A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DOMINGO II DA QUARESMA Cântico de entrada: O povo de Deus no deserto andava mas a sua frente alguém caminhava O povo de Deus era rico de nada só tinha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DOMINGO II DA QUARESMA Cântico de entrada: O povo de Deus no deserto andava mas a sua frente alguém caminhava O povo de Deus era rico de nada só tinha."— Transcrição da apresentação:

1

2 DOMINGO II DA QUARESMA Cântico de entrada: O povo de Deus no deserto andava mas a sua frente alguém caminhava O povo de Deus era rico de nada só tinha esperança e o pó da estrada Também sou teu povo Senhor, estou nessa estrada Somente a Tua graça, me basta e mais nada (2X)

3 DOMINGO II DA QUARESMA Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão do espírito santo estejam convosco. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os santos mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

4 DOMINGO II DA QUARESMA Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Amen!

5 DOMINGO II DA QUARESMA Cântico: Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

6 DOMINGO II DA QUARESMA ORAÇÃO COLECTA Deus de infinita bondade, que nos mandais ouvir o vosso amado Filho, fortalecei-nos com o alimento interior da vossa palavra, de modo que, purificado o nosso olhar espiritual, possamos alegrar-nos um dia na visão da vossa glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

7 DOMINGO II DA QUARESMA LEITURA I Gen 15, Deus estabelece a aliança com Abraão Leitura do Livro do Génesis Naqueles dias, Deus levou Abrão para fora de casa e disse-lhe: «Olha para o céu e conta as estrelas, se as puderes contar». E acrescentou: «Assim será a tua descendência». Abrão acreditou no Senhor, o que lhe foi atribuído como justiça. Disse-lhe Deus: «Eu sou o Senhor,

8 Disse-lhe Deus: «Eu sou o Senhor, que te mandou sair de Ur dos Caldeus, para te dar a posse desta terra». Abrão perguntou: «Senhor, meu Deus, como saberei que a vou possuir?». O Senhor respondeu-lhe: «Toma uma vitela de três anos, uma cabra de três anos e um carneiro de três anos, uma rola e um pombinho». Abrão foi buscar todos esses animais,cortou-os ao meio e pôs cada metade em frente da outra metade; mas não cortou as aves.

9 e pôs cada metade em frente da outra metade; mas não cortou as aves. Os abutres desceram sobre os cadáveres, mas Abrão pô-los em fuga. Ao pôr do sol, apoderou-se de Abrão um sono profundo, enquanto o assaltava um grande e escuro terror. Quando o sol desapareceu e caíram as trevas, um brasido fumegante e um archote de fogo passaram entre os animais cortados. Nesse dia, o Senhor estabeleceu com Abrão uma aliança, dizendo: «Aos teus descendentes darei esta terra, desde o rio do Egipto até ao grande rio Eufrates». Palavra do Senhor. Graças a Deus

10 SALMO RESPONSORIAL Salmo 26 (27), abc (R. 1a) Refrão: O Senhor é a minha luz e a minha salvação. O Senhor é minha luz e salvação: a quem hei-de temer? O Senhor é protector da minha vida: de quem hei-de ter medo? Ouvi, Senhor, a voz da minha súplica, tende compaixão de mim e atendei-me. Diz-me o coração: «Procurai a sua face». A vossa face, Senhor, eu procuro.

11 Não escondais de mim o vosso rosto, nem afasteis com ira o vosso servo. Não me rejeiteis nem me abandoneis, meu Deus e meu Salvador. Espero vir a contemplar a bondade do Senhor na terra dos vivos. Confia no Senhor, sê forte. Tem coragem e confia no Senhor.

12 LEITURA II Filip 3, 17 -4,1 Cristo nos transformará à imagem do seu corpo glorioso Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Filipenses Irmãos: Sede meus imitadores e ponde os olhos naqueles que procedem segundo o modelo que tendes em nós. Porque há muitos, de quem tenho falado várias vezes e agora falo a chorar, que procedem como inimigos da cruz de Cristo. O fim deles é a perdição:

13 têm por deus o ventre, orgulham-se da sua vergonha e só apreciam as coisas terrenas. Mas a nossa pátria está nos Céus, donde esperamos, como Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo miserável, para o tornar semelhante ao seu corpo glorioso, pelo poder que Ele tem de sujeitar a Si todo o universo. Portanto, meus amados e queridos irmãos, minha alegria e minha coroa, permanecei firmes no Senhor. Palavra do Senhor. Graças a Deus

14 ACLAMAÇÃO ANTES DO EVANGELHO Refrão: Ver pag. 443 Refrão: Grandes e admiráveis são as vossas obras, Senhor. Repete-se No meio da nuvem luminosa, ouviu-se a voz do Pai: «Este é o meu Filho muito amado: escutai-O».

15 EVANGELHO Lc 9, 28b-36 «Enquanto orava, alterou-se o aspecto do seu rosto» O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, João e Tiago e subiu ao monte, para orar. Enquanto orava, alterou-se o aspecto do seu rosto, e as suas vestes ficaram de uma brancura refulgente. Dois homens falavam com Ele: eram Moisés e Elias, que, tendo aparecido em glória,

16 falavam da morte de Jesus, que ia consumar-se em Jerusalém. Pedro e os companheiros estavam a cair de sono; mas, despertando, viram a glória de Jesus e os dois homens que estavam com Ele. Quando estes se iam afastando, Pedro disse a Jesus: «Mestre, como é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para Ti, outra para Moisés e outra para Elias». Não sabia o que estava a dizer. Enquanto assim falava, veio uma nuvem que os cobriu com a sua sombra; e eles ficaram cheios de medo, ao entrarem na nuvem.

