A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pneumonia Associada à Ventilação mecânica (PAV) é uma das principais causa de morte na UTI. PAV ocorre em 9% a 28% dos pacientes sob ventilação mecânica;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pneumonia Associada à Ventilação mecânica (PAV) é uma das principais causa de morte na UTI. PAV ocorre em 9% a 28% dos pacientes sob ventilação mecânica;"— Transcrição da apresentação:

1

2 Pneumonia Associada à Ventilação mecânica (PAV) é uma das principais causa de morte na UTI. PAV ocorre em 9% a 28% dos pacientes sob ventilação mecânica; as taxas de mortalidade para PAV são de até 80%. Esses números podem ser ainda maiores em pacientes imuno comprometidos e quando a pneumonia é causada por patógenos multi resistentes. Pneumonia associada a ventilação - PAV

3 PAV é a 2ª causa de infecção hospitalar. A PVA é responsável por taxas significativas de morbidade e mortalidade em pacientes de todas as idades. A pneumonia nosocomial, além de causar números significativos de óbitos, provoca impacto expressivo aos custos hospitalares.

4 Pacientes com os microrganismos na cavidade oral têm aproximadamente dez vezes mais chance de desenvolver pneumonia nosocomial ou bacteremia. Em pacientes intubados, a estada hospitalar pode ser prolongada em média entre 10 a 13 dias com aumento significativo nos custos com diagnóstico e tratamento.

5 A boca sob terapia intensiva A higiene oral dos pacientes das unidades de terapia intensiva é essencial para evitar a proliferação de bactérias e fungos, que, além de prejudicar a saúde oral e o bem-estar do paciente, pode propiciar outras infecções e doenças sistêmicas. Na Unidade de Terapia Intensiva, o cuidado com a higiene oral pode significar a vida ou a morte.

6 A higiene oral reduz a pneumonia, uma vez que a forma mais comum de adquiri-la é por meio da aspiração do conteúdo da cavidade oral. Da boca para o pulmão Uma vez aspirados, os microrganismos podem causar infecções.

7 A quantidade de biofilme oral em pacientes de UTI, aumenta com o tempo de internação, paralelamente também ocorrem aumentos de patógenos respiratórios que colonizam o biofilme oral. Os patógenos respiratórios, que se estabelecem no biofilme oral, são mais difíceis de serem debelados, pois o biofilme propicia uma proteção às bactérias, tornado-as mais resistentes aos antibióticos.

8 Pneumonia nosocomial Os pacientes com alteração do nível de consciência, tendem a aspirar maior quantidade de secreções da orofaringe. A perda de fibronectina reduz o mecanismo de defesa do hospedeiro mediada por células do sistema reticulo endotelial. Esta redução propícia melhor ambiente a organismos como Pseudomonas aeruginosa.

9 A flora normal da cavidade oral pode incluir até 350 diferentes espécies bacterianas. Por exemplo, Estreptococo mutans, sanguis Streptococcus, viscosus Actinomyces, e Bacteroides gingivalis que colonizam principalmente os dentes; Streptococcus salivarius colonizam principalmente o dorso da língua e Estreptococo mitis são encontrados em ambos e nas superfícies dos dentes. A importância do controle mecânico do biofilme dentário

10 A higiene oral é capaz de prevenir o avanço das bactérias da cavidade oral para o trato respiratório. A colonização da orofaringe por microrganismos gram-negativos de pacientes intubados, ocorre nas primeiras 48 horas após a admissão na UTI e alcançam os pulmões através das secreções orais que "vazam" pelos lados do balonete (cuff) do tubo traqueal. O tubo endotraqueal guia as secreções orais com microrganismos até as regiões mais internas do sistema respiratório.

11 “É um trabalho de prevenção, orientação e conscientização.” A higiene oral é essencial para reduzir a pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) e pneumonia por aspiração.

12 A placa bacteriana, a doença periodontal, as estomatites e infecções perimplantares podem evoluir e atingir outros órgãos e, dessa forma, piorar o quadro do paciente, com o desenvolvimento de pneumonia, abscessos ou endocardite bacteriana. PLACA BACTERIANA Na Unidade de Terapia Intensiva, o cuidado com a higiene oral pode significar a vida ou a morte.

13 A impossibilidade do auto cuidado favorece a precariedade da higiene oral, acarretando o desequilíbrio da microbiota residente, com conseqüente aumento da possibilidade de aquisição de diversas doenças infecciosas comprometendo a saúde integral do indivíduo.

14 ENDOCARDITE Uma importante causa da endocardite é a infecção oral. A microbiota oral pode causar diversas moléstias sistêmicas promovendo depósitos de colônias bacterianas em outros tecidos humanos e bactérias como Streptococcus viridans e Staphylococcus aureus estão relacionadas à endocardite infecciosa cujos ricos podem ser minimizados com a higienização da cavidade oral. Pacientes suscetíveis a endocardite devem manter um alto grau de higiene oral.

