A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENCONTRO DE REVITALIZAÇÃO DA PASTORAL JUVENIL NO BRASIL Brasília, 11 a 15 de Dezembro de 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENCONTRO DE REVITALIZAÇÃO DA PASTORAL JUVENIL NO BRASIL Brasília, 11 a 15 de Dezembro de 2013."— Transcrição da apresentação:

1 ENCONTRO DE REVITALIZAÇÃO DA PASTORAL JUVENIL NO BRASIL Brasília, 11 a 15 de Dezembro de 2013

2 A IGREJA NO BRASIL E A EVANGELIZAÇÃO DA JUVENTUDE

3

4 "ANO DA JUVENTUDE" CAMPANHA DA FRATERNIDADE PEREGRINAÇÃO JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE SEMANA MISSIONÁRIA MANIFESTAÇÕES

5 Infelizmente, alguns ainda acham que...

6 Alguns acham que...  “Juventude é tudo a mesma coisa!”  “Juventude é apenas uma etapa passageira em vista da vida adulta!”  “A juventude é o futuro da Igreja e da Sociedade!”

7 Alguns acham que...  “A juventude é a solução para todos os problemas atuais!”  “Os jovens são apenas fruto da sociedade e da cultura!”

8  “A juventude é cheia de problemas, confusões, contradições, inseguranças!”  “Os jovens são culpados de toda esta bagunça!”  “Esta é uma geração perdida!” Alguns acham que...

9  “A juventude não é capaz!”  “A juventude não é responsável!”  “Os jovens não estão nem aí!”  “Os jovens só gostam de festa!” ... Alguns acham que...

10 E o que os jovens estariam nos comunicando?

11 ☺ “Gosto de festa!” ☺ “Quero ter prazer em tudo o que faço!” ☺ “Quero ser feliz!” ☺ “Amar e ser amado é tão bom!”

12 ☺ “Gosto de coisas radicais e de ser diferente!” ☺ “Quero viver intensamente cada momento!” ☺ “Quero ser aceito do jeito que sou!”

13 ☺ “Quero fazer a diferença na Igreja!” ☺ “Amo a Igreja e me sinto fiel a ela, mesmo não conseguindo ser fiel a tudo o que Ela me pede!”

14 ☺ “Gosto de rezar e sei fazer isto do meu jeito!” ☺ “Preciso de espaço, de atenção, de abraço!” ☺ “Sei acolher a ajuda de alguém mais experiente!”

15 ☺ “Sou das Redes Sociais e com elas me identifico!” ☺ “Minhas relações virtuais são reais!” ☺ “Minhas relações virtuais não me tiram o gosto de estar fisicamente com os amigos!”

16 ☺ “Sinto-me forte quando estou com os outros!” ☺ “Quando vale a pena, eu me sacrifico!” ☺ “Sou capaz de renunciar!”

17 ☺ “Também sei gritar e protestar para o bem dos outros!” ☺ “Sonho, também, com um mundo mais justo e fraterno!” ☺ “Gosto da transparência e da verdade!”

18 ☺ “Tenho condições de contribuir!” ☺ “Também tenho responsabilidades!” ☺....

19 Por onde os jovens navegam?

20  entre a admiração da própria potencialidade e as oportunidades oferecidas;  entre os conflitos internos e as pressões externas;  na busca da felicidade;  nas incertezas das escolhas;

21  em meio a inúmeras experiências religiosas;  nas Comunidades;  nos grupos, pastorais, movimentos,

22  nas catequeses e outros espaços formativos;  nas Celebrações, nos retiros, nos encontros;  nos serviços voluntários;

23  num contexto provocante, atraente, envolvente;  imersos na cultura do descartável e do provisório;  nas redes sociais;  entre inúmeras portas fechadas;

24  pelo ‘paraíso’ das drogas, do álcool;  em um mundo de violências;  numa sociedade ainda incoerente, injusta, corrupta, manipuladora, discriminadora;

25  nas escolas e universidades;  nas praças, ruas, shoppings, baladas, academias;  em ONGs, espaços políticos, Secretarias de juventude;  nas manifestações; ...

26 Jovens crucificados...

27  os pobres, famintos,  os marginalizados,  os descartados, ignorados,  os discriminados (negros, indígenas, homossexuais, campesinos etc.)