17 Enquanto assim falava, veio uma nuvem que os cobriu com a sua sombra; e eles ficaram cheios de medo, ao entrarem na nuvem. Da nuvem saiu uma voz, que dizia: «Este é o meu Filho, o meu Eleito: escutai-O». Quando a voz se fez ouvir, Jesus ficou sozinho. Os discípulos guardaram silêncio e, naqueles dias, a ninguém contaram nada do que tinham visto. Palavra da salvação. Glória a Vós, Senhor

18 Homilia

19 Credo: Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso, Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e Invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus. (Faz-se inclinação)

20 E encarnou pelo Espírito Santo, no selo da Virgem Maria, e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em Sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o Seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida,

21 Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só baptismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e a vida do mundo que há-de vir. Amen!

22 ORAÇÃO DOS FIÉIS

23 Ofertório: CÂNTICO: Neste encontro contigo, Minha vida Te ofereço, Como semente de trigo, Frágil e vacilante mas Pronta a renovar! Hoje Senhor, ao pé de ti, Não quero mais senão Entregar-te a minha vida Um caminho eu percorro Buscando Tua verdade Como videira a germinar, ousada e aventureira, Disposto a partilhar.

24 ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Esta oblação, Senhor, lave os nossos pecados e santifique o corpo e o espírito dos vossos fiéis, para celebrarmos dignamente as festas pascais. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

25 PREFÁCIO V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

26 Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda a parte, por Cristo nosso Senhor. Depois de anunciar aos discípulos a sua morte, manifestou-lhes no monte santo o esplendor da sua glória, para mostrar, com o testemunho da Lei e dos Profetas, que pela sua paixão alcançaria a glória da ressurreição. Por isso, com os Anjos e os Santos do Céu, proclamamos na terra a vossa glória, cantando numa só voz:

27 Cântico: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo. O céu e a terra proclamam a Vossa glória. Hossana nas alturas. Bendito o que vem em nome do Senhor. Hossana nas alturas.

28 CONSAGRAÇÃO DO PÃO Ele,... CONSAGRAÇÃO DO VINHO De igual modo,... (de pé) Mistério da Fé Anunciamos, Senhor, a Vossa morte, proclamamos a Vossa ressurreição. Vinda, Senhor Jesus!

29 CONSAGRAÇÃO DO PÃO Ele,... CONSAGRAÇÃO DO VINHO De igual modo,... (de pé) Mistério da Fé Anunciamos, Senhor, a Vossa morte, proclamamos a Vossa ressurreição. Vinda, Senhor Jesus!

30 Celebrando agora, senhor,... Por Cristo, com cristo, em Cristo, a Vós, deus Todo-Poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. Amen! RITOS DA COMUNHÃO (de pé) Rezemos, confiantes, a oração que o Senhor nos ensinou: Pai nosso... Livrei-nos, Senhor,... Vosso é o Reino e o Poder e a Glória para sempre!

31 Invocação de Jesus Senhor Jesus Cristo, que disseste aos Vossos Apóstolos... Amen! A paz do Senhor esteja sempre convosco. O amor de Cristo nos uniu. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

32 COMUNHÃO Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo.

33 CANTICO: Cristo, Senhor, és o guia, O Bom Pastor que me conduz, minha vida, minha luz. (bis) Quando te encontro descanso, tu reconfortas minha Alma. Por teus caminhos me guias, para louvor do teu nome. Não temerei os perigos, pois sei que tu estas comigo. O Teu festim me conforta, faz-me cantar de alegria. Tua bondade me ajuda no viver de cada dia.

34 CÂNTICO: És a minha Vida, és o meu Senhor, és o meu Caminho e a minha Verdade: na Tua Palavra eu caminharei até que a Tua graça me deixe viver! E não terei medo se estás comigo; eu te peço: fica comigo! Creio em Ti, Senhor, filho de Maria, Deus Eterno e Santo, Homem como nós. Morto por amor, vives em nós sendo um só com o Pai e com os que salvaste! Até que, um dia, voltarás de novo para abrir-nos o Reino de Deus. És a minha força e o meu rochedo, és a minha paz, minha liberdade: nada nesta vida nos separará, sei que a Tua mão suave não me deixará, e de todo o mal me libertará e no teu perdão viverei.

35 ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO Alimentados nestes gloriosos mistérios, nós Vos damos graças, Senhor, porque, vivendo ainda na terra, nos fazeis participantes dos bens do Céu. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito SantoO celebrante faz em nome de todos uma suplica final Amen! RITO DE CONCLUSÃO O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. Abençoe-vos Deus Todo-Poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amen! Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe. Amen!

36 Cântico: Anunciamos teu reino Senhor Teu reino Senhor Reino de paz e justiça, reino de vida e verdade.


Carregar ppt "DOMINGO II DA QUARESMA Cântico de entrada: O povo de Deus no deserto andava mas a sua frente alguém caminhava O povo de Deus era rico de nada só tinha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google