A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Itajubá UNIFEI Equipamentos de Proteção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Itajubá UNIFEI Equipamentos de Proteção."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Itajubá UNIFEI Equipamentos de Proteção

2 1.Definição 2.Obrigações do empregador, quanto ao E P I 3.Obrigações do empregado quanto ao E P I 4.Capacete de Segurança 5.Óculos de Segurança. 6.Proteção Respiratória 7.Tipos de máscaras 8.Protetor auricular / auditivo 9.Luvas de proteção 10.Calçados de segurança 11.Cinto de segurança tipo pára-quedista/alpinista com dispositivo trava-quedas 12.Responsabilidade do SEST

3 EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO EPI: todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho. EPC: todo dispositivo ou produto, destinado à proteção coletiva de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.

4 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR – 06 A Empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, E P I adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, nas seguintes circunstâncias:

5 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 6 Sempre que as medidas de proteção coletiva forem tecnicamente inviáveis ou não oferecerem completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho e/ou de doenças profissionais e do trabalho; Enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas; Para atender a situações de emergência;

6 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 6 O E P I deverá ser usado para a função a que se destina, assim sua proteção será efetiva.

7 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 6 Obrigações do empregador, quanto ao E P I Adquirir o tipo adequado ao risco de cada atividade; Fornecer ao empregado somente E P I aprovado pelo Ministério do Trabalho; Orientar e treinar o trabalhador sobre seu uso adequado, guarda e conservação;

8 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 6 Tornar obrigatório o seu uso; Substituí-lo imediatamente quando danificado ou extraviado; Responsabilizar-se pela sua higienização e manutenção periódica; Comunicar ao Ministério do Trabalho qualquer irregularidade observada no E P I adquirido;

9 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR – 06 Obrigações do empregado quanto ao E P I Usá-lo apenas para a finalidade a que se destina; Responsabilizar-se por sua guarda e conservação; Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso;

10 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVA - E P C O controle do risco pode ser feito na fonte ou trajetória; É utilizado para proteger de forma abrangente as pessoas.

11 Principais EPI’s utilizados Capacete de Segurança Objetivo: Proteção contra contra choques elétricos, impactos de objetos e respingos de ácidos ou líquidos quentes sobre o crânio. Além da proteção da cabeça durante as atividades sujeitas à exposição aos agentes naturais (sol e chuva).

12 Óculos de Segurança Objetivo: Proteção contra impactos de partículas volantes e contra luminosidade intensa, radiação ultravioleta ou radiação infravermelha. A lente é de policarbonato (incolor e cor cinza).

13 Proteção Respiratória Tem a finalidade de filtrar o ar ambiente poluído, tornando-o adequado à respiração ou permitir o suprimento de “ar respirável” às pessoas;

14 Tipos de máscaras Semi facial - Proteção contra poeiras, névoas, fumos e radionuclídeos / contra vapores orgânicos ou gases ácidos; indicada quando os agentes não atingem os olhos do usuário, cobrindo o nariz e a boca;

15 Facial total – Proteção contra partículas (poeiras, névoas, fumos e radionuclídeos) e gases emanados de produtos químicos; possui filtro cartucho cobrem o nariz, a boca e os olhos.

16 Facial autônoma - Proteção em atmosferas com concentração imediatamente perigosas à vida e à saúde e em ambientes confinados; possui suprimento próprio de ar respirável, através de cilindros cobrindo o nariz, a boca e os olhos;

17 Protetor auricular / auditivo Objetivo: Proteção contra níveis de pressão sonora (ruído) superiores ao estabelecido na NR 15. Tipo concha:Formado por um arco plástico ligado a duas conchas plásticas revestidas internamente por espuma, que ficam sobre as orelhas. Possuem as almofadas externas para ajuste confortável da concha ao rosto do usuário, ao redor da orelha.

18 São aqueles cujo formato é definido, por exemplo, três flanges ou protetores não- roletáveis. Podem ser de diferentes materiais: borracha, silicone, PVC. Protetores Auditivos de Inserção Pré – Moldados

19 Feitos em espuma moldável, com superfície lisa que evita irritações no conduto auditivo. Adaptam-se ao canal auditivo do usuário, independentemente do tamanho ou formato do canal. Protetores Auditivos de Inserção Moldáveis

20 Luvas de proteção Pelo fato de trabalharmos principalmente com as mãos, as luvas têm a finalidade de proteger essas partes do nosso corpo, que ocupam o primeiro lugar entre aquelas mais atingidas nos acidentes;

21 TIPOS DE LUVAS Luvas de vaqueta – são indicadas nos trabalhos leves, que exijam mais tato nos dedos; Luvas de raspa – são recomendadas para proteção nos trabalhos pesados, sujeitos a escoriações, arranhões, perfurações, cortes, contusões e queimaduras;

22 Luvas de borracha isolante – são indicadas para uso durante as atividades em que haja risco de choque elétrico;

23 Luvas de proteção – são luvas especiais, fabricadas em couro com o punho de raspa; com objetivo de proteger a luvas de borracha isolante Luvas de algodão – são luvas fabricadas em algodão para absorção de suor, na utilização de luva isolante

24 Luvas contra produtos agressivos – são indicadas para a proteção das mãos e partes inferiores do braço do usuário contra o contato por produtos químicos agressivos;

25 Manga Isolante – Objetivo proteção contra choque elétrico do braço e antebraço.

26 Calçados de segurança Têm a finalidade de proteger os pés contra objetos cortantes, perfurantes, contundentes, abrasivos, produtos químicos, agentes térmicos (frio e calor) e compressores, escorregões em superfícies lisas, umidade, oleosidade, ataque de animais peçonhentos.

27 Cinto de segurança tipo pára- quedista/alpinista com dispositivo trava-quedas Têm a finalidade de proteção contra quedas ao solo ou a outro nível inferior; confeccionado em material de nylon,com grande resistência mecânica, dispositivos para fixação do talabarte e acessórios necessários.

28 Macacão de proteção contra vespeiros – tem a finalidade de proteger o corpo durante a atividades em que o empregado se expõe a ferroadas de insetos (vespas, marimbondos e abelhas);

29 Vestimenta Condutiva – A vestimenta condutiva é o conjunto formado por: jaqueta, calça, luvas, meias e botas condutivas, cuja função e a blindagem elétrica do eletricista que trabalha ao potencial.

30 Aventais, jaqueta de raspa – tem a finalidade de proteger membros superiores; Proteção para motosserristas – capacete conjugado com protetor auricular tipo concha e tela de proteção para rosto, luva de cabedal, calça especial, calçado de segurança para motosserristas; Perneiras – tem a finalidade de proteger as pernas, do joelho para baixo, e o dorso dos pés, contra queimaduras, batidas, cortes, escoriações e ataques por animais (cachorros, cobras, etc);

31 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 6 Responsabilidade do SESMT: Recomendações, especificação técnica e modificações de EPI; Instruções para uso, conservação e/ou manutenção de EPI; Acompanhamento de desempenho; Projetos e estudos específicos sobre EPI e EPC;

32 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 6 Responsabilidade da chefia direta do usuário Fornecimento contínuo do EPI adequado; Divulgação das instruções e normas de utilização/conservação; Tornar obrigatório o seu uso;


Carregar ppt "Universidade Federal de Itajubá UNIFEI Equipamentos de Proteção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google