28  os violentados, os violentos,  os drogados, alcoólatras,  os vitimados pelo trânsito,  os presidiários,  os de gangues e tribos,

29  os doentes,  os aidéticos,  os distantes dos estudos,  os desempregados,  os que migram,

30  os da cultura eficientista,  os da cultura do provisório,  os da cultura do descartável,  os excluídos do mundo digital,

31  os consumistas, individualistas,  os descompromissados, acomodados,  os decepcionados com a política,  os manipulados por ideologias,

32  os que não têm fé nem religião,  os que se decepcionaram com a Igreja,  os que perderam o sentido da vida,

33  os que não têm família,  os que banalizam a sexualidade,  os que abortam,  os adolescentes que engravidam, ...

34 ...segundo o Papa (JMJ Rio 2013):

35  muitos jovens vivem na cultura do provisório e do descartável; ...“empanturrados”; ... sem esperança; ... machucados; ... vítimas das drogas;

36  falta diálogo: jovens/idosos;  apatia: questões sociais;  alguns:“espremedura de fé”;  medo de Botar Fé em Cristo;

37 “A juventude é a JANELA pela qual o futuro entra no mundo.” (Francisco, 22/07/2013)

38 “Os jovens são um MOTOR POTENTE para a Igreja e para a sociedade.” (Francisco, 24/07/2013)

39 “Vejo em vocês a beleza do rosto jovem de Cristo e meu coração se enche de alegria!” (Francisco, 25/07/2013)

40 EVANGELIZAÇÃO DA JUVENTUDE... AOS PASTORES: “Nosso compromisso de pastores é ajudá-los a que arda em seu coração o desejo de ser discípulos missionários de Cristo.” (Francisco, 27/07/2013)

41 EVANGELIZAÇÃO DA JUVENTUDE... AOS JOVENS: “Sabem qual é o melhor instrumento para evangelizar os jovens? Outro jovem! Este é o caminho a ser percorrido por vocês!” (Francisco, 28/07/2013)

42 EVANGELIZAR É enquanto Igreja, CONTINUAR A MISSÃO DE JESUS: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” (Jo 10, 10)

43 EVANGELIZAR É ANUNCIAR, CELEBRAR, PROMOVER : “A vida e a missão do discípulo missionário de Jesus Cristo consiste no exercício do tríplice múnus, recebido no Batismo: ministério da Palavra, ministério da Liturgia, ministério da Caridade” (Doc CNBB 94, n. 129)

44 “Evangelizar significa TESTEMUNHAR pessoalmente o amor de Deus, significa SUPERAR OS NOSSOS EGOÍSMOS, significa SERVIR, inclinando-nos para lavar os pés dos nossos irmãos, tal como fez Jesus.” (Francisco, JMJ, 28/07/2013)

45 “Levar o Evangelho é LEVAR A FORÇA DE DEUS, para extirpar e destruir o mal e a violência; para devastar e derrubar as barreiras do egoísmo, da intolerância e do ódio; para construir um mundo novo.” (Francisco, JMJ, 28/07/2013)

46 □ a vida plena, □ a defesa da vida, □ a liberdade, □ o discipulado, □ a missionariedade, □ a santidade, □ os valores, □ o cotidiano, □ a paz, □ a vida de comunidade, □ a solidariedade, □ a vocação, □ os dons, □ a vivência do amor, □ o valor da família, □ a vivência serena e cristã da sexualidade, □ os direitos humanos, □ o profetismo, □ o protagonismo juvenil, □... EVANGELIZAR PARA...

47 “Jesus nos manda? Não há fronteiras, não há limites: envia- nos para todas as pessoas. [...] para todos os ambientes, até as periferias existenciais, incluindo quem parece mais distantes, mais indiferentes.” (Francisco, JMJ, 28/07/2013) QUEM E ONDE EVANGELIZAR?

48  escolas e universidades;  cultura;  família;  espaços grupais juvenis;  expressões culturais juvenis;  “fronteiras” urbanas e rurais;  redes sociais; cultura midiática; QUEM E ONDE EVANGELIZAR?