15 Cuidado Oral é Cuidado Crítico Tratar da saúde oral reduz: o tempo da internação hospitalar custos hospitalares mortalidade de pacientes internados

16 Os principais obstáculos que a enfermagem encontra para a realização do Protocolo de Higiene Oral são: Tempo escasso Nº de funcionários insuficiente Falta de ferramentas adequadas Falta de orientação Falta de conscientização

17 O que fazer para mudar esta realidade na sua UTI?

18 POWER CLEAN ® Power Clean o kit completo para cuidados orais Power Clean Power Clean realiza a remoção da placa bacteriana, resíduos e secreções orais do paciente acamado e impossibilitado de realizar a higiene oral.

19 POWER CLEAN® Power Clean Power Clean é uma escova de dentes com a função de remover e aspirar a placa bacteriana, resíduos e secreções orais em um só produto. A escova de dentes é o recurso mais universal e importante utilizado para higiene oral

20 POWER CLEAN ® A realização do protocolo de higiene oral, principalmente a escovação, previne a pneumonia nosocomial e a endocardite. Torna-se fundamental que a equipe de enfermagem promova a atenção referente à higiene oral, de forma sensível e comprometida ao técnico- científico, ao cuidar do paciente, abandonando a visão da boca como sendo parte isolada do organismo.

21 POWER CLEAN ® Rapidez e eficiência nos cuidados orais Só a escova realiza a limpeza mecânica dos dentes com eficiência!!!

22 POWER CLEAN ® As cerdas retiram os resíduos de alimentos dos dentes e da língua. Os orifícios centrais aspiram os resíduos e secreções orais. As ranhuras da cabeça limpam e massageiam as bochechas. O tamanho da cabeça e a altura das cerdas são ideais para o paciente intubado.

23 POWER CLEAN ® Orifícios para aspiração Ranhuras para limpar as bochechas Orifícios para aspiração Cuidados Inteligentes

24 POWER CLEAN ® Possui um orifício na haste, que ocluído, aciona o vácuo para que seja realizada a aspiração dos resíduos e secreções orais em tempo reduzido. Somente a escova realiza a limpeza mecânica dos dentes com eficiência!!!

25 POWER CLEAN ® O único produto completo para higiene oral: escova+aspirador+clorexidina gel Facilita a realização do protocolo de higiene oral Realiza o procedimento com rapidez e eficácia Orifícios que permitem a remoção e aspiração rápida e eficaz das secreções Reduz o risco de PAV e endocardite Reduz o tempo de permanência hospitalar Reduz os custos com medicamentos Ajuda a eliminar a halitose Fácil de manusear Remove resíduos dos dentes e língua Estimula a circulação local Cerdas atraumáticas Cerdas com tamanho ideal Cabo ergonômico Controle do vácuo Uso único Baixo custo

26 POWER CLEAN ® KIT COMPLETO Power Clean: Kit composto pela escova Power Clean, protetor de cerdas e clorexidina gel. Clorexidina gel com sabor agradável que substitui com vantagem o creme dental comum. Seu princípio ativo Digluconato de Clorexidina a 0,12% reforça a ação mecânica da escovação em situações clínicas que dificultam o controle da placa bacteriana.

27 Clorexidina É um anti-séptico químico, antifúngico e bactericida capaz de eliminar tanto microorganismos gram-positivos quanto gram- negativos. Também é bacteriostático, impedindo a proliferação de bactérias.anti-séptico bactericida microorganismosgram-positivosgram- negativosbacteriostáticobactérias A clorexidina cria uma película que adere e permanece nos dentes.

28 POWER CLEAN ® Eficaz Rapidez Fácil de manusear Uso único Reduz custo c/antibióticos Remove resíduos dos dentes e língua Estimula a circulação local Único produto completo para higiene oral Controle do vácuo Cerdas atraumáticas Cabo ergonômico Remove e aspira Ajuda a eliminar a halitose Tamanho da cabeça e a altura das cerdas ideais p/pct intubado Reduz tempo de permanência hospitalar Reduz o risco de PAV Reduz o risco de endocardite

29 POWER CLEAN ® POWER CLEAN ® Indicado para: pacientes a partir de 2 anos de idade Indicação de uso: higiene oral de 8 em 8 horas Tempo de uso do kit Power Clean: até 5 dias

30 POWER CLEAN® Escovas de dentes são mais eficazes que swabs de espuma na remoção de placa bacteriana e estimulação gengival e são universalmente considerados como os melhores instrumentos para higiene oral. Somente a escova realiza a limpeza mecânica dos dentes com eficiência

31 Remover placa e, ao fazê-lo, retirar as bactérias, é a chave para reduzir os episódios de PAV e endocardite em unidades de terapia intensiva, no entanto, os profissionais da saúde têm atualmente inadequados instrumentos e procedimentos. A maioria dos hospitais utiliza swabs ou gaze com enxaguatório bucal para realizar higiene oral em pacientes criticamente doentes. Estes métodos podem prestar cuidados temporários, mas não facilitam a remoção da placa, nem a estimulação do fluxo salivar que são componentes essenciais de boa higiene oral. Eles servem apenas para transferir as bactérias de um local na cavidade oral para o outro.  NÃO USAR 

32  NÃO USAR  Peróxido de hidrogênio e bicarbonato de sódio efetivamente removem detritos, mas se não forem cuidadosamente diluídos podem causar queimaduras superficiais.


Carregar ppt "Pneumonia Associada à Ventilação mecânica (PAV) é uma das principais causa de morte na UTI. PAV ocorre em 9% a 28% dos pacientes sob ventilação mecânica;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google