação Justificativa: trabalhar em conjunto com os órgãos de fomento nacionais (CNPq/CAPES/FINEP) e estaduais (CONFAP) na elaboração/manutenção de políticas que visem a redução da heterogeneidade da pós-graduação, utilizando como base a análise da distribuição geográfica da pós-graduação pelo conceito das mesorregiões brasileiras com vistas a atender a redução das assimetrias da pós-graduação explicitadas no PNPG e no Livro Azul da 4 a. CNCTI. 4- Ampliar a participação de PPGs consolidados em nível nacional (conceito 5) nos Programas e ações de indução dos órgãos de fomento Justificativa: O reduzido contingente de PPGs com conceito 6 e 7 limita a abrangência dos programas de indução da pós-graduação. A possibilidade de oferta como promotor de PPGs com conceito 5 (consolidados em nível nacional) amplia a capacidade de oferta destes programas e permite que um maior grupo de PPGs não consolidados (conceitos 3 e 4) possam se associar a PPGs consolidados na busca de sua consolidação.

7 PROPOSTAS DE METAS E AÇÕES PARA A GESTÃO 2012 – FOPROP 5- Gestionar pela ampliação dos Programas Institucionais de Iniciação Científica e Tecnológica (CNPq e FAPs) Justificativa: Os principais objetivos dos programas de iniciação científica vinculados as agências de fomento nacionais e estaduais são: qualificar a formação extraclasse dos graduandos; despertar nos graduandos a vocação científica; propiciar uma maior articulação entre a graduação e a pós- graduação; e contribuir para a redução do tempo médio de permanência dos alunos na pós- graduação. Desta forma, propõe-se uma ampliação significativa nas cotas de bolsas de iniciação cientifica e iniciação tecnológica com vistas a ampliar o número de matriculas na pós-graduação e com isso ampliar o número de mestres e doutores (Metas do PNPG ). 6- Intensificar ações que visem a internacionalização ativa da pós-graduação de excelência nacional ( Conceitos 5, 6 e 7) e a expansão dos Programa PEC-PG. Justificativa: Tendo em vista a importância dedicada à internacionalização da ciência brasileira e do caráter central que esta representa na liderança geopolítica do Brasil com países em desenvolvimento, sugere-se o fortalecimento dos Programa PEC-PG e a implantação de um programa internacional de atração de alunos de mestrado, doutorado e pós-doutorado para os PPGs consolidados (conceitos 5, 6 e 7).

8 PROPOSTAS DE METAS E AÇÕES PARA A GESTÃO 2012 – FOPROP 7- Propor a atualização do regimento do FOPROP. Justificativa: O DN deverá discutir, via diretórios regionais, alterações necessárias no regimento do FOPROP que visem, entre outros, dos seguintes aspectos: redimensionamento do Diretoria Executiva do FOPROP para 5 membros, visando que todas as regiões e segmentos estejam representados na Diretoria; profissionalizar a gestão da Diretoria Executiva do FOPROP; propor pagamento de anuidade pelas IES filiadas; normatizar o processo sucessório da Diretoria Executiva do FOPROP.

9 PROPOSTAS DE METAS E AÇÕES PARA A GESTÃO 2012 – FOPROP


Carregar ppt "Proposta de Composição de Diretoria Executiva Nacional - FOPROP 2012 Belém –2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google