49  OS QUE ESTÃO JUNTOS  OS QUE ESTÃO PERTO  OS QUE ESTÃO DISTANTES (cf. DAp):  partidos políticos, formadores de opinião,  artistas, cientistas, universitários,  comunicadores, jornalistas,  esportistas, apresentadores de programas,  profissionais da moda,  recém-casados, ... QUEM E ONDE EVANGELIZAR?

50 ... E A JMJ CONTINUA NAS 8 LINHAS DE AÇÃO:

51 1ª. Linha de Ação: FORMAÇÃO INTEGRAL  Grupos, catequese, escola, etc.  Discernimento vocacional.  Auxílio ao Projeto Pessoal de Vida.  Formação sobre afetividade-sexualidade.  Vivência na cultura midiática. ...

52 “Olhem para frente com confiança ; a travessia é longa e cansativa, mas olhem para frente, existe um futuro certo.” FORMAÇÃO INTEGRAL

53 «Bote fé» e a vida terá um sabor novo, a vida terá uma bússola; «Bote esperança» e todos os seus dias serão iluminados; «Bote amor» e o seu caminho será alegre, porque encontrará muitos amigos. FORMAÇÃO INTEGRAL

54 “Deus chama para escolhas definitivas, Ele tem um projeto para cada um: descobri-lo, responder à própria vocação é caminhar para a realização feliz de si mesmo... Não tenham medo daquilo que Deus lhes pede!” FORMAÇÃO INTEGRAL

55 “Há quem diga que hoje o casamento está ‘fora de moda’. Na cultura do provisório, do relativo, muitos pregam... que não vale a pena comprometer-se por toda a vida... Em vista disso eu peço que vocês sejam revolucionários,... que se rebelem contra esta cultura do provisório.” FORMAÇÃO INTEGRAL

56 “Com essas duas coisas, vocês têm o Plano de Ação : as Bem-aventuranças e Mateus 25.” FORMAÇÃO INTEGRAL

57 “Somos responsáveis pela formação de novas gerações, por ajudá-las a ser hábeis na economia e na política, e firmes nos valores éticos.” FORMAÇÃO INTEGRAL

58 “Em muitos lugares, há escassez de vocações ao sacerdócio e à vida consagrada...

59 FORMAÇÃO INTEGRAL... Frequentemente isso se deve à falta de ardor apostólico contagioso nas comunidades, pelo que estas não entusiasmam nem fascinam.” (Evangelii Gaudium, 107)

60  Oração pessoal e comunitária.  Vivência sacramental.  Missa dominical.  Atendimentos, direção espiritual, confissão.  Diálogo Ecumênico.  Leitura Orante da Palavra de Deus.  Devoção mariana.  Encontros de formação e retiros. ... 2ª. Linha de Ação: ESPIRITUALIDADE

61 “Bote Cristo” na sua vida, e você encontrará um amigo em quem sempre confiar; verá crescer as asas da esperança para percorrer com alegria o caminho do futuro; sua vida ficará cheia do seu amor; você nunca se decepcionará.” ESPIRITUALIDADE

62 “Hoje Jesus continua nos perguntando: ‘você quer ser meu discípulo? Você quer ser meu amigo? Você quer ser testemunha do meu Evangelho?’” ESPIRITUALIDADE

63 “Bote Cristo”, Ele o acolhe no Sacramento do Perdão,... o espera na Eucaristia e na humanidade de tantos jovens.” ESPIRITUALIDADE

64 “Ajudar a nossos jovens a redescobrir o valor e a alegria da fé, a alegria de ser amados pessoalmente por Deus.” ESPIRITUALIDADE

65 “com a negação de toda a transcendência, produziu-se uma crescente deformação ética, um enfraquecimento do sentido do pecado pessoal e social e um aumento progressivo do relativismo;

66 ESPIRITUALIDADE e tudo isso provoca uma desorientação generalizada, especialmente na fase tão vulnerável às mudanças da adolescência e juventude.” (Evangelii Gaudium, 64)

67  Processo de educação na fé.  Capacitação: convivência, grupo, organização.  Promoção de grupos juvenis nas comunidades.  Valorização das expressões culturais juvenis: dança, teatro, esporte, grafite, paródias, arte, bandas.  Promoção de eventos de massa.  Prática do voluntariado. ... 3ª. Linha de Ação: PEDAGOGIA DA FORMAÇÃO

68 “Não bebam ‘espremedura’ de fé. A fé é integral, não se espreme. É a fé em Jesus. É a fé no Filho de Deus feito homem, que me amou e morreu por mim.” PEDAGOGIA DE FORMAÇÃO

69 “...desejo agradecer cordialmente aos grupos de pastoral juvenil, aos movimentos e novas comunidades que acompanham os jovens na sua experiência de serem Igreja, tão criativos e tão audazes. Sigam em frente e não tenham medo!” PEDAGOGIA DE FORMAÇÃO

70 “Todos vimos como, nas Jornadas Mundiais da Juventude, os jovens mostram a alegria da fé, o compromisso de viver uma fé cada vez mais sólida e generosa.” (Lumen Fidei, 53)

71 “É importante saber acolher ; é algo mais bonito que qualquer enfeite ou decoração.” PEDAGOGIA DE FORMAÇÃO

72  Novos areópagos e rostos juvenis sofredores;  Experiências missionárias;  Ações missionárias nas redes sociais;  Voluntariado; ... 4ª. Linha de Ação: DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

73 “Jesus também hoje chama a cada um de vocês para segui- lo na sua Igreja e ser missionário. Hoje, queridos jovens, o Senhor os chama!” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

74 “Nosso compromisso de pastores é ajudá-los a que arda em seu coração o desejo de ser discípulos missionários de Cristo.” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

75 “ A Igreja precisa de vocês, do entusiasmo, da criatividade e da alegria que os caracterizam!” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

76 “Sabem qual é o melhor instrumento para evangelizar os jovens? Outro jovem !” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

77 “Vocês são os atletas de Cristo! Vocês são os construtores de uma Igreja mais bela e de um mundo melhor.” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

78 “Para onde Jesus nos manda? Não há fronteiras, não há limites: envia-nos para todas as pessoas. Não tenham medo de ir e levar Cristo para todos os ambientes, até as periferias existenciais, incluindo quem parece mais distante, mais indiferente” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

79 “Dois campos nos quais fazer-se ainda mais solícito o vosso empenho missionário: o das comunicações sociais, em particular o mundo da internet, e o da mobilidade (estudo, trabalho, diversão, movimentos migratórios)” [Bento XVI, Mensagem para a 28ª. JMJ] DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

80 “Não tenham medo! Quando vamos anunciar Cristo, Ele mesmo vai à nossa frente e nos guia.” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

81 “O que nos diz o Senhor? ‘ Ide, sem medo, para servir.’” DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

82 “Como é bom que os jovens sejam ‘caminheiros da fé’, felizes por levarem Jesus Cristo a cada esquina, a cada praça, a cada canto da terra!” (Evangelii Gaudium, 106) DISCÍPULOS PARA A MISSÃO

83 “no atual contexto de crise do compromisso e dos laços comunitários, são muitos os jovens que se solidarizam contra os males do mundo, aderindo a várias formas de militância e voluntariado

84 DISCÍPULOS PARA A MISSÃO Alguns participam na vida da Igreja, integram grupos de serviço e diferentes iniciativas missionárias nas suas próprias dioceses ou em outros lugares.” (Evangelii Gaudium, 106)

85  Fortalecimento do Setor Juventude;  Organização de um Plano Paroquial;  Envolvimento nas atividades comunitárias;  Valorização dos jovens nas instâncias de decisão;  Investimento para o acompanhamento dos jovens;  Protagonismo nas redes sociais. ... 5ª. Linha de Ação: ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

86 “de uma forma geral, é preciso ouvir os jovens, dar lugares de se expressar, e cuidar para que não sejam manipulados.” ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

87 “A nossa geração se demonstrará à altura da promessa contida em cada jovem quando souber abrir- lhe espaço.” ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

88 “ Por favor,[...] ajudem-lhes a se comprometer ativamente na Igreja; que eles nunca se sintam sozinhos!” ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

89 “se rebelem contra esta cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades” ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

90 “ despertar no jovem as melhores potencialidades para que seja sujeito do próprio amanhã e corresponsável do destino de todos. ” ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

91 “O coração de vocês, coração jovem, quer construir um mundo melhor. Os jovens nas ruas são jovens que querem ser protagonistas da mudança... Vocês são aqueles que têm o futuro! … Através de vocês, entra o futuro no mundo.” ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO

92 “Não se deixem descartar.”

93 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO “Embora nem sempre seja fácil abordar os jovens, houve crescimento em dois aspetos: a consciência de que toda a comunidade os evangeliza e educa, e a urgência de que eles tenham um protagonismo maior.” (Evangelii Gaudium, 106)

94 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO “A pastoral juvenil, tal como estávamos habituados a desenvolvê-la, sofreu o impacto das mudanças sociais.....

95 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO Nas estruturas ordinárias, os jovens habitualmente não encontram respostas para as suas preocupações, necessidades, problemas e feridas.” (Evangelii Gaudium, 105)

96 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO “Onde há vida, fervor, paixão de levar Cristo aos outros, surgem vocações genuínas. Mesmo em paróquias onde os sacerdotes não são muito disponíveis nem alegres, é a vida fraterna e fervorosa da comunidade que desperta o desejo de se consagrar inteiramente a Deus e à evangelização......

97 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO especialmente se essa comunidade vivente reza insistentemente pelas vocações e tem a coragem de propor aos seus jovens um caminho de especial consagração.” (Evangelii Gaudium, 107)

98 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO “A proliferação e o crescimento de associações e movimentos predominantemente juvenis podem ser interpretados como uma ação do Espírito que abre caminhos novos em sintonia com as suas expectativas e a busca de espiritualidade profunda e dum sentido mais concreto de pertença....

99 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO.....Todavia é necessário tornar mais estável a participação destas agregações no âmbito da pastoral de conjunto da Igreja.” (Evangelii Gaudium, 105)

100 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO “todas as vezes que intentamos ler os sinais dos tempos na realidade atual, é conveniente ouvir os jovens e os idosos. Tanto uns como outros são a esperança dos povos.” (Evangelii Gaudium, 108)

101 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO “Os jovens chamam-nos a despertar e a aumentar a esperança, porque trazem consigo as novas tendências da humanidade e abrem-nos ao futuro,

102 ESTRUTURAS DE ACOMPANHAMENTO de modo que não fiquemos encalhados na nostalgia de estruturas e costumes que já não são fonte de vida no mundo atual.” (Evangelii Gaudium, 108)

103  Escolha e formação de acompanhantes de jovens;  Organização de uma equipe de assessores de jovens. ... 6ª. Linha de Ação: ASSESSORIA

104 “O que vai ser de nós, se não tomarmos conta dos nossos olhos ? Como haveremos de seguir em frente?” ASSESSORIA

105 “Eles não precisam só de coisas, precisam sobretudo que lhes sejam propostos aqueles valores imateriais que são o coração espiritual de um povo, a memória de um povo.” ASSESSORIA

106 “Encorajemos a generosidade que caracteriza os jovens, acompanhando-lhes no processo de se tornarem protagonistas da construção de um mundo melhor.” ASSESSORIA

107 “Por favor, continuem acompanhando os jovens com generosidade e alegria” ASSESSORIA

108 “Os jovens têm uma pertença: pertença a uma família, a uma pátria, a uma cultura, a uma fé… Eles têm uma pertença, e não devemos isolá-los ! Sobretudo não devemos isolá-los inteiramente da sociedade!” ASSESSORIA

109 “Não é um simples abrir a porta para que venham, para acolher, mas sair pela porta para buscar e encontrar. Empurremos os jovens para que saiam.” ASSESSORIA

110 “ Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a coragem de “ir contra a corrente”. E tenham também a coragem de ser felizes!” ASSESSORIA

111 “A nós, adultos, custa-nos ouvi-los com paciência, compreender as suas preocupações ou as suas reivindicações, e aprender a falar-lhes na linguagem que eles entendem ASSESSORIA

112 Pela mesma razão, as propostas educacionais não produzem os frutos esperados.” (Evangelii Gaudium, 105) ASSESSORIA

113  Presença significativa nas universidades e escolas;  Promoção de fóruns: bioética, cidadania, etc.;  Destaque de assessores específicos;  Promoção de experiências de voluntariado;  Pré-vestibulares alternativos e projetos sociais; ... 7ª. Linha de Ação: DIÁLOGO FÉ-RAZÃO

114 “que todos trabalhemos por uma cultura mais humanista, mais repleta de valores e que não deixemos ninguém de fora.” DIÁLOGO FÉ E RAZÃO

115 “ Um país cresce, quando dialogam de modo construtivo as suas diversas riquezas culturais : a cultura popular, a cultura universitária, a cultura juvenil, a cultura artística e a cultura tecnológica, a cultura econômica e a cultura da família, e a cultura da mídia.” DIÁLOGO FÉ E RAZÃO

116 “Creio que é preciso estimular uma cultura do encontro, em todo o mundo. De modo que cada um sinta a necessidade de dar à humanidade os valores éticos de que a humanidade necessita. E defender esta realidade humana.” DIÁLOGO FÉ E RAZÃO

117 “que se rebelem contra esta cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, crê que vocês não são capazes de amar de verdade.” DIÁLOGO FÉ E RAZÃO

118 “ir contra os valores da cultura do descartável.” DIÁLOGO FÉ E RAZÃO

119  Estudos: Doutrina Social da Igreja, fé- política, políticas públicas para a juventude;  Formação para a vivência da cidadania;  Capacitação nas expressões culturais;  Destaque: a vida, a família, a bioética, etc. ... 8ª. Linha de Ação: DIREITO À VIDA

120 “Que todos trabalhemos por esta palavra que hoje em dia não é bem aceita: solidariedade. É uma palavra que procuram deixar de lado, sempre, porque é incômoda.” DIREITO À VIDA

121 “devem seguir trabalhando por esta cultura da solidariedade e pelo Evangelho.” DIREITO À VIDA

122 “Precisamos todos de olhar o outro com os olhos de amor de Cristo, aprender a abraçar quem passa necessidade, para expressar solidariedade, afeto e amor.” DIREITO À VIDA

123 “Continuem a vencer a apatia, dando uma resposta cristã às inquietações sociais e políticas que estão surgindo em várias partes do mundo DIREITO À VIDA

124 ..... Peço-lhes para serem construtores do mundo, trabalharem por um mundo melhor. Queridos jovens, por favor, não «olhem da sacada» a vida, entrem nela”. DIREITO À VIDA

125 “Joguem no ataque!... construam um mundo melhor, um mundo de irmãos, um mundo de justiça, de amor, de paz, de fraternidade, de solidariedade.” DIREITO À VIDA

126 “Não existe verdadeira promoção do bem comum, nem verdadeiro desenvolvimento do homem, quando se ignoram os pilares fundamentais que sustentam uma nação, os seus bens imateriais : a vida, a família, a educação integral; a saúde; a segurança.”

127 “Na missão, mesmo continental, é muito importante reforçar a família, que permanece célula essencial para a sociedade e para a Igreja DIREITO À VIDA

128 “É necessário enfrentar os problemas que estão na raiz do uso das drogas, promovendo uma maior justiça, educando os jovens para os valores que constroem a vida comum, acompanhando quem está em dificuldade e dando esperança no futuro.” DIREITO À VIDA

129 “Não deixem que lhes roubem a esperança ! Tornemo-nos todos portadores de esperança !” DIREITO À VIDA

130 “Procurem ser vocês os primeiros a praticar o bem, a não se acostumarem ao mal”. DIREITO À VIDA

131 “os jovens devem irromper, devem fazer-se valer; os jovens devem sair para lutar pelos valores” DIREITO À VIDA

132 E AGORA? CONVERSÃO PASTORAL: (escuta, plano, assessoria, formação, missão, protagonismo,...) ESTRUTURAS ADEQUADAS (espaços, recursos, redes sociais,...) CELEBRAÇÕES E FESTAS (expressões culturais, linguagem juvenil,...]

133 “Mãe Aparecida, ponho em vossas mãos, e levai até o Pai a nossa e vossa juventude,... quanta força, quanta vida, quanto dinamismo brotando e explodindo e que podem estar a serviço da vida, da humanidade. Amém” [Papa Francisco]

134 “Queridos jovens, Jesus Cristo conta com vocês! A Igreja conta com vocês! O Papa conta com vocês!” DEZ 2013 Dom Eduardo Pinheiro da Silva, sdb Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, CNBB


Carregar ppt "ENCONTRO DE REVITALIZAÇÃO DA PASTORAL JUVENIL NO BRASIL Brasília, 11 a 15 de Dezembro de 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google